Um Amor entre dois mundos
Bem Vindo ao Fórum de Vampiros da actualidade!
Inscreva-se e divirta-se!
Foi criado um novo fórum, para a promoção da série da Lua Vermelha, e fomentar a amizade entre os fãs, é uma forma de nós provarmos que existem verdadeiros fãs das novelas nacionais. Esperamos, por vós...
Foi criado um novo fórum, para a promoção da série da Lua Vermelha, e fomentar a amizade entre os fãs, é uma forma de nós provarmos que existem verdadeiros fãs das novelas nacionais. Esperamos, por vós...
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Noção básicas sobre FanFics
Dom Mar 11, 2012 2:05 am por Pedro Conde Drákula

» A Obra Twilights
Dom Fev 26, 2012 3:06 am por Tiffany

» Isabel e Afonso - O espirito universitário
Ter Jan 03, 2012 10:43 pm por c@rl:)s

» Beta Reads
Qui Dez 29, 2011 10:51 pm por Graça Vampira

» RBL& vampiros --»espírito universitário
Qui Dez 29, 2011 1:55 am por c@rl:)s

» Fas De Lua Vermelha Port Chanel's
Seg Dez 26, 2011 3:09 pm por Pedro Conde Drákula

»  Uma historia inventada por mim
Sab Dez 24, 2011 5:13 pm por daniela

» Concurso Contos - Mês Dezembro (Inscrições)
Sab Dez 24, 2011 4:07 pm por Graça Vampira

» Dúvidas? Preciso de ti!
Sex Dez 23, 2011 12:07 pm por Graça Vampira

Chat

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Se há Amor tamem há Perdão !

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1Assunto Se há Amor tamem há Perdão ! em Qua Mar 09, 2011 10:06 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S

2Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Qua Mar 09, 2011 10:09 pm

Vandita

avatar
Looking around
a tua linguagem é demais Manasinha cheers

3Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Qua Mar 09, 2011 10:11 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
Vandita escreveu:a tua linguagem é demais Manasinha cheers
É num é Riqueza ? :b

4Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Qua Mar 09, 2011 10:15 pm

Vandita

avatar
Looking around
Rebeldita- C' escreveu:
Vandita escreveu:a tua linguagem é demais Manasinha cheers
É num é Riqueza ? :b
Que rica riqueza Smile

5Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Qui Mar 10, 2011 9:13 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S


fico a espera meninas!! XD

6Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Qui Mar 10, 2011 9:58 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S


fico a espera meninas!! XD
A gente inda não sabe quando começa porque . . . diferenças hórias xD
Mas o primeiro episodio esta escrito, e quando podermos e decidirmos qual de nos começa, postamos. Wink


_________________
Rebelde Para Sempre ! L&P ♥

7Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sex Mar 11, 2011 1:53 pm

Graça Vampira

avatar
Adminstração
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S


fico a espera meninas!! XD
A gente inda não sabe quando começa porque . . . diferenças hórias xD
Mas o primeiro episodio esta escrito, e quando podermos e decidirmos qual de nos começa, postamos. Wink
Força arranquem! Dá-lhe gás! Laughing

http://lua-vermelha.forumotion.com

8Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sex Mar 11, 2011 2:36 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S


fico a espera meninas!! XD
A gente inda não sabe quando começa porque . . . diferenças hórias xD
Mas o primeiro episodio esta escrito, e quando podermos e decidirmos qual de nos começa, postamos. Wink

coragem meninas!!

9Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sex Mar 11, 2011 8:08 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S
Obrigada Filipa ! (:


fico a espera meninas!! XD
A gente inda não sabe quando começa porque . . . diferenças hórias xD
Mas o primeiro episodio esta escrito, e quando podermos e decidirmos qual de nos começa, postamos. Wink

coragem meninas!!
Obrigada Filipa e Graça ! (:


_________________
Rebelde Para Sempre ! L&P ♥

10Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sex Mar 11, 2011 10:15 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S
Obrigada Filipa ! (:


fico a espera meninas!! XD
A gente inda não sabe quando começa porque . . . diferenças hórias xD
Mas o primeiro episodio esta escrito, e quando podermos e decidirmos qual de nos começa, postamos. Wink

coragem meninas!!
Obrigada Filipa e Graça ! (:

de nada Very Happy

11Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sex Mar 11, 2011 11:46 pm

Vandita

avatar
Looking around
Hello People !!!!

Hoje vamos publicar o Primeiro Episodio vao aparecer duas primeiras partes !
o Comeco da Catarina ! e o meu !
voces podem escolher qual é o melhor comeco. (:

Peace & Love !

12Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sex Mar 11, 2011 11:49 pm

Vandita

avatar
Looking around
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:
filipa trigo escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:Bem eu e a Vanda decidimos fazer uma história, não sou da Rebelde como também da Lua Vermelha.
Como somos duas cada uma vai escrever um episodio de dois casais escolhidos por ambas.

Rebeldita- C' --> L&P e A&I
Vanda --> M&M e D&J

Esperemos que gostem ! Wink
Ainda não sabemos quando pomos o 1º Episodio . :S
Obrigada Filipa ! (:


fico a espera meninas!! XD
A gente inda não sabe quando começa porque . . . diferenças hórias xD
Mas o primeiro episodio esta escrito, e quando podermos e decidirmos qual de nos começa, postamos. Wink

coragem meninas!!
Obrigada Filipa e Graça ! (:


Hello (:

Thaank ! Um obrigado tbm d aminha parte !

Peace and love bounce

13Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sab Mar 12, 2011 12:11 am

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
Episodio 1



Eram 9:00 da manhã de Sábado, e em casa de Sónia Valentino todos dormiam, principalmente Lisa. Esta era a filha de Sónia a grande celebridade do Mundo do teatro. Elas não eram propriamente amigas, aliás elas não se davam. Lisa era uma rapariga de 18 anos que só se queria divertir, estar com amigos e ir para as noitadas. Era Rebelde tanto na maneira de vestir como na mentalidade. Não deixava que ninguém lhe desse ordens, fazia tudo o que queria. Sónia tentava que ela não fosse assim, mas já não havia volta a dar. Lisa na noite anterior havia ido a uma discoteca com a sua “Best”, Isabel. Ela não era tão Rebelde como Lisa, era mais calma, tinha mais responsabilidade do que propriamente a amiga. Quando se juntavam, normalmente só se separavam por volta das 3h da manhã, isto quando Isabel não passava a noite com Lisa. Nessa noite chegaram mais tarde, 5h da manhã. Isabel como já era tarde ficou em casa de Lisa. Pelo que parecia pretendiam continuar a dormir até á 1h da tarde.


No centro de Vila Nova estava o Senhor Presidente da Câmara sentado no seu escritório de telemóvel em punho aos berros, berros este que se ouviam do lado de fora do escritório. Só podia estar a falar com o filho, Pedro Silva Lobo. Este era um rapaz um bocadinho parecido com Lisa, no que toca a Rebeldia ambos eram idênticos. Pedro tinha 18 anos, tal como ela, era um rapaz mimado, mulherengo, a sua paixão para além de “gajas” era a música. Todas as noites saía com Afonso o seu Melhor Amigo desde a primária. Normalmente só chegavam a casa por volta das. . . 6h da manhã? Sim, quando não era às 7h. No entanto Afonso era mais calmo do que Pedro, tinha mais consciência dos seus actos. Na noite passada chegaram por volta das. . . 7h da manhã. Na altura em que Sérgio saía para a câmara, Pedro estava prestes a abrir a porta. Claro que o pai ficou furioso mas vendo que Pedro estava completamente bêbado deixou-o ir deitar-se. Pedro acordou com o som do Telemóvel, como seria de esperar era Sérgio, que berrava feito doido com Pedro, mas este nem liga pousa o telemóvel na cama e vai tomar um duche. Sérgio acaba por desligar.


Eram 14:00 da tarde, e em casa de Lisa todas almoçavam. Sónia raramente cozinhava e quando o fazia a única coisa que saia eram. . .cinzas! Então normalmente comiam pizzas, ou então iam comer fora, mas hoje não, hoje, tinha sido Pipa, a assistente desastrada mas muito responsável de Sónia Valentino. Ela sabia cozinhar lindamente, talvez porque tinha tempo para o fazer, já Sónia . . .


Em casa de Pedro também almoçavam. Pai, Filho e Afonso á mesa. Estavam calados nenhum proferia nem uma palavra. Naquela pequena sala de jantar ate o som dos talheres toava, ouviam-se as moscas, os pássaros, os carros a passar na estrada mais precisamente. . .ouvia-se tudo ! Até esse incómodo mas sossegado silêncio ser interrompido pla campainha . . .





Quem será que tocou á campainha?
Será que Lisa e Pedro se vão conhecer?
E Afonso e Isabel?
Não percam o próximo episodio! Wink


_________________
Rebelde Para Sempre ! L&P ♥

14Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sab Mar 12, 2011 11:42 am

Vandita

avatar
Looking around
Numa linda Noite, uma Rapariga andava triste pela Praia ela olhava para as estrelas e com cada pensamento vinha muitas lagrimas.Com cada passo que ela fazia ficava mais cansada ate que ela caiu a areia. Ela era uma Rapariga que adora dar passeios na Praia, mas tinha muito medo de desilusoes.
Um Rapaz que andava mesmo a procura dela aproximou-se.
'Daniela.Daniela.Daniela ?? Tas bem ?? ''Joel por favor afasta-te de mim ! Nos conhecemo-nos ha pouco Tempo isto nao ta certo !'Joel reparou que ela nao tava bem e levou-a para uma Barraca que tava na Praia.Acabam por passar a Noite la agarradinhos,pois tao quente tambem ja nao esta.Mas logo demanha quando Joelacorda,Daniela ja la nao esta.
Joel:
'Será que só sonhei ? Ai Daniela onde estas tu ?! Nao pode ser eu nao-me posso apaixonar. Isto é só uma curte.!'Joel liga ao seu melhor amigo o Manuel.
Joel:
'Olha tu estas em Casa? Presiso de alguem para falar tens tempo ?'
Manuel:'Claro passar por ca !'
Mais tarde em Casa de Manuel !
Manuel:' Vá conta-la o que se passa contigo?'
Joel:
'Nem eu sei, eu acho que me apaixonei nas Férias mas eu so sei sobre ela que se chama Daniela mais nada.'
Manuel:'Mas Joel nao será só uma curte como sempre ? Sempre magoastes raparigas só querias curtir.'
Joel:
'Pois eu nao sei, ela costuma estas as noites na Praia. E ontem a Noite ela disse para eu me afastar alguma coisa me diz que ela nao quer isto mas alguem a ta a obrigar eu ja nao sei de nada !'Pois Joel desiste dessa Ideia mas será que ele tinha Razao ?

Num Pinhal.
Anonimo:'Ele acreditou em ti?'
Daniela:
'Deixe-o em Paz ele nao sabe de nada, eu nao sei se ele acreditou mas por favor deixe-o!'Anonimo:'Deves tar a gozar ?! Dou-te 5 Dias para tu te afastares-te dele, e para porem um ponto final nessa Historia se nao vou eu própio tratar disso!'
Daniela acena a dizer 'SIM' mas bem no fundo ela sabe que nao é correcto,mas ela tambem nao quer magoar Joel mas se nao se afastar vai acontecer uma coisa terrivel a Joel !
Continuua ..?

è pequeno mas tbm ja conta muito bounce

15Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sab Mar 12, 2011 12:02 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Rebeldita- C' escreveu:
Episodio 1



Eram 9:00 da manhã de Sábado, e em casa de Sónia Valentino todos dormiam, principalmente Lisa. Esta era a filha de Sónia a grande celebridade do Mundo do teatro. Elas não eram propriamente amigas, aliás elas não se davam. Lisa era uma rapariga de 18 anos que só se queria divertir, estar com amigos e ir para as noitadas. Era Rebelde tanto na maneira de vestir como na mentalidade. Não deixava que ninguém lhe desse ordens, fazia tudo o que queria. Sónia tentava que ela não fosse assim, mas já não havia volta a dar. Lisa na noite anterior havia ido a uma discoteca com a sua “Best”, Isabel. Ela não era tão Rebelde como Lisa, era mais calma, tinha mais responsabilidade do que propriamente a amiga. Quando se juntavam, normalmente só se separavam por volta das 3h da manhã, isto quando Isabel não passava a noite com Lisa. Nessa noite chegaram mais tarde, 5h da manhã. Isabel como já era tarde ficou em casa de Lisa. Pelo que parecia pretendiam continuar a dormir até á 1h da tarde.


No centro de Vila Nova estava o Senhor Presidente da Câmara sentado no seu escritório de telemóvel em punho aos berros, berros este que se ouviam do lado de fora do escritório. Só podia estar a falar com o filho, Pedro Silva Lobo. Este era um rapaz um bocadinho parecido com Lisa, no que toca a Rebeldia ambos eram idênticos. Pedro tinha 18 anos, tal como ela, era um rapaz mimado, mulherengo, a sua paixão para além de “gajas” era a música. Todas as noites saía com Afonso o seu Melhor Amigo desde a primária. Normalmente só chegavam a casa por volta das. . . 6h da manhã? Sim, quando não era às 7h. No entanto Afonso era mais calmo do que Pedro, tinha mais consciência dos seus actos. Na noite passada chegaram por volta das. . . 7h da manhã. Na altura em que Sérgio saía para a câmara, Pedro estava prestes a abrir a porta. Claro que o pai ficou furioso mas vendo que Pedro estava completamente bêbado deixou-o ir deitar-se. Pedro acordou com o som do Telemóvel, como seria de esperar era Sérgio, que berrava feito doido com Pedro, mas este nem liga pousa o telemóvel na cama e vai tomar um duche. Sérgio acaba por desligar.


Eram 14:00 da tarde, e em casa de Lisa todas almoçavam. Sónia raramente cozinhava e quando o fazia a única coisa que saia eram. . .cinzas! Então normalmente comiam pizzas, ou então iam comer fora, mas hoje não, hoje, tinha sido Pipa, a assistente desastrada mas muito responsável de Sónia Valentino. Ela sabia cozinhar lindamente, talvez porque tinha tempo para o fazer, já Sónia . . .


Em casa de Pedro também almoçavam. Pai, Filho e Afonso á mesa. Estavam calados nenhum proferia nem uma palavra. Naquela pequena sala de jantar ate o som dos talheres toava, ouviam-se as moscas, os pássaros, os carros a passar na estrada mais precisamente. . .ouvia-se tudo ! Até esse incómodo mas sossegado silêncio ser interrompido pla campainha . . .





Quem será que tocou á campainha?
Será que Lisa e Pedro se vão conhecer?
E Afonso e Isabel?
Não percam o próximo episodio! Wink


linda. uma coisa quero uma coisa, uma continuaçao...pois ikei mt cosca Very Happy

16Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sab Mar 12, 2011 12:06 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Vandita escreveu:Numa linda Noite, uma Rapariga andava triste pela Praia ela olhava para as estrelas e com cada pensamento vinha muitas lagrimas.Com cada passo que ela fazia ficava mais cansada ate que ela caiu a areia. Ela era uma Rapariga que adora dar passeios na Praia, mas tinha muito medo de desilusoes.
Um Rapaz que andava mesmo a procura dela aproximou-se.
'Daniela.Daniela.Daniela ?? Tas bem ?? ''Joel por favor afasta-te de mim ! Nos conhecemo-nos ha pouco Tempo isto nao ta certo !'Joel reparou que ela nao tava bem e levou-a para uma Barraca que tava na Praia.Acabam por passar a Noite la agarradinhos,pois tao quente tambem ja nao esta.Mas logo demanha quando Joelacorda,Daniela ja la nao esta.
Joel:
'Será que só sonhei ? Ai Daniela onde estas tu ?! Nao pode ser eu nao-me posso apaixonar. Isto é só uma curte.!'Joel liga ao seu melhor amigo o Manuel.
Joel:
'Olha tu estas em Casa? Presiso de alguem para falar tens tempo ?'
Manuel:'Claro passar por ca !'
Mais tarde em Casa de Manuel !
Manuel:' Vá conta-la o que se passa contigo?'
Joel:
'Nem eu sei, eu acho que me apaixonei nas Férias mas eu so sei sobre ela que se chama Daniela mais nada.'
Manuel:'Mas Joel nao será só uma curte como sempre ? Sempre magoastes raparigas só querias curtir.'
Joel:
'Pois eu nao sei, ela costuma estas as noites na Praia. E ontem a Noite ela disse para eu me afastar alguma coisa me diz que ela nao quer isto mas alguem a ta a obrigar eu ja nao sei de nada !'Pois Joel desiste dessa Ideia mas será que ele tinha Razao ?

Num Pinhal.
Anonimo:'Ele acreditou em ti?'
Daniela:
'Deixe-o em Paz ele nao sabe de nada, eu nao sei se ele acreditou mas por favor deixe-o!'Anonimo:'Deves tar a gozar ?! Dou-te 5 Dias para tu te afastares-te dele, e para porem um ponto final nessa Historia se nao vou eu própio tratar disso!'
Daniela acena a dizer 'SIM' mas bem no fundo ela sabe que nao é correcto,mas ela tambem nao quer magoar Joel mas se nao se afastar vai acontecer uma coisa terrivel a Joel !
Continuua ..?

è pequeno mas tbm ja conta muito bounce

vais dar cabo dos leitores do forum se nao continuares o mais rapido possivel...
quem e que esta a falar com daniela??
ai vanda maria quero uma continuaçao o mais rapido possivel
bounce

17Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sab Mar 12, 2011 2:14 pm

Tiffany

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Vandita escreveu:Numa linda Noite, uma Rapariga andava triste pela Praia ela olhava para as estrelas e com cada pensamento vinha muitas lagrimas.Com cada passo que ela fazia ficava mais cansada ate que ela caiu a areia. Ela era uma Rapariga que adora dar passeios na Praia, mas tinha muito medo de desilusoes.
Um Rapaz que andava mesmo a procura dela aproximou-se.
'Daniela.Daniela.Daniela ?? Tas bem ?? ''Joel por favor afasta-te de mim ! Nos conhecemo-nos ha pouco Tempo isto nao ta certo !'Joel reparou que ela nao tava bem e levou-a para uma Barraca que tava na Praia.Acabam por passar a Noite la agarradinhos,pois tao quente tambem ja nao esta.Mas logo demanha quando Joelacorda,Daniela ja la nao esta.
Joel:
'Será que só sonhei ? Ai Daniela onde estas tu ?! Nao pode ser eu nao-me posso apaixonar. Isto é só uma curte.!'Joel liga ao seu melhor amigo o Manuel.
Joel:
'Olha tu estas em Casa? Presiso de alguem para falar tens tempo ?'
Manuel:'Claro passar por ca !'
Mais tarde em Casa de Manuel !
Manuel:' Vá conta-la o que se passa contigo?'
Joel:
'Nem eu sei, eu acho que me apaixonei nas Férias mas eu so sei sobre ela que se chama Daniela mais nada.'
Manuel:'Mas Joel nao será só uma curte como sempre ? Sempre magoastes raparigas só querias curtir.'
Joel:
'Pois eu nao sei, ela costuma estas as noites na Praia. E ontem a Noite ela disse para eu me afastar alguma coisa me diz que ela nao quer isto mas alguem a ta a obrigar eu ja nao sei de nada !'Pois Joel desiste dessa Ideia mas será que ele tinha Razao ?

Num Pinhal.
Anonimo:'Ele acreditou em ti?'
Daniela:
'Deixe-o em Paz ele nao sabe de nada, eu nao sei se ele acreditou mas por favor deixe-o!'Anonimo:'Deves tar a gozar ?! Dou-te 5 Dias para tu te afastares-te dele, e para porem um ponto final nessa Historia se nao vou eu própio tratar disso!'
Daniela acena a dizer 'SIM' mas bem no fundo ela sabe que nao é correcto,mas ela tambem nao quer magoar Joel mas se nao se afastar vai acontecer uma coisa terrivel a Joel !
Continuua ..?

è pequeno mas tbm ja conta muito bounce

Boa Tarde!
É só para dizer que a vossa história continua espatacular, por isso meninas continuem, nem que seja só por divertimento mas continuem, fico à espera!
Fiquei bué cosca!
Nao me matem de curiosidade!

18Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Sab Mar 12, 2011 11:36 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
Episódio 2



Até esse incómodo mas sossegado silêncio ser interrompido pla campainha. Depressa o som da campainha parou. Ouviram-se duas vozes femininas, devia ser Graça, a empregada, e mais alguém…talvez a pessoa que outrora tocara á campainha. Ouviam-se passos a aproximarem-se. Pedro olhou espantado, parecia que tinha acabado de ver um fantasma e tecnicamente…mas não era, era bem real e estava mesmo á sua frente. Por um lado Pedro estava feliz mas por outro sentia-se atraiçoado e maguado. Sérgio olhava para aquele “fantasma” como se lhe fosse indiferente, e tecnicamente era, mas era também uma surpresa.

*** – Pedro !
Pedro – Mãe ! O que está aqui a fazer ?
Dora – Não me vais dar um abraço ?
Pedro levantou-se furioso da cadeira:
Pedro – Só pode estar a gozar ! Depois de se ir embora sem se quer dizer um Adeus ? Sem nunca telefonar a perguntar se eu estava bem ou não ? E agora chega aqui e como se nada fosse e pede-me um abraço ? Não obrigada mãe ! Afonso vamos !

Pedro sai da mesa juntamente com Afonso , pegam ambos no casaco, Afonso vai para junto da porta esperando por Pedro. Este antes de se dirigir ao seu Melhor Amigo lança um ultimo olhar, furioso, á mãe. Dora baixou a cabeça e nesse momento Pedro sai fechando a porta com a toda a força que tinha. De seguida Sérgio levantou-se e dirigiu-se a Dora.

Sérgio – Que vieste cá fazer ?
Dora – Vim ver o meu filho !
Sérgio – Realmente não tens um pingo de dignidade. Primeiro vais-te embora com um punha qualquer, e nem te despedes do teu filho, e agora chegas aqui como se nada se passa-se. Sinceramente Dora!
Dora – Eu apaixonei-me Sérgio, e tu não me tratavas com o devido respeito e tu sabes bem. Ele sim trata-me como uma rainha. E sim fui embora sem me despedir do Pedro, e sabes porque ? Porque não queria que ele sofre-se.
Sérgio – Fizeste-o sofrer á mesma, e o pior é que depois de teres ido embora ele está cada vez pior. Chega a casa ás tantas da noite, e como se não bastasse ainda vem podre de bêbado. Sofria muito menos se pelo menos lhe tivesses dito um simples Adeus, Dora !
Dora – Eu não queria a sério que não queria…
Sérgio – Mas fizeste e agora não a volta a dar.
Dora – Por favor Sérgio eu só quero o perdão do Pedro, mais nada.
Sérgio – Ele não te vai perdoar. A única coisa que tens a fazer é ires-te embora. PARA SEMPRE.
Dora – Não eu não posso. Eu não quero. Eu quero estar com o meu filho…
Sérgio – Mete na cabeça o Pedro está muito magoado contigo, por tua causa ele esta a dar cabo da vida dele. Não quero ver o meu filho a sofrer, por isso vai-te embora de vez !
Sérgio dirigiu-se á porta, abriu-a e fez sinal a Dora para que esta saísse. Esta saiu lavada em lágrima. Sérgio podia berrar com Pedro a toda a hora, mas ele só queria o bem dele. Pedro e Afonso decidiram ir até á praia dar um mergulho para esquecer todos os seus problemas.


Lisa e Isabel haviam ido até á praia apanhar um pouco de Sol afinal de contas estavam de férias. E desde que o Verão começou que ainda não haviam ido á praia. Até começavam a ficar sem os seus bronzes maravilhosos e lindos.


Pedro e Afonso acabavam de sair da água. Pedro parecia bem melhor. Ao menos não se mostrava tão triste e revoltado com a sua mãe. Aliás até parecia que não pensava no assunto.

Pedro – Afonso olha ali aquelas brasas !
Afonso – Bora lá ?
Pedro – Bora !

Afonso e Pedro foram até junto de duas raparigas deitadas na toalha de óculos de Sol. Como qualquer rapaz ambos se colocaram á frente delas tapando-lhes o sol. Estas levantaram-se, apoiando-se nos cotovelos e baixando ligeiramente os óculos até á ponta do nariz.

*** – Importam-se, estamos a tentar apanhar Sol, ya ?




Será que Dora vai mesmo embora ?
Irá Pedro perdoar a mãe ?
Quem serão as duas raparigas com que Pedro e Afonso falam ?
Não percas o prócimo episodio ! Wink


_________________
Rebelde Para Sempre ! L&P ♥

19Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 1:06 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Rebeldita- C' escreveu:
Episódio 2



Até esse incómodo mas sossegado silêncio ser interrompido pla campainha. Depressa o som da campainha parou. Ouviram-se duas vozes femininas, devia ser Graça, a empregada, e mais alguém…talvez a pessoa que outrora tocara á campainha. Ouviam-se passos a aproximarem-se. Pedro olhou espantado, parecia que tinha acabado de ver um fantasma e tecnicamente…mas não era, era bem real e estava mesmo á sua frente. Por um lado Pedro estava feliz mas por outro sentia-se atraiçoado e maguado. Sérgio olhava para aquele “fantasma” como se lhe fosse indiferente, e tecnicamente era, mas era também uma surpresa.

*** – Pedro !
Pedro – Mãe ! O que está aqui a fazer ?
Dora – Não me vais dar um abraço ?
Pedro levantou-se furioso da cadeira:
Pedro – Só pode estar a gozar ! Depois de se ir embora sem se quer dizer um Adeus ? Sem nunca telefonar a perguntar se eu estava bem ou não ? E agora chega aqui e como se nada fosse e pede-me um abraço ? Não obrigada mãe ! Afonso vamos !

Pedro sai da mesa juntamente com Afonso , pegam ambos no casaco, Afonso vai para junto da porta esperando por Pedro. Este antes de se dirigir ao seu Melhor Amigo lança um ultimo olhar, furioso, á mãe. Dora baixou a cabeça e nesse momento Pedro sai fechando a porta com a toda a força que tinha. De seguida Sérgio levantou-se e dirigiu-se a Dora.

Sérgio – Que vieste cá fazer ?
Dora – Vim ver o meu filho !
Sérgio – Realmente não tens um pingo de dignidade. Primeiro vais-te embora com um punha qualquer, e nem te despedes do teu filho, e agora chegas aqui como se nada se passa-se. Sinceramente Dora!
Dora – Eu apaixonei-me Sérgio, e tu não me tratavas com o devido respeito e tu sabes bem. Ele sim trata-me como uma rainha. E sim fui embora sem me despedir do Pedro, e sabes porque ? Porque não queria que ele sofre-se.
Sérgio – Fizeste-o sofrer á mesma, e o pior é que depois de teres ido embora ele está cada vez pior. Chega a casa ás tantas da noite, e como se não bastasse ainda vem podre de bêbado. Sofria muito menos se pelo menos lhe tivesses dito um simples Adeus, Dora !
Dora – Eu não queria a sério que não queria…
Sérgio – Mas fizeste e agora não a volta a dar.
Dora – Por favor Sérgio eu só quero o perdão do Pedro, mais nada.
Sérgio – Ele não te vai perdoar. A única coisa que tens a fazer é ires-te embora. PARA SEMPRE.
Dora – Não eu não posso. Eu não quero. Eu quero estar com o meu filho…
Sérgio – Mete na cabeça o Pedro está muito magoado contigo, por tua causa ele esta a dar cabo da vida dele. Não quero ver o meu filho a sofrer, por isso vai-te embora de vez !
Sérgio dirigiu-se á porta, abriu-a e fez sinal a Dora para que esta saísse. Esta saiu lavada em lágrima. Sérgio podia berrar com Pedro a toda a hora, mas ele só queria o bem dele. Pedro e Afonso decidiram ir até á praia dar um mergulho para esquecer todos os seus problemas.


Lisa e Isabel haviam ido até á praia apanhar um pouco de Sol afinal de contas estavam de férias. E desde que o Verão começou que ainda não haviam ido á praia. Até começavam a ficar sem os seus bronzes maravilhosos e lindos.


Pedro e Afonso acabavam de sair da água. Pedro parecia bem melhor. Ao menos não se mostrava tão triste e revoltado com a sua mãe. Aliás até parecia que não pensava no assunto.

Pedro – Afonso olha ali aquelas brasas !
Afonso – Bora lá ?
Pedro – Bora !

Afonso e Pedro foram até junto de duas raparigas deitadas na toalha de óculos de Sol. Como qualquer rapaz ambos se colocaram á frente delas tapando-lhes o sol. Estas levantaram-se, apoiando-se nos cotovelos e baixando ligeiramente os óculos até á ponta do nariz.

*** – Importam-se, estamos a tentar apanhar Sol, ya ?




Será que Dora vai mesmo embora ?
Irá Pedro perdoar a mãe ?
Quem serão as duas raparigas com que Pedro e Afonso falam ?
Não percas o prócimo episodio ! Wink


simplesmente continua...Very Happy

20Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 6:28 pm

Tiffany

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Rebeldita- C' escreveu:
Episódio 2



Até esse incómodo mas sossegado silêncio ser interrompido pla campainha. Depressa o som da campainha parou. Ouviram-se duas vozes femininas, devia ser Graça, a empregada, e mais alguém…talvez a pessoa que outrora tocara á campainha. Ouviam-se passos a aproximarem-se. Pedro olhou espantado, parecia que tinha acabado de ver um fantasma e tecnicamente…mas não era, era bem real e estava mesmo á sua frente. Por um lado Pedro estava feliz mas por outro sentia-se atraiçoado e maguado. Sérgio olhava para aquele “fantasma” como se lhe fosse indiferente, e tecnicamente era, mas era também uma surpresa.

*** – Pedro !
Pedro – Mãe ! O que está aqui a fazer ?
Dora – Não me vais dar um abraço ?
Pedro levantou-se furioso da cadeira:
Pedro – Só pode estar a gozar ! Depois de se ir embora sem se quer dizer um Adeus ? Sem nunca telefonar a perguntar se eu estava bem ou não ? E agora chega aqui e como se nada fosse e pede-me um abraço ? Não obrigada mãe ! Afonso vamos !

Pedro sai da mesa juntamente com Afonso , pegam ambos no casaco, Afonso vai para junto da porta esperando por Pedro. Este antes de se dirigir ao seu Melhor Amigo lança um ultimo olhar, furioso, á mãe. Dora baixou a cabeça e nesse momento Pedro sai fechando a porta com a toda a força que tinha. De seguida Sérgio levantou-se e dirigiu-se a Dora.

Sérgio – Que vieste cá fazer ?
Dora – Vim ver o meu filho !
Sérgio – Realmente não tens um pingo de dignidade. Primeiro vais-te embora com um punha qualquer, e nem te despedes do teu filho, e agora chegas aqui como se nada se passa-se. Sinceramente Dora!
Dora – Eu apaixonei-me Sérgio, e tu não me tratavas com o devido respeito e tu sabes bem. Ele sim trata-me como uma rainha. E sim fui embora sem me despedir do Pedro, e sabes porque ? Porque não queria que ele sofre-se.
Sérgio – Fizeste-o sofrer á mesma, e o pior é que depois de teres ido embora ele está cada vez pior. Chega a casa ás tantas da noite, e como se não bastasse ainda vem podre de bêbado. Sofria muito menos se pelo menos lhe tivesses dito um simples Adeus, Dora !
Dora – Eu não queria a sério que não queria…
Sérgio – Mas fizeste e agora não a volta a dar.
Dora – Por favor Sérgio eu só quero o perdão do Pedro, mais nada.
Sérgio – Ele não te vai perdoar. A única coisa que tens a fazer é ires-te embora. PARA SEMPRE.
Dora – Não eu não posso. Eu não quero. Eu quero estar com o meu filho…
Sérgio – Mete na cabeça o Pedro está muito magoado contigo, por tua causa ele esta a dar cabo da vida dele. Não quero ver o meu filho a sofrer, por isso vai-te embora de vez !
Sérgio dirigiu-se á porta, abriu-a e fez sinal a Dora para que esta saísse. Esta saiu lavada em lágrima. Sérgio podia berrar com Pedro a toda a hora, mas ele só queria o bem dele. Pedro e Afonso decidiram ir até á praia dar um mergulho para esquecer todos os seus problemas.


Lisa e Isabel haviam ido até á praia apanhar um pouco de Sol afinal de contas estavam de férias. E desde que o Verão começou que ainda não haviam ido á praia. Até começavam a ficar sem os seus bronzes maravilhosos e lindos.


Pedro e Afonso acabavam de sair da água. Pedro parecia bem melhor. Ao menos não se mostrava tão triste e revoltado com a sua mãe. Aliás até parecia que não pensava no assunto.

Pedro – Afonso olha ali aquelas brasas !
Afonso – Bora lá ?
Pedro – Bora !

Afonso e Pedro foram até junto de duas raparigas deitadas na toalha de óculos de Sol. Como qualquer rapaz ambos se colocaram á frente delas tapando-lhes o sol. Estas levantaram-se, apoiando-se nos cotovelos e baixando ligeiramente os óculos até á ponta do nariz.

*** – Importam-se, estamos a tentar apanhar Sol, ya ?




Será que Dora vai mesmo embora ?
Irá Pedro perdoar a mãe ?
Quem serão as duas raparigas com que Pedro e Afonso falam ?
Não percas o prócimo episodio ! Wink

Já tinha lido, e está quer dizer podia estar mais ou menos...
Compreendem?










Simplesmente está brutal!
Continuem


_________________
Abre é importante:
Spoiler:
Sabes que muitas histórias acabam por morrer por falta de comentários não deixes a tua preferida morrer comenta-a

http://JAlvarengaeLisaScott.hi5.com sou fã da Joana Alvarenga, acho-a uma excelente actriz

21Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 8:32 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
Tiffany escreveu:
Rebeldita- C' escreveu:
Episódio 2



Até esse incómodo mas sossegado silêncio ser interrompido pla campainha. Depressa o som da campainha parou. Ouviram-se duas vozes femininas, devia ser Graça, a empregada, e mais alguém…talvez a pessoa que outrora tocara á campainha. Ouviam-se passos a aproximarem-se. Pedro olhou espantado, parecia que tinha acabado de ver um fantasma e tecnicamente…mas não era, era bem real e estava mesmo á sua frente. Por um lado Pedro estava feliz mas por outro sentia-se atraiçoado e maguado. Sérgio olhava para aquele “fantasma” como se lhe fosse indiferente, e tecnicamente era, mas era também uma surpresa.

*** – Pedro !
Pedro – Mãe ! O que está aqui a fazer ?
Dora – Não me vais dar um abraço ?
Pedro levantou-se furioso da cadeira:
Pedro – Só pode estar a gozar ! Depois de se ir embora sem se quer dizer um Adeus ? Sem nunca telefonar a perguntar se eu estava bem ou não ? E agora chega aqui e como se nada fosse e pede-me um abraço ? Não obrigada mãe ! Afonso vamos !

Pedro sai da mesa juntamente com Afonso , pegam ambos no casaco, Afonso vai para junto da porta esperando por Pedro. Este antes de se dirigir ao seu Melhor Amigo lança um ultimo olhar, furioso, á mãe. Dora baixou a cabeça e nesse momento Pedro sai fechando a porta com a toda a força que tinha. De seguida Sérgio levantou-se e dirigiu-se a Dora.

Sérgio – Que vieste cá fazer ?
Dora – Vim ver o meu filho !
Sérgio – Realmente não tens um pingo de dignidade. Primeiro vais-te embora com um punha qualquer, e nem te despedes do teu filho, e agora chegas aqui como se nada se passa-se. Sinceramente Dora!
Dora – Eu apaixonei-me Sérgio, e tu não me tratavas com o devido respeito e tu sabes bem. Ele sim trata-me como uma rainha. E sim fui embora sem me despedir do Pedro, e sabes porque ? Porque não queria que ele sofre-se.
Sérgio – Fizeste-o sofrer á mesma, e o pior é que depois de teres ido embora ele está cada vez pior. Chega a casa ás tantas da noite, e como se não bastasse ainda vem podre de bêbado. Sofria muito menos se pelo menos lhe tivesses dito um simples Adeus, Dora !
Dora – Eu não queria a sério que não queria…
Sérgio – Mas fizeste e agora não a volta a dar.
Dora – Por favor Sérgio eu só quero o perdão do Pedro, mais nada.
Sérgio – Ele não te vai perdoar. A única coisa que tens a fazer é ires-te embora. PARA SEMPRE.
Dora – Não eu não posso. Eu não quero. Eu quero estar com o meu filho…
Sérgio – Mete na cabeça o Pedro está muito magoado contigo, por tua causa ele esta a dar cabo da vida dele. Não quero ver o meu filho a sofrer, por isso vai-te embora de vez !
Sérgio dirigiu-se á porta, abriu-a e fez sinal a Dora para que esta saísse. Esta saiu lavada em lágrima. Sérgio podia berrar com Pedro a toda a hora, mas ele só queria o bem dele. Pedro e Afonso decidiram ir até á praia dar um mergulho para esquecer todos os seus problemas.


Lisa e Isabel haviam ido até á praia apanhar um pouco de Sol afinal de contas estavam de férias. E desde que o Verão começou que ainda não haviam ido á praia. Até começavam a ficar sem os seus bronzes maravilhosos e lindos.


Pedro e Afonso acabavam de sair da água. Pedro parecia bem melhor. Ao menos não se mostrava tão triste e revoltado com a sua mãe. Aliás até parecia que não pensava no assunto.

Pedro – Afonso olha ali aquelas brasas !
Afonso – Bora lá ?
Pedro – Bora !

Afonso e Pedro foram até junto de duas raparigas deitadas na toalha de óculos de Sol. Como qualquer rapaz ambos se colocaram á frente delas tapando-lhes o sol. Estas levantaram-se, apoiando-se nos cotovelos e baixando ligeiramente os óculos até á ponta do nariz.

*** – Importam-se, estamos a tentar apanhar Sol, ya ?




Será que Dora vai mesmo embora ?
Irá Pedro perdoar a mãe ?
Quem serão as duas raparigas com que Pedro e Afonso falam ?
Não percas o prócimo episodio ! Wink

Já tinha lido, e está quer dizer podia estar mais ou menos...
Compreendem?










Simplesmente está brutal!
Continuem

Ai já me tavas a assustar ! :b


_________________
Rebelde Para Sempre ! L&P ♥

22Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 8:51 pm

Vandita

avatar
Looking around

Nessa Noite Joel foi ao encontro de Daniela mas nao a encontrou derepente vai contra uma Rapariga.
Joel: 'Desculpa nao-te vi'
Mia: 'Pois eu vi que nao-me viste.! '
Joel: 'Desculpa mesmo, como te chamas ?'
Mia: 'Mia Rossi the Best !! e tu es?'
Joel: 'Joel, fogo assim até parece que tou a falar com uma Pessoa muito importante '
Mia: 'Eu sou importante' ( e passa a mao pelo cabelo)
Joel: 'como posso pedir desculpa deste acontecimento?'
Mia: 'Que tal um café?'
Joel: 'Sim pode ser.'
Mia: 'Entao vamos eu conheco uma Café aqui perto.!'

Depois de umas Caminhadas encontram o tal Café e sentam-se numa mesa e pedem dois cafés. A conversa é muito animada, mas Mia estranha porqué que Joel olha para a Janela pensativo.

Mia:'Ta tudo bem ctg?'
Joel:'Sim esta, tu moras onde?'
Mia:'Aqui perto e tu?'
Joel:'Tambem!'
Mia:'esta-se a tornar Tarde tenho de ir pra casa.'
Joel:'Eu levo-te a Casa'
Mia:'que gentiloso.! olha queres ir amanha ajudar-me nas compras.?'
Joel:'Pode ser !'

Joel levou Mia a Casa e no proximo Dia encontraram-se a frente de uma Loja.Comprinhas depois Joel e Mia tavam na brinca mas nem percebiam que tavam a ser observados!
Anonimo:'Vés olha ali o teu amiguinho!'
Daniela olha com tristeza para lá. Daniela comeca a chorar e sai dali.
Anonimo:'eu bem disse!'

o 'Anonimo' ria-se da situacao.!

Continuaaaa.......?

O que séra que vai acontecer ?!
e quem é o Anonimo o que acham ?!

Beijinhos da Vanda .!

23Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 9:11 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Vandita escreveu:
Nessa Noite Joel foi ao encontro de Daniela mas nao a encontrou derepente vai contra uma Rapariga.
Joel: 'Desculpa nao-te vi'
Mia: 'Pois eu vi que nao-me viste.! '
Joel: 'Desculpa mesmo, como te chamas ?'
Mia: 'Mia Rossi the Best !! e tu es?'
Joel: 'Joel, fogo assim até parece que tou a falar com uma Pessoa muito importante '
Mia: 'Eu sou importante' ( e passa a mao pelo cabelo)
Joel: 'como posso pedir desculpa deste acontecimento?'
Mia: 'Que tal um café?'
Joel: 'Sim pode ser.'
Mia: 'Entao vamos eu conheco uma Café aqui perto.!'

Depois de umas Caminhadas encontram o tal Café e sentam-se numa mesa e pedem dois cafés. A conversa é muito animada, mas Mia estranha porqué que Joel olha para a Janela pensativo.

Mia:'Ta tudo bem ctg?'
Joel:'Sim esta, tu moras onde?'
Mia:'Aqui perto e tu?'
Joel:'Tambem!'
Mia:'esta-se a tornar Tarde tenho de ir pra casa.'
Joel:'Eu levo-te a Casa'
Mia:'que gentiloso.! olha queres ir amanha ajudar-me nas compras.?'
Joel:'Pode ser !'

Joel levou Mia a Casa e no proximo Dia encontraram-se a frente de uma Loja.Comprinhas depois Joel e Mia tavam na brinca mas nem percebiam que tavam a ser observados!
Anonimo:'Vés olha ali o teu amiguinho!'
Daniela olha com tristeza para lá. Daniela comeca a chorar e sai dali.
Anonimo:'eu bem disse!'

o 'Anonimo' ria-se da situacao.!

Continuaaaa.......?

O que séra que vai acontecer ?!
e quem é o Anonimo o que acham ?!

Beijinhos da Vanda .!


bem quem e esse anonimo??
vanda toca a continuar...

24Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 9:28 pm

Rebeldita- C'

avatar
Looking around
Episódio 3





Afonso e Pedro foram até junto de duas raparigas deitadas na toalha de óculos de Sol. Como qualquer rapaz ambos se colocaram á frente delas tapando-lhes o sol. Estas levantaram-se, apoiando-se nos cotovelos e baixando ligeiramente os óculos até á ponta do nariz.

*** – Importam-se, estamos a tentar apanhar Sol, ya?
Pedro – Ya, já demos conta.
*** – Então e vão sair da frente ou nem por isso?
Pedro – Só saímos se nos deixarem ficar aqui ao pé de vocês!
*** – Se deixarmos vocês saem da frente ?
Pedro – Ya, saímos!
*** – Ok fiquem lá .
Pedro – Obrigada!

Pedro e Afonso deitaram-se ao lado de cada uma das raparigas. Elas voltaram a deitar-se para traz colocando os óculos nos olhos, novamente. Pedro e Afonso fizeram o mesmo. Não sabiam nada das raparigas, nem nome, nem idade, simplesmente nada. Então Afonso como se lesse os pensamentos de Pedro, decide perguntar :

Afonso – Ainda não disseram como se chamavam.
???? – Nem vocês.
Afonso – Então eu sou o Afonso, e ele é o Pedro.
??? – Eu sou a Isabel, e ela é a Lisa .
Afonso e Pedro – Prazer em conhecer-vos.
Isabel e Lisa – Igualmente.

Ficaram em silêncio por uns instantes. Mas Afonso decide quebra-lo.[/size]

[size=12]Afonso – Está calor! Alguém quer uma bebida ?
Lisa – Ya, eu quero.
Pedro – Eu também.
Isabel – Já agora eu também. Vais buscar?
Afonso – Vou, mas tem de vir alguém comigo!
Lisa e Pedro – Eu não !
Isabel – Ok eu vou !

Afonso ficou contente por ser Isabel e ir com ele. Não era que gostasse dela, simplesmente ficou feliz. Lisa e Pedro ficaram nas toalhas. Pedro não estava lá muito bem e isso notava-se pela sua cara. Lisa reparou. Não sabia se havia de perguntar o que se passava, afinal de contas mal o conhecia. Mas arriscou.

Lisa – Está tudo bem ?
Pedro – Ya, porque ?
Lisa – Não sei, não estas com muito boa cara.
Pedro – São uns stress’s familiares, nada que não se resolva.
Lisa – Não me digas, tem a haver com os teus pais?
Pedro – Ya, como adivinhaste.
Lisa – Tamem tenho desses problemas.
Pedro – Acério ?
Lisa – Ya, pensavas que eras só tu ?
Pedro – Não, quer dizer mais ou menos. Mas conta lá que tipo de problemas familiares tens ?
Lisa – Oh, stress’s ca minha mãe.
Pedro – Não te das bem com ela?
Lisa – Mais ou menos isso. Ela á muito chata e irritante, anda sempre atrás de mim, e eu odeio isso, odeio ter de dar justificações do que faço e o que não faço.
Pedro – Já vi que temos aqui uma menina Rebelde.
Lisa – Um bocadinho.
Pedro – Atão e o teu pai ?
Lisa – O meu dador de esperma queres tu dizer, esse tambem não vale nada. Está lá pás Americas nem sequer telefona, nem nada.
Pedro – Somos dois.
Lisa – O teu pai tamem é assim ?
Pedro – Não comigo é ao contrário.
Lisa – Explica!
Pedro – A minha mãe fugiu com outro homem, prái á um ano mais ou menos, sem se despedir ou dar qualquer justificação, e hoje aparece lá em casa.
Lisa – Eish ganda lata! Desculpa sei que é tua mãe, mas pá . . .
Pedro – Não faz mal, tu tens razão. Ela que vá ter com o outro e que me deixe a mim ao meu pai em paz, e se pensa que a vou perdoar está muito enganada.
Lisa – É assim mesmo, ela não pode querer que depois de ter feito o que fez tu a vás perdoar assim.
Pedro – Sabes . . . inda agora te conheci mas . . . tou a gostar de falar contigo.
Lisa – Eu também estou a gostar muito de falar contigo.

Lisa e Pedro sorriram um para o outro, e voltaram a deitar-se. Pedro sentia-se realmente bem por ter falado com Lisa, sentia-se mais aliviado. Apesar de a ter conhecido apenas naquele dia era como se a conhece-se á anos. Lisa sentia o mesmo. Sabia que tinha algo em comum com Pedro: Os pais. Sabia que poderiam ser grandes amigos a partir dali.
Afonso e Isabel estavam no bar da praia ainda á espera das bebidas. Afonso queria falar com ela mas não sabia o que dizer. Isabel sentia-se igualmente assim.

Afonso – Então e . . . fala-me de ti .
Isabel – O que queres saber ?
Afonso – Tudo o que quiseres contar.

Isabel contou tudo o que havia para saber sobre ela, tudo menos os seus segredos. Contou á quanto tempo conhecia Lisa, o quão eram amigas, as noitadas que faziam as duas, falou dos pais, que estavam juntos mas que passavam a maior parte do tempo a discutir, mas outras vezes estavam super carinhosos e amigos. Depois foi a vez de Afonso, também este contou á quanto tempo conhecia Pedro, todas as noitadas que faziam ate as tantas, que era o seu melhor amigo e que o ajudava em tudo o que podia, falou da família, tinha mais dois irmãos, Henrique e Beatriz, mas que não se dava a cem por cento com Henrique, não era ódio era só aquelas divergências de irmãos, mas que tirando isso era um irmão cinco estrelas, falou de Beatriz, que odiava que a tratassem mal e faria de tudo para a proteger. Entretanto as bebidas chegaram e eles foram para junto de Pedro e Lisa. Ficaram na conversa até por volta das 5h da tarde, depois Lisa e Isabel foram embora, mas antes trocaram os números de telemóvel para combinarem qualquer coisa, outro dia, ou quem sabe logo á noite.

Ficaram Lisa e Pedro amigos, ou acontecerá algo mais?
E Afonso e Isabel?
Não percas o próximo episodio . . .
Deixa a tua opinião! Diz o que achas que vai acontecer no próximo episodio quem sabe não acertas! Wink


P.S. -> Eish, desculpem lá o testamento, mas é que esta semana vou entrar em teste e não vou ter muito tempo para cá vir ! :S


_________________
Rebelde Para Sempre ! L&P ♥

25Assunto Re: Se há Amor tamem há Perdão ! em Dom Mar 13, 2011 10:08 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Rebeldita- C' escreveu:
Episódio 3





Afonso e Pedro foram até junto de duas raparigas deitadas na toalha de óculos de Sol. Como qualquer rapaz ambos se colocaram á frente delas tapando-lhes o sol. Estas levantaram-se, apoiando-se nos cotovelos e baixando ligeiramente os óculos até á ponta do nariz.

*** – Importam-se, estamos a tentar apanhar Sol, ya?
Pedro – Ya, já demos conta.
*** – Então e vão sair da frente ou nem por isso?
Pedro – Só saímos se nos deixarem ficar aqui ao pé de vocês!
*** – Se deixarmos vocês saem da frente ?
Pedro – Ya, saímos!
*** – Ok fiquem lá .
Pedro – Obrigada!

Pedro e Afonso deitaram-se ao lado de cada uma das raparigas. Elas voltaram a deitar-se para traz colocando os óculos nos olhos, novamente. Pedro e Afonso fizeram o mesmo. Não sabiam nada das raparigas, nem nome, nem idade, simplesmente nada. Então Afonso como se lesse os pensamentos de Pedro, decide perguntar :

Afonso – Ainda não disseram como se chamavam.
???? – Nem vocês.
Afonso – Então eu sou o Afonso, e ele é o Pedro.
??? – Eu sou a Isabel, e ela é a Lisa .
Afonso e Pedro – Prazer em conhecer-vos.
Isabel e Lisa – Igualmente.

Ficaram em silêncio por uns instantes. Mas Afonso decide quebra-lo.[/size]

[size=12]Afonso – Está calor! Alguém quer uma bebida ?
Lisa – Ya, eu quero.
Pedro – Eu também.
Isabel – Já agora eu também. Vais buscar?
Afonso – Vou, mas tem de vir alguém comigo!
Lisa e Pedro – Eu não !
Isabel – Ok eu vou !

Afonso ficou contente por ser Isabel e ir com ele. Não era que gostasse dela, simplesmente ficou feliz. Lisa e Pedro ficaram nas toalhas. Pedro não estava lá muito bem e isso notava-se pela sua cara. Lisa reparou. Não sabia se havia de perguntar o que se passava, afinal de contas mal o conhecia. Mas arriscou.

Lisa – Está tudo bem ?
Pedro – Ya, porque ?
Lisa – Não sei, não estas com muito boa cara.
Pedro – São uns stress’s familiares, nada que não se resolva.
Lisa – Não me digas, tem a haver com os teus pais?
Pedro – Ya, como adivinhaste.
Lisa – Tamem tenho desses problemas.
Pedro – Acério ?
Lisa – Ya, pensavas que eras só tu ?
Pedro – Não, quer dizer mais ou menos. Mas conta lá que tipo de problemas familiares tens ?
Lisa – Oh, stress’s ca minha mãe.
Pedro – Não te das bem com ela?
Lisa – Mais ou menos isso. Ela á muito chata e irritante, anda sempre atrás de mim, e eu odeio isso, odeio ter de dar justificações do que faço e o que não faço.
Pedro – Já vi que temos aqui uma menina Rebelde.
Lisa – Um bocadinho.
Pedro – Atão e o teu pai ?
Lisa – O meu dador de esperma queres tu dizer, esse tambem não vale nada. Está lá pás Americas nem sequer telefona, nem nada.
Pedro – Somos dois.
Lisa – O teu pai tamem é assim ?
Pedro – Não comigo é ao contrário.
Lisa – Explica!
Pedro – A minha mãe fugiu com outro homem, prái á um ano mais ou menos, sem se despedir ou dar qualquer justificação, e hoje aparece lá em casa.
Lisa – Eish ganda lata! Desculpa sei que é tua mãe, mas pá . . .
Pedro – Não faz mal, tu tens razão. Ela que vá ter com o outro e que me deixe a mim ao meu pai em paz, e se pensa que a vou perdoar está muito enganada.
Lisa – É assim mesmo, ela não pode querer que depois de ter feito o que fez tu a vás perdoar assim.
Pedro – Sabes . . . inda agora te conheci mas . . . tou a gostar de falar contigo.
Lisa – Eu também estou a gostar muito de falar contigo.

Lisa e Pedro sorriram um para o outro, e voltaram a deitar-se. Pedro sentia-se realmente bem por ter falado com Lisa, sentia-se mais aliviado. Apesar de a ter conhecido apenas naquele dia era como se a conhece-se á anos. Lisa sentia o mesmo. Sabia que tinha algo em comum com Pedro: Os pais. Sabia que poderiam ser grandes amigos a partir dali.
Afonso e Isabel estavam no bar da praia ainda á espera das bebidas. Afonso queria falar com ela mas não sabia o que dizer. Isabel sentia-se igualmente assim.

Afonso – Então e . . . fala-me de ti .
Isabel – O que queres saber ?
Afonso – Tudo o que quiseres contar.

Isabel contou tudo o que havia para saber sobre ela, tudo menos os seus segredos. Contou á quanto tempo conhecia Lisa, o quão eram amigas, as noitadas que faziam as duas, falou dos pais, que estavam juntos mas que passavam a maior parte do tempo a discutir, mas outras vezes estavam super carinhosos e amigos. Depois foi a vez de Afonso, também este contou á quanto tempo conhecia Pedro, todas as noitadas que faziam ate as tantas, que era o seu melhor amigo e que o ajudava em tudo o que podia, falou da família, tinha mais dois irmãos, Henrique e Beatriz, mas que não se dava a cem por cento com Henrique, não era ódio era só aquelas divergências de irmãos, mas que tirando isso era um irmão cinco estrelas, falou de Beatriz, que odiava que a tratassem mal e faria de tudo para a proteger. Entretanto as bebidas chegaram e eles foram para junto de Pedro e Lisa. Ficaram na conversa até por volta das 5h da tarde, depois Lisa e Isabel foram embora, mas antes trocaram os números de telemóvel para combinarem qualquer coisa, outro dia, ou quem sabe logo á noite.

Ficaram Lisa e Pedro amigos, ou acontecerá algo mais?
E Afonso e Isabel?
Não percas o próximo episodio . . .
Deixa a tua opinião! Diz o que achas que vai acontecer no próximo episodio quem sabe não acertas! Wink


P.S. -> Eish, desculpem lá o testamento, mas é que esta semana vou entrar em teste e não vou ter muito tempo para cá vir ! :S

desde ja muita boa sorte para os teus testes!
eu gostei
eu aposto que lisa e pedro se vao envolver como isabel e afonso...mas como ira reagir isabel com isto tudo?
va la assim que possas continua Very Happy

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum