Um Amor entre dois mundos
Bem Vindo ao Fórum de Vampiros da actualidade!
Inscreva-se e divirta-se!
Foi criado um novo fórum, para a promoção da série da Lua Vermelha, e fomentar a amizade entre os fãs, é uma forma de nós provarmos que existem verdadeiros fãs das novelas nacionais. Esperamos, por vós...
Foi criado um novo fórum, para a promoção da série da Lua Vermelha, e fomentar a amizade entre os fãs, é uma forma de nós provarmos que existem verdadeiros fãs das novelas nacionais. Esperamos, por vós...
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Noção básicas sobre FanFics
Dom Mar 11, 2012 2:05 am por Pedro Conde Drákula

» A Obra Twilights
Dom Fev 26, 2012 3:06 am por Tiffany

» Isabel e Afonso - O espirito universitário
Ter Jan 03, 2012 10:43 pm por c@rl:)s

» Beta Reads
Qui Dez 29, 2011 10:51 pm por Graça Vampira

» RBL& vampiros --»espírito universitário
Qui Dez 29, 2011 1:55 am por c@rl:)s

» Fas De Lua Vermelha Port Chanel's
Seg Dez 26, 2011 3:09 pm por Pedro Conde Drákula

»  Uma historia inventada por mim
Sab Dez 24, 2011 5:13 pm por daniela

» Concurso Contos - Mês Dezembro (Inscrições)
Sab Dez 24, 2011 4:07 pm por Graça Vampira

» Dúvidas? Preciso de ti!
Sex Dez 23, 2011 12:07 pm por Graça Vampira

Chat

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

RBL& vampiros --»espírito universitário

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 8 de 11]

176Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sex Set 30, 2011 9:51 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 45 - Regresso à uni...e com ele...o Amor! ... (dedicado aos nossos rebeldes)


Manel não consigui adormecer mais já era quase de manhã. os raios de claridade começam a entrar pela cela, Pedro acorda mas não se mexe muito porque Lisa ainda continua a dormir encostado a ele, olha para Manel como ele estava com um cara pergunta:
Pedro - Manel ta tudo bem?
Manel-( desce a terra, pois os seus pensamentos estavam em Mia) - disseste alguma coisa?
Pedro - sim...mas afinal o que se passa?
Manel – a Mia...a Mia não está bem...e eu estou aqui (lembra-se da briga com Carlota e Henrique) e devia de estar com ela...
Pedro -tem calma...tu e ela estão juntos...já eu...
Manel – não é isso...é uma cena mais grave. ( uma ligeira lágrima aparece no rosto de Manel, ele bem que tentava conte-la, mas não consegui e escorreu-lhe pela cara)
Manel acaba por contar o que se passa e Pedro nem fazia a ideia de isso.
Pedro - afinal e por isso que ela anda estranha...mas tem calma ela vai conseguir ultrapassar isso.
Manel - espero que sim…
Eram 7.00 da manhã. o guarda foi buscar-los e disse
Guarda - espero não vos voltar a ver- vos tão depressa...espero que tenham aprendido a lição.
Manel sai a correr para ir para a república ter com Mi foi o primeiro a chegar lá…
Pedro - Lisa preciso de falar contigo ...vá lá
Lisa – não podes esperar...é que eu quero ir tomar um banho...
Pedro - se não te demorares
Lisa - opa estás com pressa vá diz lá?
Pedro - desculpa fui um estúpido...perdoa-me!!
Lisa não respondeu entrou na republica e foi para o quarto.
Manel passa na recepção
Manel - Gomes sabe em que quarto se encontra a Mia é urgente por favor?
Gomes – o menino ainda ontem arranjou problemas e já quer arranjar outro...?
Gui - é verdade Manel tu pá... ( ri-se)
Manel não liga, sobe a correr vai ao quarto dele e ela não estava lá então vai ate ao quarto dela.
No quarto de Mia e Viki:
Manel entra, Mia mal o vê corre em direcção a ele e ele abraça-a com toda a força. Manel leva-a ao colo para o quarto dele, entram e ele pousa na cama.
Manel - Mia desculpa… ( olhando profundamente nos olhos dela)
Mia – não peças desculpa beija-me
E assim o fez beijam-se com um beijo de cortar a respiração. Olha para ela e repara que ela não passou bem a noite.
Manel - Mia tu dormiste alguma coisa estas cá com uma cara?
Mia - acordou a pouco com...e não consigui dormir mais ( com lágrimas nos olhos)
Manel - vá princesa tem calma... ( ao vê-la assim fique triste por dentro, mas não demonstra)
Mia - Manel tenho medo ...
Manel – não precisas agora estou aqui...
Mia - temos de ir para a uni!!
Manel - hoje não vamos...tu precisas de descansar já há duas noites que não dormes quase nada...
Mia – não é preciso!
Manel - é sim... não quero que fiques pior...
Manel encaixa-se em Mia e abraça-a e ficam assim algum tempo, Mia acabou por adormecer e Manel manda uma sms a Pedro.
" hoje não vamos a uni... não contes a ninguém o que te contei"
Pedro lê e responde " fica descansado se precisares de alguma coisa diz...sabes que podes contar comigo"
Manel não largou a Mia ela precisava de descansar mas " será que isto tudo é por causa do acidente! O médico bem me avisou mas... não era preciso...que faço eu" pensou.

Lisa estava no quarto e a palavras que Pedro disse não lhe saiam da cabeça...
" será que o perdou-o ou ou não " pensou para si

Viki acorda não vê Mia fica preocupada vai se arranjar e vai se a encontra e " claro deve estar com o Manel mas não sei" foi ate ao quarto de Manel.
TUC..TUC...TUC...
Manel – sim (encontrava-se a fazer festinhas no cabelo de Mia)
com alguma dificuldade Mia por fim adormeceu
Viki - ( entra e vê Mia fica mais calma) – não sabia que Mia estava aqui...mas afinal o que se passa?
Manel - Viki se não te importas. Não posso contar, a Mia não quer...por isso fica descansada, que não e nada de grave…
Viki - hoje não vão a uni?
Manel – não ...ela não tem dormido quase nada, como deves ter dado conta esta noite ...por isso hoje...
Viki – ok…
Manel - assério não te preocupes tira essa cara.
Viki - se precisares de alguma coisa já sabes!
Manel - obrigado!

Lisa desceu e Pedro viu-a descer e ficou a observa-la de alto a baixo, Lisa deu conta, mas até gostou. Pedro aproxima-se dela
Pedro - já tens uma resposta para me dares?
Lisa – resposta a que? ( fazendo-se desentendida)
Pedro – não te faças de sonsa sabes bem qual a resposta ( sem darem por nada ambos estavam muito próximos, tão próximos, a milímetros de se beijarem se quisessem)
Lisa - Pedro...mas tu não tens mais nada para fazer... ( afasta-se rápido)
Pedro - sabes bem que não ...eu quero que me perdoes.

No quarto de M&M, Mia ainda continua a dormir...parece que desta vez não, nada vai acontecer ou será que sim? Manel como estava cansado acaba também ele por adormecer

Rua L&P
Pedro não resiste e aproxima-se mais...e estavam a milímetros de se beijarem, outra vez, por fim, os dois lábios puderam voltar a sentir-se...como já não acontecia há muito tempo.Um beijo intenso, caloroso, um beijo deles que mostrava as saudades que sentiam de serem um só. A paixão que há dias teimava em não se demonstrar...O carinho que lhes faltava...a confiança acima de tudo! Lisa pode sentir que Pedro sentia o mesmo que ela...enrolados numa armadilha! O beijo durou mais alguns,segundos até que Lisa para o beijo e os dois olham-se intensamente

será que vão fazer as pazes??

e mia será que que vai piorar ou não?

continua
Filipa Trigo e Joana Costa



Última edição por filipa trigo em Sex Set 30, 2011 9:59 pm, editado 1 vez(es)

177Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sex Set 30, 2011 10:01 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Boas, como já deram conta esta semana foi difícil nos postamos as cenas que fomos escrevendo durante a semana.
Mas a Filipa tem andando um pouco ocupada, ela faz parte da comissão de praxe ou como se chama isso...e não teve tempo quase nenhum para vir...apesar de ter escrito e eu também. só hoje e que conseguimos vir aqui e ainda vos reservamos 2 cenas finais que esperamos que gostem! Very Happy

cumprimentos.
Joana Costa e Filipa Trigo

178Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sex Set 30, 2011 10:53 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 46 - Eu Sei Que Tu Estás Sempre Aqui Quando Eu Preciso...Adoro-te!(dedicado aos M&M)

Manel acordou e a sua princesa ainda estava a dormir entao levanta-se com cuidado para nao a acordar e vai tomar banho depois de uma noite na esquadra era o que precisva. Tomou banho e " ainda não deve ter comido nada..vou preparar alguma coisa" pensa. Vai até a cozinha e preprara duas torradas e dois sumos de laranjas. Mia acorda olha para um lado e para o outro não o alcança com o olhar e começa a ficar assustada.
Mia - Manel...Manel onde tas?? ( grita e começa a chorar e agarrada na almofada dele)
Manel entra e vê Mia a chorar e pousa o tabuleiro e abaraça-a com toda força.
Manel – Mia...tem calma... ( já não sabe o que fazer, simplesmente queria que o seu amor fica-se bem de uma vez).
Mia - nunca mais me deixes assim…
Manel - estavas a dormir e não te quis acordar ( beijam-se com muita força)
Manel - pronto...va tem calma...como sei que ainda nao comeste nada...trouxe alguma coisa para comer.
Mia – não tenho fome… ( olha para a bandeza, mas vira a cara lentamente).
Manel - vá só um pouco…por favor…
Mia - Manel ...quando é que vou voltar a ser eu...
Manel - Mia com o tempo tudo vai voltar a ser como antes… só tens de ter um pouco de calma…
Mia -mas quando??
Manel " também queero que isso aconteça...quero a minha Mia de volta,mas mesmo assim eu amo-te" pensa só para si. Mia deu uma dentada na torrda e bebeu o sumo ...
Manel - Mia tive a pensar...acho melhor ires a um psicologo...
Mia – não quero...
Manel - vamos os dois... não vais sozinha... prometo.
Mia - pois...mas tenho ...e se tenho alguma coisa...
Manel – não tenhas ...é para teu bem...
Mia - e para quando é que estás a pensar? ( beija-o)
Manel - como não fomos as aulas pode ser hoje
Mia - tem mesmo de ser?
Manel - sim...anda lá...
Mia - ok, mas vais comigo ...( beija-o)
Manel ligou e marcou uma consulta era as 4.30
Mia passou o resto da tarde nervosa...
Eram quase 4.30
Manel - vamos?
Mia – não tenho outro remedio...( beija-o)
Descem as escadas e Carlota encontrava-se na entrada e trouxe o nariz...mas eles nao ligaram.

No gabinete da consulta, ouve-se chamar-se menina Mia Rossi...
Mia ficou super nervosa Manel deu- lhe a mão com muiat força
Manel - vamos!!
Mia não estava a conseguir andar, será que era pelos nervos, mas
Manel - tem calma...eu vou contigo
Mia depois la consegue, com ajuda do seu amor é claro.

A porta do consultório, Mia respira fundo e TUC...TUC...
Médico Pedro -sim...
Passados alguns segundos entram.
Médico Pedro - olá boa tarde, menina Mia Rossi?
Mia -sim...
Médico Pedro - sente-se
Mia não largou a mão de Manel e sentam-se
Médico Pedro - então em que posso ajudar?
Mia começou a tremer... não sabia como se explicar, Manel deu-lhe a mão com muita força..
Médico Pedro - a menina quer que ele fiquee ou não?
Mia - pode ficar... ( algumas lágrimas apareceram nos olhos dela)
Médico Pedro - então...queer um copo de agua?
Mia - se possível...(limpa agora as pequenas gotas de água que caiam lentamente, mas não eram muitas).
Médico Pedro ( pega no copo enche e entraga a Mia)- tenha calma quando se sentir mais calma...pode começar...
Como Mia não falou , o médico decide começar por fazer umas perguntas, mas quem responde é Manel.
Médico Pedro - então...passa-se alguma coisa para terem soliticiado ajuda?
Manel - a minha namorado a um tempo sofreu um acidente não sei se sabe…
Médico Pedro - aqueele da estátua...?
Na cabeça de mia a imagem desse dia tornou a passar pela cabeça dela.
Médico Pedro - sim...e...
Mia apertou com força a mão de Manel para não gritar.
Médico Pedro - pode continuar
Manel -o médico que a acompanhou no hospital disse que ela não se podia enervar...
Médico Pedro - tou a ver...a menina tem medo? (pergunta agora a Mia)
Mia - é mais a menos isso…
Manel - tem tido sempre o mesmo sonho, neste caso o pessadelo com o acidente...e o médico que a atendeu, disse que podia ficar com trauma após o acidente...
Médico Pedro - já percebi...menina Mia agora preciso de a ouvir também!
Mia – não sei se sou capaz… ( tremeu e Manel deu conta, pois estava agarrada a mão dela)
Médico Pedro - tenha calma...tem todo o tempo ...
Mia - eu...( pausa) tenho medo!!
Médico Pedro - medo de que?
Mia - de ficar sozinha...( umas lágrimas começaram a cair)
Médico Pedro - sim...menina Mia eu só quero ajudar...tenha calma!
Manel – Mia, princesa...vá tu consegues...( passando o braço e pousa nas costas de Mia)
Mia – não consigo dormir uma noite seguida...estou sempre a sonhar com esse dia ( pausa e limpa as lágrimas)
Médico Pedro - continue
Mia - num dia quando estava na hora de jantar... houve um simulacro e eu nao me mexi fiquei paralisada e com medo...ontem ouve uma confusão na repéblica e a imagem do acidente tornou a aparecer... ( lágrimas de novo aparecem no rosto de Mia)
Médico Pedro - vá tenha calma...e falta de apetite tem?
Mia - hmhm
Manel - deu para notar quesim...ela não anda a comer quase nada...
Médico Pedro - então vamos fazer assim...a menina está muito nervosa por hoje já chega...
Manel - e quando é que voltamos cá?
Médico Pedro - só uma coisa, a menina tem de se sentir segura, tanto de dia como de noite...
Manel – sim, mas não dorme quase nada!
Médico Pedro - é assim vou receitar uns calmantes, mas sp toma em caso urgente.
Mia - Manel vamos embora? ( as lágrimas teimam em cair)
Médico Pedro - e voltam daqui a uma semana, a mesma hora, mas se precisar de mim...é só ligar.
Manel – não se preocupe...
Médico Pedro - vá menina Mia tenha calma, vai ver que isso vai passar...
Mia já não estava a conseguir estar ali
Mia - manel...mor...MANEL VAMOS EMBORA ( grita)
Médico pensa para si "isto está grave..."
Manel - espera...Mia... ( corre te ela)
Mia - ( diz a chorar) - quero ir embora...por favor!
Médico Pedro - Mia já vi que a menina sé se sentem bem com o seu namorado...um conselho ivitem sitíos com muitas pessoas para já...
Manel – não se preocupe. Até para semana!
E saem os dois agarradinhos,
Manel – Mia, princesa, pronto já passou...
Mia – não quero vir mais aqui… (pausa) por favor…
Manel - Mia...isso depois vê-se...
Manel em vez de leva- la para a república, vão em direcção á praia e pelo caminho o Manel vai a farmacia aviar a receita.
Mia - Manel... não quero ir para república...
Manel – já tinha pensado nisso...
Mia – mor não quero que ninguem saiba disto por favor…
Manel - o Pedro já sabe, ma .fica descansada que ele disse que não ia contar a ningeum...
Mia - vá...mudando de assunto...para onde me levas?
Manel - já vais ver?
Mia - hmhm...( um pe quenino sorriso apareceu no seu rosto)
Tinham chegado a um sítio, estavam na praia…
Manel - princesa chegamos...(abraça-a)

Estava calmo ouvia-se o mar e o vento só lá estavam os dois, eram 6.30 ainda tinham tempo ate ao jantar...
Mia - que silêncio!
Manel - temos isto tudo para nos...( beija-a com um beijo de cortar a respiração onde se mostrava o amor deles os dois)
Mia ( com um olhar provocador) - podiamos aproveitar...( beija-o e corre ate a beira mar)
Manel - hmhm...( corre atras dela mas ela estava a correr...por uns momentos a Mia estava outra)
Manel - Mia...espera!!
Mia - tenta apanhar-me (começa a correr, mas Manel vai atrás dela)
Por fim apanha-a e da-lhe um beijo daqueles que ela adora. Começam na brincadeira e acabam por cair na areia....
Manel – és maluca! (olha para ela e esboça um sorriso)
Mia - por ti sim...( beija-o)
Estava a ficar tarde, mas ambos ainda quiserem ficar e aproveitam para dar um passeio a beira mar.

Na república, Pedro já tinha percorrido a república toda atrás do Manel, mas nada. Na cantina:
Pedro - alguem viu o Manel e Mia?
Ninguem responde. estavam todos entretidos.

Era noite, na praia onde estavam ainda os M&m
mia - mor...vamos embora ta a ficar frio!
manel - hmhm... já queres ir? Ta-se aqui tão bem a ver as estrelas!!
Mia - mas estou cansada...
Manel - ok princesa! Vamos então!

Chegam a república, Mia ao ver tanta gente na cantina o seu sorriso que trazia nos lábios desaparece
Manel - Mia se quiiseres comemos no quarto? ( diz ao ouvido dela baixinho)
Mia - não deixa tar... ficamos por aqui ( faz uma cara estranha, mas ninguém viu, ou quase ninguém)
Pedro ia ter com Manel, mas este faz sinal para nao...

Será que Mia vai ficar melhor?
Sim ou não ?


continua

Joana Costa e Filipa Trigo

179Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sex Set 30, 2011 10:56 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
ola, boa noite,
a próxima cena ainda esta a ser pensada, sei que tínhamos dito que tínhamos 2 reservadas,
eu e Filipa estamos indecisas aqui numas coisas...e acho que saltamos um episódio temos de ver isso... por isso te amanha e espero que compreendam.

cumprimentos,
Joana Costa e Filipa Trigo

180Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Qua Out 05, 2011 8:42 pm

Pedro Conde Drákula

avatar
Adminstração
Está boa Smile
Oki levem o tempo que necessitarem... Wink
Se for preciso algo, sabem onde me encontrar, oki!

A Administração


_________________
Sou a favor da campanha: Deixa o teu comentário na história
É verdade! Já repararam com certeza que este site é constituído por Histórias venho assim dizer que o vosso comentario é extremamente importante, pois motiva o escritor a escrever mais e melhor!

Nem que seja um simples continua

Pensem nisso!
http://lua-vermelha.forumotion.com/

181Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 08, 2011 9:28 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Pedro Conde Drákula escreveu:Está boa Smile
Oki levem o tempo que necessitarem... Wink
Se for preciso algo, sabem onde me encontrar, oki!

A Administração

boa noite caro administrador,
antes mais obrigado por querer ajudar na nossa história, demorarmos algum tempo para postar, mas estamos de volta com algumas cenas já prontas para vocês!! Very Happy
aproveitam pois vem ai cenas de chorar a rir!!

filipa trigo e joana costa

182Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 08, 2011 9:29 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 47 -«...tenham um bom fim de semana, rebeldes&vampiros!»

Não era o primeiro...mas também não seria o último!!Era, finalmente, fim de semana! Embora fossem ainda 9 da manha, a república estava toda a dormir! Quando é que eles vão acordar para eu poder começar a contar a cena?! LOL Finalmente…são 10:00 da manha, estavam todos no refeitório a tomar o pequeno almoço…que quase seria almoço!

Na cantina:
Gui – eu adoro os fins de semana!
Tomás – a quem o dizes! Já tinha saudades de dormir como um urso!
Íris – vocês é que não sabem o que é bom! Estou desejosa por Segunda feira! A uni é mesmo fixe!
Rita - eu estou com Iris, a uni é tao fixe!!! (olha para Filipe e pisca-lhe o olho)
Todos – eiiiii…que exagero!
Gabriel – exagero nada! Olha íris, descobri que a biblioteca está aberta hoje, excepto amanha…
Íris – então vamos, tenho de consultar uma obra que me pareceu muito interessante!
Lisa – bom, enquanto que aqui os nossos amiguinhos vão para a biblioteca, o que é que nós vamos fazer?
Paula – podíamos ir acampar, ou ver um filme! Ou ir às compras…
Isabel – acampar soua bem…
Mia – isso! Compras!
Lisa – prefiro acampar…
Gui – eu cá prefiro ver um filme…(sorriso maroto)
Filipe – (interrompe) - acampar até pode ser fixe…
Vicky (irritada) – GUI! Ai que estúpido! (finge-se amuada)
Gui – eu estava a brincar…o filme que eu estava a falar era…era de desenhos animados! (riem-se todos)
Beatriz e Henrique – nós estamos fora, temos coisas combinadas (trocam uns olhares cúmplices e dirigem-se até a porta).
Pedro – mas vamos fazer o quê, afinal?
Paula – pois seria muito fixe se fizéssemos um plano em conjunto!
Afonso - a ideia de ir acampar era para longe daqui certo?
Mia – sim, mas bem longe daqui! Preciso de sair da uni…
Manel – então vamos!
Lisa – mas aí é que está Manel…vamos para onde?
Gui – calma! O Gui resolve!
Manel – nós estamos calmos, Gui!
Gui – fazia parte da minha frase…(todos se riem)
Lisa – vá então resolve, lá, Mr. calma!
Gui – he he! Mr. Calma, Lisa?!
Iris (rindo-se) – façam um sorteio! Pode ser que eu escreva lá biblioteca e me sai, como tenho andado com muita sorte!
Mia – ai íris, isso não! Fazemos o sorteio, mas sem biblioteca lá escrito!
Iris – vá, não se preocupem! Eu e o Gabriel também preferimos ir para a biblioteca sozinhos, porque com vocês seria impossível lá estar!
Gabriel – é isso mesmo! Vá (levanta-se da mesa) nós vamos dar uma volta e depois vamos para a biblioteca, tenham um bom fim de semana, rebeldes! (sai da cantina com íris)
Paula – vá, temos de escolher!

Entretanto num jardim algarvio, bem longe na república como da universidade:
Carlota – isto pode parecer estúpido, mas nós somos um bocadinhos burros!
Henrique – tens razão! Não vale a pena andar a tentar destruir aqueles quatro…e nós até nos podemos apaixonar por outras pessoas…
Carlota – estás burro? Afinal tu gostas da Lisa ou não?
Henrique – tu gostas do Manel?
Carlota – eu não gosto, Henrique! Eu amo-o!
Henrique – então, eu também gosto da Lisa! Mas porquê que estavas a dizer que éramos burros?
Carlota – porque nós estamos a fazer tudo mal! Nós não podemos separá-los ao mesmo tempo! Tem de ser um casal a seu tempo!
Henrique – ahh! Visto assim…e qual é a tua ideia?
Carlota – para já…nenhuma! Mas não sei…acho melhor deixar-mos as coisas acalmar…eles já perceberam que andamos atrás deles! E se agirmos temos de ser muito calculistas e ter mais paciência! Vá…vamos comer um gelado?!
Henrique (sorri) – sim! Pago eu!
Carlota – fixe!

Voltando a república, na cantina:
Pedro – eu voto no acampamento!
Lisa – eu também!
Mia – isso é injusto…vocês são namorados é obvio eu iam escolher a mesma coisa!
Lisa – se é assim que tu pensas então o Manel também vão escolher o raio das compras!
Mia – Manel? (fazendo beicinho)
Manel – ah? (sem saber o que dizer) deve de haver compras no acampamento…
Mia – oh, Manel?! Aquilo deve estar cheio de bichos, cobras, insectos..augh! Que horror!
Manel – eu vou estar lá contigo! Prometo que não te vou deixar que nada de mal te aconteça!
Isabel – e o meu voto e para o acampamento…
Afonso - e o meu também
Gui – vá deixem-se disso! O meu voto também vai para o acampamento!
Vicky – vá, o meu também!
Paula – mesmo que escolhesse outra cena, o acampamento ganhava! Mas mesmo assim iria votar nele, por isso!
Tomás – Pessoal, vamos acampar!!
Todos – e onde?
Tomás – podíamos ir para Vila Nova!
Afonso – isso é bue longe
Manel –( interrompe) - e quando lá chegar-mos já é noite! Acho que podia ser mesmo aqui no Algarve…mas longe da uni, bem longe!
Lisa – por este andar vamos acampar aqui no jardim da republica, decidam-se!
Pedro – não sei qual é a tua ideia Tomás…Vila Nova?
Tomás – era só para inovar…mas o Algarve serve! Vá, vamos lá fazer as mochilas, às 11h em ponto na entrada da uni! E vamos no carro do Pedrinho!!
Lisa – Oh, Tomás nós somos 10! Precisávamos de dois carros do Pedro!
Afonso – eu , a Isabel , a Rita e o Filipe podem vir…se for preciso levou mais alguém…
Pedro –pode ir contigo mais dois e o resto vem no meu…
Vicky – sendo assim não vou…não podemos ir todos!
Tomás – e vais onde?
Vicky – de táxi!
Mia – boa, vicky! Dessa gostei! Eu vou contigo, é que até tenho medo de ir no carro do Pedro, ou no do Afonso…
Pedro – eu conduzo bem! Lisa, só faltas tu dizer que vais no táxi?
Lisa (rindo-se) – não era mal pensado! Mas eu prefiro ir contigo!
Pedro – ah, bom! (os dois beijam-se)
Todos foram para os quartos preparar as mochilas. Estavam desejosos para irem acampar!

Bem, os nossos rebeldese desta vez em comjunto com a Isabel, Afonso , Rita e Filipa estão sempre a arranjar novas formas de se divertirem, até mesmo na uni! Mas como será que vai correr este fim de semana? Será que vai ser só galhofa? E este irá fazer bem a Mia? O que lhes vai acontecer? Não percam a cena 48!

To Be Continued...

filipa trigo e joana costa

183Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 08, 2011 10:07 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 48 – Mas Que Grande Fim-De-Semana…se é que se pode chamar isso!


No jardim do Algarve, bem longe de tudo e de todos:
Henrique – este gelado está muito bom!
Carlota – podes crer! Apetece-me ir ao cinema, vens comigo?
Henrique – isso é um convite?
Carlota (sorrindo) – vá, vamos!

Finalmente no parque de campismo, que ficava a 1h da uni…

O táxi já tinha chegado:

Mia (olhando em redor) – onde é que eu me vim meter!
Manel – isto não é assim tão mal, olha até temos um rio bem perto de nós!
Mia – é um rio porco, cheio de lixo, a cheirar muito mal!
Vicky – ai, Mia…agora é que não vou mesmo para a água!
Paula – aproveitem o espírito do campo e deixem-se dessas parvoíces!
Manel – eu vou ligar ao Pedro, eu nem imagino o que aqueles malucos estão a fazer!
Entretanto o carro de Afonso chega com música ao berros, quem estava ao volante era Filipe, pois se fosse com Afonso eles seriam os primeiros a chegar, parece que Rita lhe contou da existência de vampiros e ele não reagiu assim tão mal, em primeiro ficou estupefacto e com medo mas depois ao ver a sua amiga feliz com Afonso não ligou a isso e trata-os como pessoas normais. Estaciona o carro, todos pegam nas suas bagagens e vão ao encontro dos seus novos amigos, ou seja os nossos rebeldes, seria o princípio de uma grande e nova amizade para todos.

Numa estrada, parados…
Pedro – Pronto agora és tu, Lisa!
Gui – só mais um bocadinho!! Adoro conduzir este carro!
Lisa – na na, agora sou eu! (saindo do carro e dirigindo-se para o lugar de condutor) Sai!
Tomás (ao ouvido de Pedro)- tu achas isto boa ideia…quer dizer trata-se da Lisa ao volante!
Lisa – Não te preocupes, Tomás! Eu sei conduzir!
Tomás – não é nada disso. É que eu não paguei o seguro de vida este mês!
Pedro – Tommy?! Deixa-a experimentar! Vá Lisa, o volante é todo teu!

No acampamento:
Mia – então?
Manel – não atende…
Paula – tu não me digas que eles aproveitaram para ficar a namorar e os outros dois para irem jogar?!
Manel – calma! Eles não nos faziam isso! Acho eu…
Vicky – vá, vamos lá montar as tendas! Se bem os conheço…vão demorar!
15 minutos depois, os 4 chegam ao acampamento.
Lisa – foi assim tão mal? (saindo do carro)
Gui – podia ter sido melhor…
Pedro – oh, Gui, engole lá o orgulho, meu! (abraça Lisa) para rapariga até te safaste!
Lisa – olha tu não sejas parvo! (dirige-se para os outros)
Manel – ah, até que enfim! Já montamos 1 tenda…
Afonso tinha uma tarefa muito difícil pela frente comportar-se como um humano, Isabel que estava ao pé dele diz-lhe ao ouvido:
- eu ajudo-te não te preocupes…basta não te exaltares…

Eram 7 da tarde, as tendas já estavam, finalmente, montadas!
Estavam entretidos a fazer brincadeiras uns com os outros quando chega lá uma velhinha:

Velhinha – meus queridos…(pára a frente deles) eu se fosse a vocês ia para a casinha, metia-me numa cama cheia de mantas e bebia uma boa chávena de leite…(era impossível eles controlarem o riso)
Pedro (quase sem controlar o riso) – porquê?
Velhinha – porque o tempo está a arrefecer, meus meninos! Conheço o tempo como uma palma das minhas mãos…
Gui – olhe que bom, avozinha! Mas agora vá lá cuidar do seu Tweety que nós temos de nos divertir! (todos se partiram a rir)
Velhinha - mal educado! (e vai-se embora)

Tomás – mas que lata a dela! Não pode ver um grupo jovem a divertir-se que já nos quer expulsar!
Filipe – (olhando para o céu) – certamente está e com medo de estar sozinha, ao ver este grupo de amigos tão animados (esboça um sorriso)
Lisa - eu estou cheia de fome! Quem vai cozinhar? (todos se calam e afastam, excepto)
Gui – o Gui cozinha! Vá, Tomás traz-me a minha mochila, por favor! Vocês vão comer as melhores salsichas o mundo!
Mia – salsichas?! Não! A Mia Rossi não come salsichas!
Lisa – não tens outra solução!
Isabel – (interrompe) – eu também não costumo comer, mas e como a Lisa diz, não temos outra solução ( diz para fazer companhia a Mia, se não ela seria a única, esta percebe e esboça-lhe um pequeno sorriso)
Paula - eu vou para a tenda, descansar.
Tomás – eu também vou!
Gui (puxando-o pela camisola) – onde pensas que vais? Vais-me ajudar aqui, olha este a querer esquivar-se!
Filipe – eu ajudo
Afonso – e eu também … vai la Tomas com a tua bela donzela…
Mia – não estão com frio? Está a uma ventania…
Manel - eu não tenho, amor…
Lisa – eu por acaso tenho. Está a ficar frio!
Rita – por acaso eu também…será que a velhota tinha razão??
Gui –está o quê?! Esperem só até comerem as minhas salsichas que o frio desaparece nesse mesmo instante!
Mia – ai, gui! Pára de fazer publicidade ás salsichas! Mas..despacha-te a fazê-las…
Lisa – o Pedro? (olhando em redor)
Manel – não sei. Desde que aquela velhinha se foi embora que não o vejo!
Mia – se calhar foi com ela! (riso irónico)
Lisa – o que é que disseste, barbie?! Já te andas a passar!
Manel – ei, ei! Calma! Lisa, deixa, a Mia não fez por mal. Foi só um comentário…
Lisa – um comentário de muito mal gosto!
Mia – está bem, desculpa!
Pedro chega nesse momento.
Lisa – onde estiveste?
Pedro – o meu pai ligou-me…
Manel – outra vez? Ele agora está sempre a ligar-te!
Pedro – e não pode?
Manel – calma, foi só uma observação!

O jantar decorreu, com algumas trocas de olhares desconfiados entre Manel, Pedro e Lisa…alguns olhares de desprezo entre Mia e as salsichas e uns olhares de satisfação entre Gui, Tomás, Paula devido ao jantar que estava mesmo bom!

Gui – eu não estou a conseguir resistir…tenho de vos contar algumas histórias de terror!
Mia – não...(assustada) a sério, Gui!
Lisa – conta! (entusiasmada)
Manel – então eu e a Mia vamos para a tenda..(percebendo que Mia não queria ouvir aquelas histórias…iriam lhe fazer muito pior)
Isabel – eu e o Afonso também vamos para a tenta
Rita – eu e o meu Filipe ficamos …queremos ouvir isso Gui!!

Os 4 vão para as respectivas tendas…

Gui - é pá! Mais alguém se quer cortar?
Vicky – não amorzinho! Conta lá!
Paula – sim, mas tem de ser mesmo assustadoras!
Pedro – e com direito a sons especiais!!
Gui – não se preocupem, vocês estão a falar com o Gui, o contador de histórias!! (faz um olhar aterrador)
Tomás – começa lá!
Gui – então, isto foi há muitos, muitos anos…numa floresta no meio do nada, mas mesmo no meio do nada, estão a ver?
Lisa – sim, gui!
Gui – e um dia um casal decide aventurar-se por ela a dentro…uuh..já estão com medo?
Pedro – não…
Filipe e Rita – não… ( ambos riem-se)
Gui – e pelo caminho encontram (começa a chover torrencialmente) é pá! Tinha de ser agora?! (diz olhando para o céu)
Paula – eu estou toda molhada! (diz enraivecida)
Lisa – é normal! Está a chover!
( O vento começa a soprar com bastante força..de tal forma que a tenda do Gui e da Vicky levanta voo, como a do Filipe e Rita )
Gui- é verdade! Esqueci-me de apertar alguns parafusos…
Filipe – pelos vistos não foste o único…
Vicky – e agora gui?
Pedro - venham para a nossa e deixem-se de coisas!
Tomas – Filipe e Rita vocês para a nossa…

10 minutos depois

Lisa – chega-te para lá!!
Gui – e chego-me para onde?!
Lisa – olha, para a rua!
Pedro – Lisa?!
Vicky – esta tenda é mesmo mini!
Lisa – para quatro sim!

Nesse momento alguém abre a tenda…

Mia – a nossa tenda está inundada(em pânico)
Manel – e está muito frio cá fora! (abraçando Mia)
Pedro – aqui não cabemos…o melhor é irmos embora!
Lisa – tas doido? Com este temporal?
Paula e Rita (que chega nesse momento, completamente encharcada) – cabem aí mais dois? ( dizem ao mesmo tempo…)
Vicky – vamos embora! Não vamos passar a noite ao relento, com este tempo!
Todos saem da tenda, Lisa sai contrariada. Começaram a correr pela montanha a cima…não havia nenhuma casa à vista…até que:
Manel – está ali uma casa, vamos!
Filipe – não estou de acordo, mas há chuva e ao frio é que não podemos ficar…vamos lá ( puxa Rita)

A casa era mesmo velha, em pedra e tinha muito mato à sua volta…parecia abandonada…mas estaria mesmo?

Entraram na casa…

Gui – será que vive aqui alguém?
Tomás – será que há bebidas?! (ri-se)
Pedro – vamos já ver! (abrindo os armários…velhos)
Lisa – mas será que vocês só pensam em beber?
Isabel – Por agora escapa…(olhando em volta)
Gui – claro que não! Também pensamos nas mulheres, no dinheiro, carros…
Mia – que palermas!
Manel – isto não deve de estar abandonado…tem aqui um frigorífico ligado à corrente!
Gui – frigorífico?! Bem mas a noite está mesmo a correr-nos bem! (abrindo o frigorífico e deliciando-se com o seu conteúdo!)
Pedro – é mesmo, Gui! Encontrei! Hoje temos festa! (riem-se)
Por trás da porta de entrada…
???- festa?! Isso é o que vamos ver!! (e sai…temporariamente)
Paula – vá, estão á espera de quê para abrir isso?!
Gui – calma! Encontrei aqui 3 chouriças, vou aquecê-las!
Mia – eu vou ajudar-te…porque estou cheia de fome!
Gui – amorzinho, podias ajudar-me!
Pedro (para Tomás) – pega aí em mais uns copinhos, vamos dividir isto como deve ser!
Tomás – sabes que nós temos de ter mais…(riem-se)
Afonso – não contem comigo…
Tomás - e tu Filipe?
Filipe – pode ser, mas não muito…
Gui – amorzinho? (vira-se para trás) Vicky?! Vicky? Onde estás?
Tomás – O que se passa? Por acaso…onde está ela?
Gui – era o que eu estava a perguntar!
Pedro (que já tinha dividido as bebidas) – venham buscar!
Gui – Pedro, eu não sei da Vicky!
Mia – aiiiii! Será que ela foi raptada?
Isabel – hmhm Mia, isso é pouco provável ( diz tentando acalma-la)
Manel – isso é impossível! Ela estava aqui connosco!
Paula – pois…ela e a Lisa!
Pedro – Lisa?! (olha em seu redor na sala) Lisa? Lisa?

No quarto dessa mesma cabana…

Lisa - acho que estão a chamar por mim!
Vicky – mas diz lá..esta cama é bem fixe!
Lisa - por acaso é muito boa! Mas vai ser para mim e para o Pedro!
Vicky – que lata! Vai é ser minha e do Gui!

Nesse momento ouve-se um barulho horrível…parecia uma motosserra…ou ou motor!
Na sala todos começam a gritar, Mia principalmente..e no quarto também! Tal era o medo que saíram a correr do quarto!

continua ....

joana costa e filipa trigo

184Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 08, 2011 10:33 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 48 – Mas Que Grande Fim-De-Semana…se é que se pode chamar isso!


Mia – aaaaaaaaaaaaaah!!
Lisa - o que é isto?
Pedro – Lisa! Onde estiveste?
Gui – vocês sabem o susto que nos pregaram!
Manel – ó pá, mas o que é isto!
Tomás – isto é um motor!
Pedro – será o meu carro?! (preparava-se para sair da porta)
Afonso – o meu!!
Lisa – não, Pedro! (assustada) O teu carro ficou no acampamento, lembraste?
Mia – mas podem-no ter roubado!
Isabel – também não e o teu amor, pois também ficou no acampamento
Vicky – por amor de Deus! É óbvio que não é o carro do Pedro! Iam mesmo pô-lo á porta?!
Lisa - pois, a vicky tem razão!
Paula – ah, isto é uma motosserra! Tenho a certeza!
Mia – aaaahhh!!! Eu vi um filme que matavam as pessoas assim…e também eram jovens! (começa a gritar e a chorar) Não!! Eu não quero morrer!
Isabel começa a perceber o que se passa com Mia, pois ela via a vida de outra forma, desde que conheceu Afonso, que percebe certas atitudes pois ele é um vampiro e viu que Mia ficou assim desde a praxe e então não diz nada…mas num apetece grita:
- ahhhhhhhh….
Afonso percebeu o que Isabel fez e vai ter com ela tentando entrar no jogo dele e fazendo com que ela se acalme, apesar de ser tudo a fingir.
Manel (tentando acalmar Mia) – calma!

Por trás da porta…???? Partia-se a rir com os gritos deles! Decide entrar.
????- então? (já com a motosserra desligada mas com ela nos braços) gostaram?

Pedro – mas quem é que o senhor pensa que é para nos pregar um susto destes?!
Velhinho – eu sou o dono da casa! E agora pergunto eu! Quem são vocês seus bandalhos?! (enervado)
Tomás – você é o dono da casa…pois…(embaraçado)
Velhinho – pois, NADA! Fora daqui!
Paula – deixe-nos ficar…só esta noite…está a chover muito!
Rita – sim vá lá, só por esta noite…
Lisa – sim, deixe…
Mia continua cheia de medo e a chorar…
Lisa – Cala-te!
Pedro e Manel - Lisa?!
Isabel – Lisa não sejas assim…
Lisa fica indignada…

Velhinho – o quê? Estão a usar o meu fogão? Digam-me que não estão a fazer as minhas únicas 3 chouriças que vão ter de durar para este mês!!
Gui – ah ah! Acha? (pondo-se a frente da panela) Não seriamos capazes de tal maldade e egoísmo…
Vicky - o senhor deixa-nos ficar? Nós prometemos que nos portamos bem e que é só por esta noite!
Tomás – sim..mas primeiro arrume isso, por favor…
Velhinho (rindo-se)- a motosserra?! Sim, vou já arrumá-la (suspira) confesso que também não gosto nada dela, mas dá-me jeito!
Afonso – mas não devia andar por ai com isso …ainda magoa alguém…
Pedro – sempre nos deixa ficar?
Velhinho – que remédio…(senta-se no sofá)ai..também não deve fazer mal ter aqui 12 drogadinhos…espero eu!
Lisa – nós não somos drogados!
Velhinho (pouco se importando) – desculpem…oh engraçadinho, as chouriças vão demorar?! (rindo-se)
Gui – como é que sabia?
Velhinho – tenho nariz, caso não tenhas reparado! Vá, mas despacha lá isso!
Gui – é para já! (sorrindo)
Velhinho – e como é que tiveram coragem de entrar na minha casa?!
Lisa – não tínhamos outra opção!!
Velhinho (rindo-se) - ah, pois!!! Só podia!
Vicky - desculpe perguntar...mas o senhor vai dormir naquela cama?
Velhinho (zangado) – vocês foram ao meu quarto?
Lisa – foi por engano…
Velhinho – é, foi por engano!! (grita) É CLARO QUE VOU DORMIR NA CAMA! ELA É MINHA!
Lisa – tenha calma...nós já percebemos…
Velhinho – e quem é que está aí a chorar?! Já me estou a passar dos carretes!
Manel - desculpe…mas ela não tem andado muito bem…
Velhinho – eu também tenho andado mal dos ouvidos e essa chorona não pára de chorar!
Pedro – ela já se vai acalmar…Mia vá lá…(chegando-se perto de Mia e Manel que a estava a acalmar)
Mia – eu já não aguento isto! Eu não quero ser assim!
Paula – mas o que se passa?
Vicky – Mia estás a deixar-me preocupada!
Pedro – Mia tem calma! As coisas vão se resolver!
Manel – pois Mia (beijando-a na testa)
Lisa senta-se no sofá chateada.
Afonso – ( diz ao ouvido de Isabel) – aquilo que estas a fazer tem a ver com aquilo da praxe?
Isabel – pressinto que a Mia não esta nada bem…e só quis ajudar…
Afonso – fizeste muito bem…assim ela não se sente sozinha… ( abraça Isabel, pois esta tinha algumas lágrimas que lhe estavam a cair e tenta acalma-la, apesar de ser tudo a fingir)

Gui – pronto! Quer dizer...prontas! As chouriças já estão prontas!
Pedro – Boa! Vamos comer, pessoal!
Velhinho – primeiro eu! Tenho de comer mais!
Gui – mas veja lá que eu também as fiz..mereço um pedaço extra!

Sentaram-se todos nos sofá a comer, o velhinho contava momentos da sua infância e de um amor quase proibido com a vizinha de 2km! Aquela a qual o Gui lhe chamou avozinha, lembram-se?
Velhinho – bem, já se está a fazer tarde! Vou dormir…(goza) na caminha!!
Tomás – então, boa noite…
Velhinho – ah, já me esquecia…há aqui algum casal de namorados? Se houver ponha o dedo no ar, se faz favor…
Todos metem o dedo no ar, o velhinho fica chocado!
Velhinho – ouçam lá! Eu não quero aqui beijinhos, nem “curtes”, nem outras coisas porcas ouviram?
Todos – sim!
Velhinho (dirigindo-se para o seu quarto sempre sem se virar para trás) – não me acabem como Whisky todo, às vezes sabe bem bebê-lo! (sorri)

Pedro – esteja descansado!
Gui – este velho repara em tudo!
Tomás – tudo mesmo!
Pedro – vá, e se fossemos brindar!
Lisa – sim, brindem à Mia!
Pedro – ann?
Mia – o que queres dizer?!
Lisa – então, loira! Tens os rapazes todos atrás de ti!! Deve ser um recorde, não?! Por isso vamos festejá-lo!
Pedro percebe tudo…
Mia – olha, selvagem! Rapazes, eu sempre tive atrás de mim, mas agora estou com o Manel, o MEU Manel! Tens algum problema, é?
Lisa – o meu problema és tu! Tens sempre tudo o que queres! És uma miúda mimada e fútil!
Tomás –mas estão a falar de quê?
Gui (dando uma chapada no braço de Tomás) – xiiiu! Deixa ouvir!
Manel – Lisa, pára! Isto não nos vai levar a lado nenhum!
Vicky – Lisa…a Mia tem andado estranha…não fales assim com ela!
Lisa – e eu é que sou a má da fita? Olhem fiquem lá com a vossa menina que eu já não vos chateio mais!
Mia – sim, isso! Mas vai para bem longe! Assim para Vila Nova! Selvagem!
Pedro – mia! Vocês as duas tem de parar com estas parvoíces! E Lisa, tu não vais a lado nenhum! Porque é que não podemos, por uma vez na vida, estar todos juntos sem discutir?!
Manel – eu vou preparar-te um calmante, Mia…( diz baixinho para ninguém ouvir)
Mia – não me tratem como uma doente! Eu tenho estado mal, é verdade! Mas não suporto que me tratem assim!

No quarto do velhinho:

Velhinho – mas que raio! Os miúdos nem beber calados sabem?!(grita para eles) POUCO BARULHO! HÁ GENTE QUE QUER DORMIR E ESSA GENTE SOU EU, UM HOMEM DE IDADE!

Na sala:

Pedro – vêem é melhor calarmo-nos…vamos divertir-nos!
Lisa – esquece, quero dormir!
Mia – eu também, estou cansada. ( o efeito do calmante começou a fazer efeito)
Gui – nem pensem! Eu fiz o jantar duas vezes, preciso de me divertir!
Tomás – eu também quero diversão!
Paula – e eu quero…dormir!
Vicky – é, eu também quero dormir.

Infelizmente…Pedro, Tomás e Gui não poderam festejar como queriam…para além que Pedro já nem estava com muita vontade…no sofá dormiu Mia e o resto dormiu tudo no chão e espalhados pela sala…estavam mesmo todos a dormir…menos Manel e Pedro que estavam sentados na mesa a conversarem:

Manel – por causa disto da Mia…estás a estragar a tua relação com a Lisa…
Pedro – eu tenho a certeza que se ela soubesse iria compreender…
Manel – mas não sabe…
Pedro – pois…
Manel – eu estive a pensar…e se tu quiseres podes contar-lhe…é o mínimo que posso fazer.
Pedro – não vai ser preciso Manel, eu vou falar com ela e digo-lhe que a Mia está com problemas, ela vai compreender!
Manel – estamos a falar da Lisa, Pedro!
Pedro – acredita que ela ainda te vai surpreender! Se ela souber que a Mia está com problemas…mesmo que não se dê bem com ela, vai compreender!
Manel – Gostas mesmo dela! O teu brilho nos olhos não engana ninguém!
Pedro – eu sei! Ela é tudo para mim! (sorri) (pausa e mais sério) Como está a Mia?
Manel – se queres que te diga...não sei! Eu acho mesmo que ela está melhorar…mas às vezes…acho que está pior…nunca pensei que aquela maldita praxe fosse prejudicar tanto a Mia! Se pudéssemos voltar a trás no tempo…
Pedro – não podemos voltar atrás no tempo…mas podemos apreciá-lo. Aproveita este tempo para estares com a Mia. Vai-lhe fazer muito bem!

Este dia foi mesmo…como hei-de dizer…altamente! Apesar de tudo, mas de tudo mesmo, os nossos rebeldes divertiram-se muito! Na próxima cena..muitas coisas serão esclarecidas para os nossos universitários. Mas daqui podemos concluir que uma amizade é isto mesmo…Uma passagem seca entre duas gotas de chuva…e o amor?
To Be Continued…

joana costa e filipa trigo


p.s-> temos mais uma cena reservada para vocês Very Happy

185Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 08, 2011 11:16 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 49 - o regresso depois dum fim-de-semana...


Depois de uma noite de chuva, o dia estava radioso , com um sol lindo. Eram 7.00h, Mia já não conseguia dormir virava-se de um lado para o outro, mas sem efeito. Então decide ir ate lá fora. Lisa que se encontrava acordada deu por isso e " é agora ou nunca!" pensou. Mia encontrava-se sentada numa roxa a chorar e olhar para o horizonte.
Lisa - ainda bem que só estamos aqui nós as duas! ( diz muito seria)
Mia limpa as lágrimas e tenta conte-las.
Mia - selvagem... não tens mais nada para fazer , se não chatear-me…
Lisa - tadinha da barbie!!!!!
Mia - selvagem fora de moda, vai chatear outro...
Lisa – pois, mas não tenho mais ninguém...já tu? Chateias todos!
Mia ao ouvir aquilo pensou na noite passada, não conteve as lágrimas começaram a cair-lhe pelo seu belo rosto.
Lisa - olha...olha...a barbie esta a chorar! (goza com Mia)
Mia - LISA...ASSÉRIO...PARA ( diz ao gritos e limpa as lágrimas que teimavam em cair)
Lisa achou estranho...
Lisa - mas passa-se alguma coisa? Porque choras tu barbie?
Mia - SIM...PASSA-SE!!! ( diz ao berros e as lágrimas mais uma vez caiem sem parar)
Lisa – Mia, pronto acalma-te vá lá...( aproxima-se dela e num acto de preocupação abraça-a ,mas logo se afasta.)
Mia - posso confiar em ti?
Lisa – sim, mas vá tem calma...
Mia acabou por contar o que se passava e Lisa agora percebe a atitude de Pedro de Manel e de Mia.
Lisa - vais ver que consegues, ultrapassar esta coisa.
Mia – já não aguento mais...( tornam a cair as lágrimas pela cara abaixo)
Lisa - mas tu consegues vais ver...va limpa la isso e vamos para dentro.

Dentro de casa, Pedro e Manel acham estranho não verem Lisa e Mia, mas passado alguns minutos elas as duas entram e vinham na conversa.
Manel - estarei a ver bem?
Pedro – sim, mas é estranho...
Manel olha mais uma vez, aproxima-se de Mia e repara que ela esteve a chorar tinhas os olhos vermelhos...
Manel – mor, estiveste a chorar...passa-se alguma coisa? (abraça-a com força)
Lisa – sim, Manel, mas isso já passou não foi Mia...?
Mia – sim, mas ninguém pode saber...tá?
Lisa - sim fica descansada... ( esboça-lhe um sorriso)

Pedro puxa Lisa beija-a …
Pedro - já percebeste..porque de ontem?
Lisa - sim...( beija-a)

Manel e Mia afastam-se, Mia puxa-o até a porta e saem os dois.

Na rua:

Mia - mor vamos dar um volta...
Manel - hmhm...claro ( beija-a com um beijo de cortar a respiração)
Lisa - Pedrocas embora dar um giro?
Pedro- hmhm...como é que eu resisto a esse olhar claro que sim!
Cada casal decide aproveitar o dia como bem queria.

Num sitio calmo, encontram-se somente Mia e Manel sentados na relva.
Manel - tens noção que contaste a Lisa?
Mia – sim, mas acho que podemos confiar nela!
Manel - claro que sim...( beijam-se com um beijo ofegante)
Ficam a namorar algum tempo onde também brincavam um com outro. Mia estava calma, mas super cansada o calmante é mesmo forte.
Manel - amo-te tanto princesa?
Mia -eu também ! (beija-o com um longo beijo e de cortar a respiração)

Noutra zona do Algarve encontram-se Lisa e Pedro…
Lisa - mor podias ter contado...
Pedro - o Manel, ele pediu descrição ...
Lisa – hmhm, mas coitada, até dá pena...
Pedro – pois, mas tu ontem também não ajudaste nada, ela teve de tomar um calmante...
Lisa – xiii, mas eu não sabia...( beija-o com um beijo onde se demonstrava todo o amor de eles os dois)

Já se fazia tarde, foram até ao acampamento como combinado buscar as coisas e voltam para a república. Todos de vão de táxi, menos lisa e Pedro, como Afonso e Isabel. Desta vez, Tomas e Gui não quiserem ir com eles...cada casal foi num táxi...
Mia estava cansada ainda estava sobre o efeito de calmante adormeceu encostada a Manel.Quando chegam a república, Manel pega nela ao colo com muito cuidado para não a acordar e vai para o quarto dele que agora era dos dois, mas sem a Gomes saber pois tiverem sorte por a recepção estava vazia.

no quarto M&M:

tuc...tcu...
Manel -sim
Pedro - ( entra sem fazer barulho ) - ainda está a dormir?
Manel – sim, mas ela já não dormia assim a muito tempo. Acordava a meio da noite, com medo...
Pedro - deve ser efeito ainda do calmante, não disseste que isso era forte...
Manel- pois, mas só deve ser tomado em emergência ...
Pedro - ontem foi um caso, vai comer que eu fico aqui com ela...
Manel -por acaso já comiam mas e a Lisa?
Pedro - ela já sabe não te preocupes...

Manel foi a correr para cantina, ao descer as escadas empurra Carlota e esta desequilibrar-se e cai, mas Manel não deu por isso, não podia demorar muito...
Carlota - estúpido...ao menos pedias desculpa...( diz irritada)
mas ele nem a ouviu, ou se ouviu fez de conta de que não era com ele que ela estava a falar, simplesmente ignorou-a.

Como será que correrá a noite?
E o dia de amanha? Será que vão ter algumas surpresas?
E os novos amigos dos nossos rebeldes serão para ficar?? Parece que alguém compreende muito bem o que se está a passar com Mia? Isabel será alguma vez passou pelo que Mia está a passar?? Parece que sim?? Ou que não??
continua

Filipa trigo e Joana costa

p-s->não percam amanha sem falta a cena numero 50...e é verdade já atingimos amanha a cena numero 50... que será que vos esta reservado!! não percam a próxima cena que nos também não

186Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Out 09, 2011 7:46 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 50 - as malditas praxes voltaram... parte 1

Manel comeu a correr e subiu, mas passou mais uma vez por Carlota mas desta vez não empurrou, entra no quarto, Mia estava a ter talvez mais uma vez um pesadelo mexia-se muitas vezes, parecia que estava a travar uma luta.
Pedro - tem calma...pode não ser o que estas a ai a pensar...já foram a um psicólogo?
Manel – sim fomos… temos uma para sexta, mas o medico ligou e disse que era manha, mas a Mia não quer lá voltar…
Pedro - mas é melhor...para ela...
Mia estava a reviver o dia do acidente mais o fim de semana especialmente o dia da noite com o moto serra...
Manel – pois, mas ela não quer...
Pedro - fala com ela. É melhor...
Mia – não ...outra vez não!
Manel passa-lhe a sua mão na cara com muito cuidado, mas nem assim consegue acalma-la Nisto tudo, entra Lisa também no quarto.
Lisa – então?
Manel – não me digas nada...
Mia - NAAAAAAAAAOOOOOO!!!! ( acorda sobressaltada e nervosa, Pedro e Lisa afastam-se, Manel aproxima-se)
Manel - princesa foi só um sonho tem calma...
Mia – não ... não consigo ter calma ( começa a chorar)
Lisa aproxima-se de mia
Lisa- pronto Mia foi só um sonho… (pausa) tem calma. Já comeste alguma coisa?
Mia – não, mas também não tenho fome....
Lisa - eu vou buscar-te uma cena para comeres...
Mia – não ... não tenho fome...
Manel – Mia, princesa ... vá lá...( abraça-a e beija-a)

No universidade, no clube de Joana e Francisco:
Francisco - estamos a tanto tempo parados, nunca se viu...
Joana - a culpa é do António e do Luís...
Francisco – pois, mas esses não praxam mais porque a comissão de praxe não deixa...
Joana - e quem se vai juntar a nós?
Francisco - a Vera ( sorriso) e o Ricardo
Joana - boa escolha. Vou mandar- lhes uma sms para virem cá ter...
Francisco – não é preciso...eles devem estar ai a chegar...
Passado alguns minutos eles acabam por aparecer.

Voltando a república das bananas, no quarto de M&M:
Lisa chega e trás um copo de leito e uma torrada, Mia parecia estar calma, mas não parava de chorar...
Pedro - Mia tem calma...
Manel já não sabia o que fazer para ver se ela se acalmava " talvez um calmante não sei"
Lisa – vá Mia come qualquer coisa... ( também ela começou a ficar preocupa, pois nunca tinha visto Mia assim).
Mia – já disse que não tenho fome
Manel - bebe só o leite...( Manel estava muito preocupado)
Mia - mor tenho medo! ( lágrimas escorrem pelo rosto de Mia com muito mais força)
Manel - só cá estamos nós... não tenhas… ( beija-a e abraça-a)

Universidade , no clube :
Ricardo e Vera chegam e sentam-se…
Ricardo – então isso quer dizer que agora fazemos parte...
Francisco - sim e amanha vai haver praxe...( disse com emoção e com um sorriso nos lábios )
passado 5 min entram António e Luís….
Luís - mas afinal o que se passa aqui?
Francisco - bazem daqui...
António - mas que mal te fizemos?
Joana - querem mesmo saber?
Francisco – vocês não podem praxar mais, por isso bazem este clube já não vos pertence.
Luís – NÃO É JUSTO!
Ricardo - fora...!!!!!!
Luís – não me digas que este vão ser os nossos substitutos?
Francisco e Joana – sim, e agora adeusinho.
Luís - nós vamos, mas isto não fica assim..
Na república das bananas, no quarto de M&M
Mia não comeu a torrada e bebeu alguns golos de leite.
Mia – mor, senta-te aqui ao pé de mim...
Manel não responde e senta-se, dá-lhe um beijo na testa.
Lisa e Pedro antes de saírem:
Lisa - vou para o meu quarto qualquer coisa mandem sms
Pedro - comigo igual
Manel – não se preocupem...
Manel encaixa-se em Mia onde ambos acabam por adormecer. Eram 3.00 quando adormeceram, porque Mia não conseguia dormir...
Pedro acaba por ficar no quarto com Lisa, sem a Gomes saber. Ambos esperam não serem apanhados.
Era de manha e na república já se ouviam os nosso rebeldes, foram até a cantina onde todos comem menos mia, que só tocou no leite, mas nem muito bebeu. Manel ficou preocupado porque o seu amor já não comia quase nada desde ontem. Decidem ir para a uni, e acabam por ir em grupo com Rita, Filipe, Afonso e Isabel que estavam prestes a sair. Como os rebeldes estavam também de saída vão em grupo para a universidade.

Assim que entram na universidade Francisco estava a espera deles, mas ele encontrava-se trajado sinal que havia praxe
Mia - não acredito!
Manel - que foi?
Mia - olha para a tua frente, vamos ter praxe...
Manel - tem calma. Vamos ouvir o que ele tem para dizer e se houver vamos e depois vens comigo a um sítio...
Mia – está bem , mas onde vamos?
Manel - ao psicólogo...
Mia – não, não quero
Manel - sim mia é melhor...
Veterano Francisco - caloiros cheguem aqui!
Os nossos rebeldes como os seus novos amigos aproximam-se...
Veterano Francisco - caloiros hoje a partir das 4.00h á frente do lago
Lisa – hmhm...para que?
Veterano Francisco - vamos falar, apresentar dois novos doutores e claro praxe...
Mia - e obrigatório ir?
Veterano Francisco - isso nem se pergunta caloira. Sim é obrigatório porque nós sabemos que vocês acabam as aulas as 3.30, e não se esquecem de avisar os vossos colegas.
Gui - não se preocupe o Gui resolve.
Toca e todos entram e vão para as aulas, durante a aula passou uma folha a informar que havia praxe
Carlota - opa...não quero ir
Henrique - mas e melhor, porque depois é pior...
Carlota - mas não quero...
Henrique - pois...mas e melhor porque já não vamos a muitas, depois vai ser pior...
Beatriz - teremos de ir…não podemos dar nas vistas…Henrique
Henrique - se tem mesmo de ser…vamos lá…
Mia - mor... não quero ir...( disse baixinho ao ouvido de Manel)
Manel - Mia vamos lá. Se depois se não quiseres não vamos mais nenhuma vez...

Será que Mia vai ao psicólogo? E a praxe dos nossos rebeldes??
Quem serão os dois novos doutores?
E Luís e António será que se vão vingar?

continua

joana costa e filipa trigo

187Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Out 09, 2011 7:51 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
quem vai continuar a cena é a filipa, mas como me acabou de dizer que ia comer...contem com continuaçao la pas 22h...
boa noite.

joana costa e filipa trigo

188Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Out 09, 2011 9:04 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 50 - as malditas praxes voltaram- parte 2

As aulas já tinham acabado e como combinado todos os caloiros da turma dos nossos rebeldes encontravam-se no lago a espera dos superiores.

Eram 4 e os superiores aproxima-se, mas quem fala e a Joana...
Joana - caloiros uma fila única. Vá lá, toca despachar...
Francisco - rapazes a frente e raparigas atrás...
Mia não se queria separar de Manel, depois de se terem beijado lá foi...
Joana - mão direita em cima do ombro esquerdo do vosso colega da frente...
Joana - caloiros não olha...olhar para o chão...
Depois de os seguiram foram até ao muro das lamentações...

No muro das lamentações, um pouco longe da vista dos professores e dos outros cursos.
Francisco - bem esta e muro das lamentações
Joana - queremos a vossa companhia...
Francisco - sentem-se por favor...
E assim foi, sentam-se
Joana - se não sabem, mas vão ficar a saber que o António e o Luís foram proibidos de praxar...
Uma barafunda se girou...
Ricardo – caloirada, tudo calado. Aqui só respondem quando um de nos fizer um pergunta
Francisco - ainda não tivemos oportunidade de falar, mas eu lamento aquilo que acontece .no dia da praxe de cantar a frente de uma estátua
Joana - tem corrido bem todos os anos, mas eles foram uns estúpidos...
Mia recordou mais uma vez o dia do acidente e como estava ao pé de Lisa e apertou-lhe a mão com força e Lisa percebeu e retribui...
Francisco - como o António e o Luís não vão praxar apresento-vos o ricardo
Ricardo - boa tarde caloiros!!
Caloiros - boa tarde senhor doutor!!
Francisco - e esta e a vera
Vera - boa tarde caloiros!!
Caloiros - boa tarde senhora doutora!!
Francisco - já algum caloiro tem nome de praxe?
Caloiros - não senhor doutor...
Ricardo - alguém aqui se declara anti-praxe? Quem for e favor de ir embora.
Manel ainda pensou nisso mas seria pior...
Caloiros - não senhor doutor.
Veras - a partir de hoje para a praxes tragam roupa velha estão a perceber caloiros?
Caloiros - sim senhora doutora.
Joana - caloiros de pé, não olha, olhar para chão…
Manel vê as horas já faltava pouco para a consulta de Mia.
Francisco - os caloiros que estiverem presentes no acidente avancem um passo a frente. ( Mia, Lisa, Íris, Paula, Viki, Isabel, Gui, Tomas, Pedro, Manel, Gabriel e Afonso)
Ricardo - tantos!
Joana - Francisco são assim tantos?
Francisco - sim...
Vera- algum dos caloiros que esteve nesse dia não quer ser praxado?
Caloiros - sim/não senhora doutora…
Ricardo - então em que ficamos?
Manel levanta a mão
Ricardo - sim diga?
Manel - ser praxado hoje ou todos os dias?
Ricardo - caloiro pode vir a praxe, mas não é praxado senta-se ali. Já disse não olha, olha para o chão...mais alguma pergunta?
Manel - não senhor doutor ( Manel troca um olhar com mia)
Joana - vou tornar a repetir... algum dos caloiros que esteve nesse dia não quer ser praxado? Quem quiser de um passo em frente
Carlota deu um passo em frente...mas Ricardo - a caloira e surda?
Carlota - não senhor doutor...
Ricardo - então porque e que deu um passo em frente?
Carlota ( olha nos olhos dele) - peço desculpa
Ricardo - caloira não olha. Volte para o lugar e que não se repetia.
Mia e Manel derem um passo em frente.
Francisco - mais algum caloiro?
Caloiros- não senhor doutor
Vera- voltem para os lugares e cada um vem aqui a frente apresenta-se.
Ricardo - os dois caloiros que estavam aqui...tem alguma coisa para fazer?
Mia e Manel - sim senhor doutor...
Joana -então apresentam-se e depois podem ir embora...
Mia e Manel - sim senhora doutora
Mia - olá eu sou a Mia Rossi e vim de Vila Nova
Manel - eu sou o Manel Guerreiro vim de vila nova
Vera - podem ir...mas se quiserem mudar de ideias digam
Mia e Manel - sim senhora doutora.
4 Veteranos - até amanhã caloiros?
Mia e Manel - até amanha senhores doutores...
Ricardo - bem podem continuar...

Mia - mor...tenho medo...de ir lá
Manel- não tenhas eu vou estar contigo...
Mia - ainda bem, mas mesmo assim...
Manel - vá tem calma (beija-a)

Voltando ao muro das lamentações:
Ricardo - então vamos fazer uma brincadeira...
Os 4 soltam uma gargalhada
Joana - quero sete caloiros...tem 5 minutos para escolherem...
Os 5 minutos passaram e ninguém se ofereceu...
Vera- suas bestas! vocês ao surdos?
Caloiros- não senhora doutora
Francisco - e onde estão os 7 caloiros...
Ricardo - esquece já escolhi ( Lisa, Rita, Íris, Isabel, Henrique e carlota) rápido caloiros...um triângulo já...

A porta do consultório:
Mia - Manel
Manel - sim?
Mia - dá-me um beijo...
Manel - hmhm...( beijam-se com um beijo com força e era um beijo que parecia que seria o ultimo deles. Mia ganhou coragem e entrou)

Voltando ao muro das lamentações:
Francisco - preciso de dois caloiros voluntário?
Caloiros – eu… eu… eu ...( todos ao pulos)
Os caloiros voluntários foram o Pedro e o Filipe.
Joana – não sei se reparam mas vocês do triângulo são os mecos...
Vera- e vocês os dois as bolas...
Gargalha geral perante os caloiros e os superiores.
Ricardo - o resto dos caloiros sentados sem rir e nem falar.
Caloiros restantes - sim senhor doutor.

Dá pá rir ou não? Para quem não está a perceber, os nossos rebeldes e vampiros estão a ser praxados, mas vai ser um jogo bowling já ouviram falar? Pronto o triângulo são os mecos e o Pedro e Filipe são as bolas.
No consultório:
Mia e Manel ficam a espera e houve-se uma voz.
Voz - menina Mia Rossi...
Manel – princesa vamos...
Mais uma vez Mia tinha a pernas fixas no chão, deve ser dos nervos, mas depois lá consegui e entram.

Voltando no muro das lamentações:
Ricardo e Francisco tinham falado com Pedro e Flipei. Será que vai haver alguma surpresa.
Ricardo ( girando Filipe a volta uma vez duas vez três vez e Filipe lá vai) - GRANADA!!!.
Nenhum dos caloiros estava a espera só 3 é que se deitaram no chão.
Vera - mas vocês não ouviram?
Caloiros do triângulo - sim senhora doutora!!
Vera- então porque não cumpriram...sabem o que é granada ou não?
Ninguém dos caloiros respondeu, então foram até ao outros.
Tomas - quando um dos senhores doutores gritar granada os caloiros tem que se deitar ao chão.
Vera - muito bem caloiro!

No consultório:
Médico Pedro - boa tarde, sentem-se por favor...
Mia e Manel sentam-se.
Médico Pedro - então como correu o fim-de-semana?
Mia não respondeu.
Manel - se n fosse a chuva tira corrido bem...
Médico Pedro - menina mia...tenha calma.. . eu só a quero ajudar...

Voltando ao muro das lamentações:
Era vez do Pedro
Francisco (roda-o uma duas, três vez e ele lá vai) GRANADA!!!
Desta vez os caloiros caíram todos para o chão.
Risada mais uma vez geral
Joana - muito bem podem voltar para os vossos lugares.
Vera - antes de irmos embora amanhã a mesma hora á praxe...
Ricardo - avisem os vossos amigos...se eles quiserem podem vir...
Francisco - já percebemos que algo não esta bem…com os vossos colegas, mas …
Joana – (interrompe) - não queremos aqui pessoas contrariadas…
Ricardo - vá mas antes a despedida...
Caloiros - obrigado excelentíssimos doutores pela praxe que nos foi concedida! ( gritam)
Ricardo - não ouvimos bem! ( ri-se)
Caloiros - obrigado excelentíssimos doutores pela praxe que nos foi concedida! ( gritam)
Francisco - agora esta bem podem ir
Foram embora para a república.

No psicólogo:

Mia não parava de chorar, estava muito nervosa...
Médico Pedro - pare de chorar...tenha calma...
Manel – princesa tem calma. Ela não queria vir, eu e que insiste. Peço desculpa.
Médico Pedro - fez bem, porque a menina está mal...
Mia - parem de falar de mim como eu não estivesse aqui...
Médico Pedro - vá tenha calma quer um copo de água? Para se acalmar
Mia -se possível
Médico Pedro - vá pronto tenha calma, quando quiser pode contar-me como foi o seu fim-de-semana.

Na república:
Lisa - já viste, as praxes voltaram
Pedro - mas eles foram compreensíveis...
Lisa - ainda bem...
Pedro - e como estará a correr as coisas com Mia?
Lisa - ainda bem que eles os dois não vão as praxes...
Pedro - mas hoje até foi fixe
Lisa - nisso podes querer (os dois riem-se e acabam por beijar-se) vou tomar banho...já venho...
Pedro - queres companhia?
Lisa - e melhor não se a Gomes nos apanha...( beijam-se mais uma vez com um beijo de cortar a respiração...)

No psicólogo:
Manel – mor, já tas mais calma? ( pergunta olhando profundamente para os olhos azuis da sua princesa).
Mia - um pouco.
Manel encosta o seu braço nas costas dela...
Mia - fomos acampar, mas o tempo não ajudou muito ( esboça um pequeno sorriso)
Médico Pedro - então divertiu-se?
Mia - ao princípio pensava que me ia divertir, mas depois...
Médico Pedro - então?
Mia - com a chuva subimos a montanha e fomos para um casa que aparentemente estava sem ninguém ,mas depois... (pausa) apareceu lá um velho e foi ai, eu pensei que fosse morre...( inevitável as lágrimas começam a cair)
Médico Pedro - mas isso não vai acontecer, mas continue...
Mia - depois não consegui para de chorar...e por causa disso, os meus amigos tiveram a noite estragada...
Manel- não foi por tua culpa, foi por culpa do velho Mia...
Médico Pedro - e então, mas consegui acalmar-se não?
Mia não responde limpa as lágrimas
Manel- só se acalmou depois de tomar um calmante e teve o domingo todo sobre o efeito do mesmo
Médico Pedro – sim, mas não se pode habituar a isso, só em caso urgentíssimo!
Manel - mas foi um deles doutor. Há só uma coisa que me preocupa?
Médico Pedro - diga!
Manel - a Mia não tem tido apetite!
Médico Pedro - menina Mia, tem de fazer um esforço...
Mia – não tenho tido fome, só tenho tido vontade de fugi daqui...
Médico Pedro - mas não pode deixar de comer, não vá por ai. Tem de fazer um esforço...
Mia - mas não tenho tido apetite...
Médico Pedro - faça um esforço, ou quer ir para a um hospital?
Manel – não, ela vai fazer um esforço não é princesa?
Mia - eu não prometo nada mas vou tentar...
Médico Pedro - vá a menina agora tem de ter muita calma, e vai ver que vai conseguir levar uma vida normal, mas não se pode e enervar...
Mia - já n aguento mais... ( as lágrimas voltaram a cair)
Médico Pedro - com a minha ajuda e das pessoas que gostem de si, vai ver que sim. Aos poucos e poucos, tudo vai voltar ao normal...
Manel - acredita nisso mor...
Médico Pedro - só a quero ver sexta a mesma hora e qualquer coisa já sabe...onde me encontrar...
Manel – muito obrigado...
Médico Pedro - se precisar tome um calmante para dormir melhor, mas só se for preciso...
Manel - ok...
Médico Pedro - mas também pode tomar um chá de camomila também acalma, vá então até sexta
Manel - ok...
Saem do consultório
Manel - princesa para onde queres ir?
Mia - tudo menos para república por favor...
Manel - queres ir até a praia?
Mia – sim, mas podemos ficar por lá ?
Manel – sim, só tenho de ir a república buscar um casaco para mim e para ti
Mia – sim, mas não demores...(beija-o)

E foram até a república, Pedro e Lisa estavam a espera deles, mas Manel entra sozinho e não fala com ninguém, vai até ao quarto e até a cozinha e sai.

Na república das bananas:
Lisa - percebeste o que se passou?
Pedro – não, mas eles não devem vir ca dormir. Ele saiu com uma mochila…
Lisa- como terá corrido?
Pedro - não sei, mas ele não vem porque a Mia não deve querer aparecer, assim é melhor para ela.
Lisa – pois, tens razão. (rouba-lhe um beijo)

Num sitio longe de tudo e de todos, na praia encontra-se Mia e Manel:
Manel - pronto chegamos princesa (sentam-se)
Mia - assim sim, está tudo tão calmo...
Manel – hmhm, acho que sei a que te referes...
Mia - a nada...mas eu...( não acabou de responder, Manel beijou-a com o beijo que a deixou louca)

Como correra a noite? Longe de tudo e de todos?
Por onde andaram Henrique e Beatriz??
E Afonso e Isabel? E Rita e Filipe será um que vai durar tudo isto?? Depois de saber que Afonso e vampiro, algo mudará neles dois??

continua

Filipa Trigo e Joana Costa

189Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Out 09, 2011 9:51 pm

Pedro Conde Drákula

avatar
Adminstração
Continuem está muito fixe!


_________________
Sou a favor da campanha: Deixa o teu comentário na história
É verdade! Já repararam com certeza que este site é constituído por Histórias venho assim dizer que o vosso comentario é extremamente importante, pois motiva o escritor a escrever mais e melhor!

Nem que seja um simples continua

Pensem nisso!
http://lua-vermelha.forumotion.com/

190Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 8:20 pm

daniela

avatar
Looking around
olá gosto muito das historias e estou curiosa para ver o resto Very Happy
ASS:Daniela

191Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 8:34 pm

daniela

avatar
Looking around
Olá eu sou a Daniela e sou nova aqui como elemento mas já cá tinha vindo antes flower

192Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 9:45 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Pedro Conde Drákula escreveu:Continuem está muito fixe!

caro administrador,
continuação já seguir...
cumprimentos,
joana costa e filipa trigp

193Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 9:47 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
daniela escreveu:olá gosto muito das historias e estou curiosa para ver o resto Very Happy
ASS:Daniela

muito boa noite caro leitor,
ainda bem que estas a ler a nossa historia...uhuh
continuação já a seguir...e esperemos que gostes!!
cumprimentos,
joana costa e filipa trigo

194Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 9:49 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
daniela escreveu:Olá eu sou a Daniela e sou nova aqui como elemento mas já cá tinha vindo antes flower

boa noite,
ola eu a filipa damos-te as boas vindas ao fórum e a nossa historia...Very Happy
esperemos que continues a ler e a gostar!!
continuação já já já!!!
cumprimentos,
joana costa e filipa trigo

195Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 10:51 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 51 - 2 casais...2 momentos nossos … ( dedicado aos nossos rebeldes: L&P e M&M)

Na recepção da república Pedro esperava por Lisa.
Passado algum tempo, Pedro e Lisa estavam sentados no banco…
Pedro - como esta a ficar tarde podíamos sair, jantar e ver um filme…
Lisa – a ideia de irmos sair, agrada-me!! (faz um sorriso) apetece-me ir andar nos carrinhos de choque!
Pedro – que grande maluca!! Tens a noção que eu vou-te ganhar?! (picando-a)
Lisa – ai é?! Então veremos!!
Pedro (levanta-se e estende-lhe a mão) – vamos?
Lisa (sorrindo e levantando-se) – sim! (beijam-se) Depois da tua derrota, falamos! (pisca-lhe o olho)
Pedro (pensando) «adoro esta miúda!! (sorri) Mas tenho de mostrar a fibra de um Silva Lobo!!

Num sítio calmo, longe de tudo, na praia:
Mia e Manel aproveitaram que o sol se estava a por e foram dar um passeio a beira-mar, a praia era só deles...
Longe de Mia e Manel, na república:
Carlota – não deste conta de nada hoje na praxe?
Henrique - o quê? Só sei sujei as minhas calças preferidas… (faz uma cara estranha ao olhar para as suas belas calças)
Carlota – naquilo, é normal, para a próxima já sabes...
Henrique - mas o que é que tu deste conta?
Carlota - a Mia e Manel foram os únicos...
Henrique - fizerem foi bem
Carlota – não, ali há mais alguma coisa
Henrique - tipo o quê?
Carlota - viste a rapidez com que eles fizeram as pazes. E agora a cena de ela andar estranha e tal. Ela não foi dormir a esquadra ela saiu daqui a chorar…
Henrique - lá tas tu a fazer um filme...
Carlota - se quiseres não acredites, mas eu vou descobrir...
Henrique - as vezes não te entendo, mas tu é que sabes…
Carlota - aqui a gato, e eu vou descobrir
Henrique - faz como quiseres, mas eu vou comer
Henrique bazou e Carlota depois de algum tempo sozinha foi ter com ele a cantina

Na cantina estavam todos animados em especial o Gui...
Gui - hoje ninguém fica com a minha comida!!
Todos se riem.

Já era de noite, Pedro e Lisa estavam cansados, tinham passado o dia inteiro num parque de diversões! Nos carrinhos de choque, na montanha russa, enfim!
Pedro - estou cheio de fome!
Lisa - eu também, vamos comer?
Pedro - pois...e onde?
Lisa - não sei, mas quero comer! ( sorri)
Pedro ( dirigindo-se para o carro ) - vamos lá alimentar-te antes que me comas vivo!!
Lisa - Olha, até parece! Vê-la se tu também não estás esfomeado?! ( dirigindo-se para o carro também )
Pedro - estou...mas pelo menos controlo-me. ( gozando )
Lisa - olha, arranca lá o caruncho que eu quero comer!
Pedro ( perplexo a olhar para Lisa ) - desculpa?! O que é que chamaste ao meu carro?!
Lisa ( rindo-se ) - parece que encontrei o milésimo ponto fraco do Silva Lobo!!
Pedro - ficas já em terra!
Lisa - não eras capaz!!
Pedro - pois não...mas pelo menos não mal trates o meu carro, carro não caruncho!
Lisa - sim, sim!! ( beijando-o )
Pedro - adoro-te, Lisa!
Lisa - eu também! Mas agora arranca lá o ( pausa )...carro!
Pedro - ah, bom! ( sorrindo )

Na praia:
Já tinha anoitecido, Mia e Manel estavam sentados a olhar para o mar que reflectia as estrelas na água.
Mia - e tão bom estar aqui contigo...
Manel - sim é bom...
Não resistem e beijam-se com um beijo prolongado, ambos param e olham-se e não resistem e tornam-se a beijar uma e outra e outra vez, Manel começa avançar e Mia não resiste e também avança. Manel lentamente começa a subir a camisola dela e acaba por tira-la,
Mia por sua vez encontrava-se agora em cima dele e tira-lhe o sinto e num movimento rápido tira-lhe a t-shirt ambos não param de se beijaram ambos não queriam para e acabam por fazer amor onde mais uma vez eles foram um do outro.

Os dois seguiram no carro e pararam num McDrive:
Empregada ( sorrindo ) - Boa Noite! O que vão pedir?
Pedro - podem ser 2 big mac's, se faz favor!
Empregada - ora essa, não é favor nenhum ( piscando-lhe o olho )
Lisa - ouça lá, as hambúrgueres são para hoje!
Empregada - sim, sim! ( retirou-se por uns momentos )
Lisa - que lata!
Pedro - tu sabes como é!
Lisa ( dando-lhe uma chapada no ombro ) - e tu todo contente, não é?!
Pedro - claro que não! tenho te a ti, não preciso de hamburgueiras!!
Empregada ( chega nesse momento ) aqui está! ( entregando de forma provocadora a Pedro )
Pedro ( dando o dinheiro ) - Obrigado!
Lisa - chau! ( lançando olhares provocadores à empregada )
Empregada - mas ainda falta o troco!
Pedro arranca nesse momento e Lisa ainda lhe consegue dizer:
Lisa - meta-o num sitio que eu cá sei!!
Pedro - Lisa?!
Lisa ( sorri ) - desculpa, não resisti!!
Pedro ( rindo também ) - tu és de mais!
Lisa - onde pensas levar-me para comer?
Pedro - eu cá tenho uma ideia!!

Na praia:
Mia encontrava-se deitada com a cabeça em cima do peito de Manel.
Manel fazia festinhas cuidadosas.
Mia - mor...podemos ficar...
Manel - se te faz ficar bem sim...
Manel e Mia vestem-se e Manel levanta-se e vai buscar a mochila

15 minutos mais tarde, chegaram...Pedro tinha levado Lisa a um monte onde se via o Algarve...o mar...as luzes....as estrelas! Era um sítio lindo!
Lisa - tu já conhecias isto?
Pedro - lembro-me de vir cá uma vez, com o meu pai...( suspiro ) foi uma seca, mas vendo bem valeu a pena!
Lisa - valeu mesmo! Isto é mesmo lindo!
Os dois ficam dentro do carro, observando as estrelas, visto que o carro era descapotado. Pedro ligou o rádio e passava a música Feels Like Tonight!! Mesmo após tantos anos do lançamento dessa música, ela ainda passava na rádio! Pedro e Lisa trocaram olhares.
Pedro - o nosso passado, estará sempre connosco!
Lisa sorri!
Lisa - Eu Amo-te, Lobito!
Pedro ( sorrindo e pondo a sua mão na face de Lisa ) - Eu Também!
Os dois beijam-se muito apaixonadamente, e fazem aquilo que é suposto um casal fazer!! Acabam por passar a noite lá no carro...bem abraçadinhos!

Na praia:
Manel volta para o pé da sua princesa que se encontrava sentada a olhar para o mar.
Manel abre a mochila e tira de lá duas sandes e dois sumos, Mia virou a cara, mas depois virou-se e fez um esforço para comer. Mesmo fazendo um esforço não comeu muito, mas Manel nem falou nisso, tirou da mochila um mini rádio que procurou um canal que desse música, a noite estava a ficar fria e ambos se abraçam e deitam-se e cobrem-se com uma espécie de cobertor. Ficam assim momentos a olhar para o céu e a ouvir música que era calma...
Mia – Manel, não quero que este momento acabe nunca! ( beija-o)
Manel - amanha e outro dia não penses nisso agora… ( beija-a)
Ficam um tempo a namoriscar e Mia tinha adormecido nos braços dele, com muito cuidado Manel desliga o rádio e pensa " espero que dormas bem princesa" beija-a na testa e passado algum tempo também ele adormece. Mia desta vez dormiu bem será que era por estar longe da universidade? Isso nunca se saberá...
Era de manha o sol já estava posto , Mia e Manel ambos não acordam deixam-se dormir.
Numa zona pertíssima da praia encosta um carro e olha para a praia que ao principio parecia deserta, mas depois olha com mais atenção e vê um casa de pombinhos agarradinhos a dormir " já agora não tinham mais para onde ir dormir ...já vão ver"
Entra no carro e começa a buzinar sem parar e ao mesmo tempo ri-se sem parar, nesse instante Mia acorda.
Mia- AHHHHHHHHHHHHH!!
O estúpido deu conta que os assustou e bazou dali a rir que nem um tolo...
Manel , acorda com os gritos de Mia, esta por sua vez estava super assustada, Manel olha para um lado e para o outro não vê ninguém mas lembra-se de um barulho...
Manel – pronto, já passou princesa…(abraça-a)
Mia - mas deu para me assustar...( inevitável as lágrimas começaram a cair)
Manel " tinha de ser , passou tão bem a noite se eu descubro quem e o dono do carro, mas e melhor não pensar nisso" pensa só para si.
Mia - ( entre lágrimas) - Manel tenho medo ...
Manel - Mia e melhor irmos indo...
Mia – sim, mas não me deixes...
Manel - Mia que pergunta claro que não, mas se não te acalmares vais ter de tomar um calmante
Mia- não Manel...
Manel – sim, ouviste o medico disse, mas vá agora tem lá calma princesa (abraça-a e rouba-lhe um beijinho) queres ir a universidade?
Mia - não sei...
Manel - mas achas que até lá consegues acalmar-te?
Mia - não sei...( as lágrimas tornaram a escorrer) podemos ficar aqui. Esta tudo calmo...
Manel - tens a certeza?
Mia – sim, depois se eu tiver melhor vamos a tarde...
Manel – hmhm esta bem, então ainda e cedo...
Mia - já percebi...também quero...
Deitam-se e ambos encaixam-se e acabam por adormecer...


Será que Mia vai conseguir voltar a dormir ?
E será que a tarde vão a uni?
E Pedro e Lisa será que também vão baldar-se ou não?

continua

joana costa e filipa trigo

196Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 11:12 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
daniela escreveu:Olá eu sou a Daniela e sou nova aqui como elemento mas já cá tinha vindo antes flower

ola,
bem vinda daniela e espero que continues a ler e que gostes do que escreveremos para o resto da historia Very Happy
cumprimentos,
filipa trigo e joana costa

197Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 11:13 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 52 - Nem Tudo Está Perdido...

Hoje era um novo dia na universidade, mas um dia quente, muito quente! O sol brilhava arduamente, o céu estava limpo, nem se avistava uma única nuvem! Enfim, estávamos no Algarve! O dia estava bom para uns e mau para outros os 3 irmãos Azevedos tiveram de ter cuidado com o sol, se não o disfarce deles ia ser descoberto.
Num banco:
Beatriz- queres mesmo ir lá hoje?
Henrique – sem ser ir a universidade tens alguma coisa combinada?
Beatriz – na…vamos lá então…
Onde será que ele irão?

No átrio da uni:
Lisa – estou cheia de calor!!
Mia – eu também, vou para o quarto!
Lisa – ai, Mia! Não te vais meter o resto da tarde no quarto?!
Mia – então vou para onde? Aqui é que não!
Lisa (pegando na sua garrafa de água e virando-a por cima de si, refrescando-se) Aqui é que sim!! (sorri e molha Mia)
Mia ( histérica ) – aaaaaaah! (sentindo-se melhor) Obrigado Lisa, sinto-me melhor…Mas agora tu é que vais ver!! (pega na sua garrafa e molha Mia)
Lisa (sorrindo e a correr) – Pára, Mia!!
Mia – E Viva ás raparigas fashion molhadas!!
Lisa (parando e olhando-a) – tinhas mesmo de usar a palavra “fashion”?!
Mia (rindo-se)- sim!!
Lisa – espera aí…nós estamos divertir-nos juntas?!
Mia – acho que sim…mas eu quero continuar!! (molhando-a novamente)

Na biblioteca da uni:
Carlota (perdida de riso, com um livro na mão) – olha bem para este homem!! A barba quase lhe chega aos joelhos!! (rindo-se novamente)
Henrique – oh…coitado! Se calhar no século passado, era proibido cortar a barba!! (começa a rir-se)

Numa mesa mesmo atrás da deles:
Íris – não tem vergonha nenhuma! A falar assim de escritores importantíssimos para a humanidade!
Gabriel – deixa, deixa! (continuando a ouvir os risos de C&H) Não deixa nada! Eles não podem falar assim das pessoas que ainda por cima, nem vivas estão!!

Carlota – OMG!! E este?! (parte-se a rir) as suas unhas da mão são tão grandes que até se consegue fazer uma auto-estrada!! (inevitavelmente os dois riem-se novamente)
Bibliotecária - Querem fazer o excelentíssimo favor, de se dirigirem à porta da rua e saírem?!
Henrique – não era mais fácil dizer, Saiam?!
Bibliotecária – A minha pessoa, diz o que bem entender! Peço-vos gentilmente que saiam da minha instituição!
Carlota (rindo-se) – isto é uma instituição?! De quê? De bananas?
Bibliotecária (tentando manter a calma) – será preciso voltar a repetir a mensagem? Retirem-se por favor!
Carlota e Henrique saem da biblioteca, rindo-se.
Bibliotecária – Que anómalas! (e volta a sentar-se na sua secretária)
Íris – Muito bem!! Gostei da atitude dela!!
Gabriel – uma verdadeira mulher de coragem! Mas olha lá, este exercício…não percebo…porque é que X tem de ser igual a Y, se Y é igual a este?! Ai…pelos meus cálculos isto teria de ser de outra forma!
Íris – eu já fiz esse exercício, mas posso explicar-to, meu calculuzinho!!

No bar da uni:

Pedro – este calor mata-me!!
Manel – mesmo!! Fogo!! Estou completamente quente!
Gui – devia ser imposto nas unis piscinas!!
Tomás – lá estás tu! Mas este gajo só quer luxo!
Gui – e mulheres! E vejam lá, Um Silva tem de ser bem servido! E não sei se reparam mas eu sou meio da família do Pedro!
Pedro – ann?
Gui – é verdade, meu caro Pedro! Já reparaste que ambos temos Silva, nos apelidos! Ó pá…o que se passou foi que o “Lobo” iria tornar o meu nome muito grande, e então os meus pais decidiram…Guilherme Silva, chega!
Todos se riam com as tangas do Gui!!

No jardim da uni:
Carlota (olhando em volta) – não sei…
Henrique – o quê?
Carlota – O Manel!!
Henrique – ah…sempre vais levar o teu plano para a frente?
Carlota – Não, vou levá-lo para trás! Mas, olha não te preocupes que também te hei-de ajudar a separar a Lisa do Pedro! Mas ainda falta, porque já sabes!
Henrique – sim…Bem, eu vou para o quarto. Boa Sorte!
Carlota (sorridente) –tchau!!Ai, Manel, Manel...onde te meteste?!

No átrio, já cansadas, Lisa e Mia sentam-se no banco, todas molhadas…
Lisa – bem, pelo menos já não tenho tanto calor!
Mia – isso é o bom de tudo! (silencio) Ai (levando as mãos à cabeça) Tenho uma consulta marcada com o psicólogo para daqui a 20 minutos!
Lisa – então, estamos à espera de quê?!
Mia – estamos?! Vens comigo?
Lisa – se quiseres! (sorri)
Mia – claro que quero! (abraçam-se e começam a correr pela uni a fora)

Chegando ao consultório, estafadas!
Secretária – xiiiu, cuidado! (repreendendo-as)
Lisa – desculpe! Nós queríamos saber se a minha amiga ainda vem a tempo para a sua consulta…
Secretária – agora deixe-me só acabar de pintar esta unha e já lhe digo!
Lisa – desculpe, está a gozar?!
Mia – fique sabendo que a minha consulta é bem mais importante do que pintar as unhas…e olhe que para eu dizer isto!!
Lisa – a mim parece-me um milagre!!
Secretária – bem…deixe-me lá ver! Mas se ficar com uma única unha estragada, terão de fazer manicura!
Mia (sorrindo e mexendo no cabelo)- esteja descansada! Eu faço com o maior prazer!
Secretária (ao telefone) – Sim, Doutor…bom é que tem aqui uma cliente chamada…
Mia – Mia Rossi!
Secretária – (…) Mia Rossi, tem consulta marcada para agora, pode entrar? (…) Muito bem! Com licença! (desliga o telefone) Pode Entrar!
Lisa – Obrigado!

Já dentro do consultório…
Médico – Boa Tarde, Mia!
Mia – Boa tarde!
Medico – hoje trouxeste companhia. (sorri) é uma amiga?!
Mia – é mais que isso, é minha irmã! (sorrindo e dando a mão a Lisa)

Os rapazes dirigiam-se para a república…

Pedro – Não me atende o telemóvel, não me responde às sms, mas afinal onde está a Lisa?!
Manel – olha, não sei, mas não acredito que a Mia foi sem mim à consulta, não acredito.
Gui – e eu bem que gostava de saber onde se meteu a Vicky!! É que hoje não a vi o dia todo!
Tomás – vocês são os namorados mais desleixados que conheço!!
Manel – tudo menos isso! Elas é que não nos dão justificações!
Gui – é isso mesmo! E tu estás aí todo charmoso a falar, mas por acaso sabes da Paula?
Tomás – claro que sim! Ela foi às compras com a Vicky!
Gui – ah, então ela foi às compras! Bem, ao menos já estou mais descansado! Quer dizer…falta-me ir dormir (sorri) Estou cheio de sono…
Pedro – Ouve lá, oh, Gui...tu dormes de noite? Estás sempre com sono!
Gui – durmo…mas não o suficiente!
Pedro – nada para ti é suficiente!
Gui – um pão com chouriço, é! E a minha Vicky também!
Manel – devem ser as excepções que fazem a regra! (riem-se todos)

Já era hora de jantar, o pessoal estava todo no refeitório. Mia e Lisa estavam no quarto a trocar de roupa, ainda ninguém sabia que já tinham chegado.

Henrique tinha passado o resto da tarde a ver filmes românticos e dramáticos. Tinha consigo duas fotografias, uma da Lisa e outra da Carlota…Sempre que olhava para a primeira foto, os seus olhos brilhavam que nem o sol…a Lisa era sem duvida uma pessoa muito especial para ele, ainda gostava bastante dela…mas será Amor ou Paixão? Sim, porque sempre que observava a fotografia de Carlota, sentia algo dentro de si, algo inexplicável. Como se fosse um Amor Proibido ou Impossível! O certo era que o seu sentimento por Carlota…nem era bem o sentimento. Por um lado gostava imenso dela, a sua garra, o seu sorriso, os seus cabelos loiros…Mas por outro, ela gostava de outro homem. Era uma mulher calculista, má, fria, insensível…Estava na hora de tomar uma decisão! Carlota, Lisa ou…nenhuma?

Carlota, como não encontrou Manel, meteu-se no quarto. Música bem alta. Estava furiosa com a sua vida. Consigo mesma! Queria o Manel, mas não queria ser essa pessoa que mostrava ser. Estava constantemente a dar murros nas almofadas, largava algumas lágrimas de sofrimento. Sentia-se pobre. Não tinha amigos, era desprezada por todos...Mas porquê? Apenas lutava por aquilo em que acreditava, gostava! Estava disposta a fazer tudo para ficar com Manel, tirar Mia do caminho se fosse preciso! Mas não valeria a pena! Sabia perfeitamente de quem Manel gostava verdadeiramente. E quanto a isso não podia fazer nada. Deitou-se na cama e ficará por uns 30 segundos a olhar para o teto. Virou a cara para a mesinha de cabeceira e impulsivamente abre o telemóvel e começa a ver a imagens. Eram todas…Carlota, Carlota, Carlota e mais Carlota. Não tinha uma única foto com um amigo, parente ou até mesmo desconhecido! Quando chegou à última foto do telemóvel reparou que estava lá ela com Henrique abraçados a comer um gelado e a mostrar a língua. Sorriu. Nem tudo está perdido…
Henrique e Beatriz avistam aquilo que ambos procuravam, ainda estava de pé depois de tantos anos… entretanto uma senhora aproxima-se:
Pessoa anónima – em que posso ajudar?
Henrique – se possível, poderíamos entrar…este sitio traz-nos umas certas recordações de infância.
Beatriz – como o meu irmão diz poderíamos entrar?
Pessoa anónima - sim com todo o gosto, aliás as vossas caras não me são estranhas…mas não assustem as crianças…podem ficar o tempo que quiserem
Henrique e Beatriz – desde já muito obrigado! ( e seguem essa tal pessoa)

Que vão fazer Carlota e Henrique? Que irá acontecer?
E onde e que Henrique e Beatriz foram? De que crianças estavam a falar?

To Be Continued…

198Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Out 15, 2011 11:24 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Pedro Conde Drákula escreveu:Continuem está muito fixe!

ola ola!
continuação já esta escrita, por hoje só são estas, pois temos que alterar umas cenas que escrevemos pois não ficam bem como ta!
espero que continues a gostar da nossas historia e que continues a gostar daquilo que continuaremos a escrever...

Very Happy

cumprimentos,
filipa trigo e joana costa

199Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Out 16, 2011 12:12 am

Pedro Conde Drákula

avatar
Adminstração
Ora, Muito boa noite caras escritoras, agora sim apraz-me e muito a vossa história continuem a postar Smile


_________________
Sou a favor da campanha: Deixa o teu comentário na história
É verdade! Já repararam com certeza que este site é constituído por Histórias venho assim dizer que o vosso comentario é extremamente importante, pois motiva o escritor a escrever mais e melhor!

Nem que seja um simples continua

Pensem nisso!
http://lua-vermelha.forumotion.com/

200Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Out 16, 2011 9:17 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Pedro Conde Drákula escreveu:Ora, Muito boa noite caras escritoras, agora sim apraz-me e muito a vossa história continuem a postar Smile

ola! Very Happy
ainda bem que estas a acompanhar a nossa historia! Very Happy
continuaçao ja a seguir!! Very Happy
esperemos que gostes!

cumprimentos,
joana costa e filipa trigo

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 8 de 11]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum