Um Amor entre dois mundos
Bem Vindo ao Fórum de Vampiros da actualidade!
Inscreva-se e divirta-se!
Foi criado um novo fórum, para a promoção da série da Lua Vermelha, e fomentar a amizade entre os fãs, é uma forma de nós provarmos que existem verdadeiros fãs das novelas nacionais. Esperamos, por vós...
Foi criado um novo fórum, para a promoção da série da Lua Vermelha, e fomentar a amizade entre os fãs, é uma forma de nós provarmos que existem verdadeiros fãs das novelas nacionais. Esperamos, por vós...
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Noção básicas sobre FanFics
Dom Mar 11, 2012 2:05 am por Pedro Conde Drákula

» A Obra Twilights
Dom Fev 26, 2012 3:06 am por Tiffany

» Isabel e Afonso - O espirito universitário
Ter Jan 03, 2012 10:43 pm por c@rl:)s

» Beta Reads
Qui Dez 29, 2011 10:51 pm por Graça Vampira

» RBL& vampiros --»espírito universitário
Qui Dez 29, 2011 1:55 am por c@rl:)s

» Fas De Lua Vermelha Port Chanel's
Seg Dez 26, 2011 3:09 pm por Pedro Conde Drákula

»  Uma historia inventada por mim
Sab Dez 24, 2011 5:13 pm por daniela

» Concurso Contos - Mês Dezembro (Inscrições)
Sab Dez 24, 2011 4:07 pm por Graça Vampira

» Dúvidas? Preciso de ti!
Sex Dez 23, 2011 12:07 pm por Graça Vampira

Chat

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

RBL& vampiros --»espírito universitário

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 11]

101Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 05, 2011 12:46 pm

trankinha


New here!
tou a gostar mt da historia kontinua a escrever
kuando e ke metes mais uma cena?

102Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 05, 2011 9:07 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
trankinha escreveu:tou a gostar mt da historia kontinua a escrever
kuando e ke metes mais uma cena?

ola, boa noite!
eu a joana ficamos muito felizes por saber que ha mais um leitor e que gosta da nossa historia!! Very Happy

quanto a continuaçao se passares mais logo pelo forum ha nova cena!! Very Happy
espero que gostes muito!!

bjs rbl&vampirescos filipa trigo e joana costa

103Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 05, 2011 11:05 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
o que e prometido e devido continuaçao ja a seguir espero que gostem

104Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 05, 2011 11:19 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 22 -Depois da tempestade…a culpa instala-se! Qual será o castigo? ( episódio especial de RBL)
Na uni, António estava debaixo de uma árvore, a chorar…
Francisco (vinha furioso na sua direcção) – IDIOTA! O QUE FOSTE FAZER??(ia lhe dar um murro mas Luís impede-o)
Luís – Tem calma! Não Stresses!
Francisco – Eu sabia que era má ideia deixá-lo sozinho a praxar! Mandar um sapato contra a estátua??? Tu deves ter uma pancada bem boa na tua cabeça!
António – Então o Luís também tem!!
Francisco – O QUÊ?
António – Mas tu achas que no ano passado a estátua rachou por aquele caloiro cantar! Eu e o Luís fazemos isso há 3 anos e…hoje não correu muito bem…
Francisco – Opá…eu nem sei o que vos dizer…ANORMAIS! (Francisco deixa-os e vai-se embora…)
No Hospital:
…………………………………………………………………………………………
Quarto M&M:
Manel tinha ficado muito preocupado com Mia, pois ela era muito fragil e ele tinha medo de perder. Manel mal soube que a podia ir ver começou a correr e quando chegou a porta parou e entrou calmamente porque Mia parecia estar a dormir. Manel aproxima-se e faz.-lhe uma festinha na cara e beija-lhe a testa tudo com muito cuidado para nao acordar, mas Mia acordou e ficou feliz ao ve-lo.
Manel - mor...(beij-a) tas melhor?
Mia - é tao bom ver-te (beija-ao com um beijo longo de cortar a respiraçao) contigo aqui sim.
Manel - tive medo...quando te vi...
Mia nao o deixou acabar pos-lhe o dedo na boca.
Mia - já passou...( beija-o)
Mia olhou para ele e fez um sinal para ele se sentar na cama, para ficar mais perto.
Mia - senta aqui...mor...assim matamos a saudades...
Manel - hmhm ...(beija-a)
Manel senta-se e Mia aproximou-se peito dele, Manel com muito cuidado abraçou-a, era o que queria um abraço dele. Mia acabou por encostar a cabeça dela ao peito de Manel, e ele começou-lhe a fazer festinhas no cabelo, onde ela acabou de adormecer. " deve tar cansada, descansa meu amor" pensou ele
…………………………………………………………………………………………….

Quarto I&G:
Íris – Gabriel? O que estás aqui a fazer?
Gabriel – eu vim ver-te…
Íris – e as aulas?
Gabriel – Alá vai ajudar-me…vou faltar apenas a esta aula de Biologia…
Íris – Promete-me uma coisa, Gabi!
Gabriel – sim, diz…
Íris – promete-me que me vais trazer todos os teus apontamentos!
Gabriel – claro! O que tens aquide baixo da almofada?
Íris – é um livro sobre medicina…pedi emprestado a uma enfermeira….
……………………………………………………………………………………………

Quarto L&P:
Lisa, pensando:
«Odeio isto! Mas será que não pode haver serviço hospitalar na uni? O que é que eu vou fazer aqui? Não tenho nada para me entreter…bom, pelo menos não tenho de ir às aulas…mas o que é que me vale?pelo menos na uni podia tar com o lobito!(sorri)…ai, ai…também não sei porque é que proibiram as visitas! Eu já estou boa…pronto…mais ou menos…Se fosse presidente mudava já isto! Proibir uma pessoa de ver o namorado? Só mesmo aqui…ai…porque é que a estátua tinha logo de cair em cima de m…» (os pensamentos de Lisa são interrompidos, ouve alguem a bater a porta) «devem ser outra vez as chatas das enfermeiras, deixa-me “dormir” antes que seja tarde de mais» (Lisa fecha os olhos para fingir que dorme)
Pedro entra cuidadosamente e repara que Lisa está a “dormir” por isso decide deixar a rosa que trazia consigo na mesinha de cabeçeira, e ao ir embora olhou para trás e pensou:
«Não me posso ir embora sem me despedir decentemente…»
Faz-lhe uma festa no cabelo e beija-a na testa, Lisa tremeu e deduziu logo:
«As enfermeiras não me iam beijar..É O PEDRO!!Lisa abre os olhos, abre os olhos!» Lisa abre os olhos e sorri:
Lisa – Pedro?
Pedro – Desculpa acordar-te…
Lisa – ah, não faz mal eu nem tava propriamente a dormir(sorri)…Agora já permitem as visitas?
Pedro – Sim! Como é que te sentes?
Lisa – Queres mesmo saber? (Pedro aniu com a cabeça em sentido de sim) Então sinto-me sozinha, super aborrecida e a morrer de saudades…tuas! (sorri e Pedro retribui-lhe o sorriso)
Pedro – eu também! Fiquei bue mal quando te vi no no chão debaixo da estátua, nem quis acreditar…
Lisa – olha pelo menos não tenho ido às aulas!
Pedro – Lisa?
Lisa – dá-me um beijo, Pedro…(Pedro sorri e sem pensar duas vezes beija Lisa cheio de paixão, saudades e carinho)
O médico entra:
M.G. – sabem…é por isso que nós deviamos de proibir os namorados visitar as namoradas ao hospital!
Entretanto na uni, um grande aparato junta-se aos portões, joranalistas e policia chegam lá, juntamente com Sérgio Silva Lobo…
O que será que vai acontecer?
e o que aconteceu a Isabel?? Sera que foi desta para melhor???


continua!!!

filipa trigo e joana costa



105Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Ter Set 06, 2011 11:39 am

trankinha


New here!
gostei mt do episodio
espero ke mt em breve ponham
outro Smile

106Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Ter Set 06, 2011 8:00 pm

Tiffany

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Gostei muito deste episódio...
Vê-se todo o amor do Pedro para com a Lisa...
E a Rita, hum?
Esperemos que o Filipe não seja como o Duarte... E que não a faça sofrer ainda mais...
Lol! Já estou a devagar muito, não é?
Acho que sim...
Ah! Acho os MM's tão queridos!
Kdo é que postam?
Next, Next, Next please... Por todo o amor que eu sinto pelo TB Smile


_________________
Abre é importante:
Spoiler:
Sabes que muitas histórias acabam por morrer por falta de comentários não deixes a tua preferida morrer comenta-a

http://JAlvarengaeLisaScott.hi5.com sou fã da Joana Alvarenga, acho-a uma excelente actriz

107Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Ter Set 06, 2011 9:36 pm

Ricardo

avatar
Looking around
Olá Boa Noite...
Ando muito desorientado quase avariado mas sigo em frente Smile
Hoje tive tempo para acabar de ler a vossa história como podem comprovar... Bom eu não sou muito romantico, como a Tiffany, nem sinto nada pelo Tiago, mas suponho que os culpados devem pagar por tudo aquilo que fizeram às vitimas, o Afonso bem que podia transformar alguém...

Ricardo

108Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Ter Set 06, 2011 11:29 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Ricardo escreveu:Olá Boa Noite...
Ando muito desorientado quase avariado mas sigo em frente Smile
Hoje tive tempo para acabar de ler a vossa história como podem comprovar... Bom eu não sou muito romantico, como a Tiffany, nem sinto nada pelo Tiago, mas suponho que os culpados devem pagar por tudo aquilo que fizeram às vitimas, o Afonso bem que podia transformar alguém...

Ricardo


boa noite!!
desde ja agradecemos por seguires a nossa historia...
teras de esperar para ver o que o afonso vai fazer^??
se tens assim tanta curiosidade teras de acompanhar a nossa historia para ver o que ira acontecer!!

filipa trigo e joana costa

109Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Qua Set 07, 2011 11:22 am

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Tiffany escreveu:Gostei muito deste episódio...
Vê-se todo o amor do Pedro para com a Lisa...
E a Rita, hum?
Esperemos que o Filipe não seja como o Duarte... E que não a faça sofrer ainda mais...
Lol! Já estou a devagar muito, não é?
Acho que sim...
Ah! Acho os MM's tão queridos!
Kdo é que postam?
Next, Next, Next please... Por todo o amor que eu sinto pelo TB Smile

ola!!
ontem a fi estava um pouco malukita que nao respondeu a todos os comentarios, desculpa tifanny
hoje talvex postamos a continuaçao fica a espera!!


joana costa e filipa trigo

110Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Qua Set 07, 2011 11:25 am

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
trankinha escreveu:gostei mt do episodio
espero ke mt em breve ponham
outro Smile

ola!!
desculpa mas a fi esqueceu-se de ti ontem, ela estava um pouquinho maluquita...
talvez logo ja esteja uma nova continuaçao Very Happy
passa por ca e logo vez!!

joana costa e filipa trigo

111Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Qua Set 07, 2011 9:57 pm

trankinha


New here!
fikarei a espera ke ponham outro episodio
assim ke o pusereme eu o ler comento
para saerem se gostei ou nao
mas e claro ke vou gostar
de certeza Very Happy

112Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sex Set 09, 2011 11:44 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
continuaçao ja a seguir

113Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sex Set 09, 2011 11:51 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 23 - Culpados, Apanhados! primeira parte
Afonso, ninguém sabia dele…Isabel encontrava-se sozinha no hospital. Rita e filipe estavam longe de toda esta catástrofe como e que reagiram?
Francisco ainda estava furioso com o sucedido e ao sair da republica repara no aparato todo que estava no portão da uni.
Mariana L.D.S. – aquele é o amigo!!
Correm todos para o Francisco:
Jornalista – você estava com o “meio tonho” quando ele atirou o sapato?
Francisco – Não…
Jornalista – Mas conhecia-o?
Francisco – eu conheço a uni toda! Quer o quê?
Nesse momento Sérgio Silva Lobo junta-se a Francisco:
S.S.S.- Onde posso encontrar esse ser?
Francisco – Sr. Presidente, olá!
S.S.S.- Onde?
Francisco – ele está de baixo de uma árvore…aquela lá ao fundo! (diz apontando)
A multidão apressa-se a correr para lá.
Joana – Fizeste bem! Ambos sabemos que ele tem uma pancada na cabeça!
Francisco – pois…(desanimado) eu vou para o clube…temos de acabar de arranjar!
Joana – eu vou contigo!
Entretanto na árvore:
Antónia continuava a chorar e Luís estava a andar de um lado para o outro sempre a mandar calá-lo, sem sucesso…A multidão chega.
Sérgio Silva Lobo – Afinal qual dos dois é o…(vira-se para um dos seus guardas costas que lhe diz o nome) António Couves?
António – eu não sou!
Luís – é ele! António tu tens de pagar pelo que fizeste!
António – aaaaaaaaaaaaaaaaa foi sem querer! (começa a sair-lhe ranhos do nariz)
S.S.S. – É mesmo porco! Levem-no!
António (agarrando-se à árvore como se não houvesse amanha)- Não!! O Luís também é o culpado!
Cavaco Silva chega:
-Onde estão as vítimas? E as câmaras de TV?
Sérgio (sentindo-se orgulhos por ter Cavaco Silva a seu lado) – Olá, senhor presidente da republica! Eu sou o presidente de Vila Nova! Também vim cá dar uma palavra de reconforto às vítimas, que por acaso apanhou o meu filho mais novo.
Cavaco Silva – Sim, muito prazer! As câmaras de TV?
Mariana L.D.S. – Ali!
Cavaco Silva (acelarando o passo)- então vamos lá!
Foram todos atrás de Cavaco Silva e Sérgio aproveitou para ficar a sós com a policia e com Luís e António…
Sérgio – então o Luís também está envolvido?
Luís – não meu senhor…estive nos anos passados!
Sérgio – prendam-nos!
António – nãooooooooooo! Eu votei em si!! Por favor tenha dó!!
Entretanto no hospital:
Afonso acaba de chegar e sem ninguém o ver passa pela recepção e dirigi-se ao quarto de isabel…mas não entra fica a porta, que sera que ele esta a pensar??
a enfermeira k estava de banco dirigiu-se aos kuartos das nossa rebeldes. o 1º foi o da iris.
Enfermeira - va a menina precisa desncasar...volte mais logo!
Iris - vai Gabriel eu fico bem!
Gabriel - oki ( beija-a) e dirige-se para a sala de espera
No quarto da Mia a enfermiera entra...e dirige-se a cama de Mia, ela ja se encontrava acordada.
Enfemeira - va...as visistas acabaram... a menina precisa descansar!
Mia - já.
Enfermeira - sim...mas ele pode vooltar mais logo.
Manel - mor...mais logo venho...agora descansa.
A enfermeia saiu e Mia e Manel despidiram-se com um beijo. Manel dirigui-se para a sala de espera onde já se encontrava a Gabriel.
A mesma enfermeira que foi ao quarto dirigui-se ao da Lisa.Enfermeira tinha dito k as visitas por agr nao mas sim logo.
Lisa - já!
Enfermeira -sim...
Pedro - Princesa eu volto...(pisca-lhe o olho) Fica bem!
Pedro teve de dar um beijo suave nso labios de Lisa pois a enfermeira quase o expulsou.
na sala de espera...

Na esquadra:….


O que será que vai acontecer? Cenas cómicas esperam-se!
e Afonso que sera que ele vai fazer? Levar isabel consigo?

To Be Continued...

joana costa e filipa trigo


114Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Set 10, 2011 7:20 pm

trankinha


New here!
Gostei !!!!

kuando metem outro

tou anciosa

115Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Set 10, 2011 9:27 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
trankinha escreveu:Gostei !!!!

kuando metem outro

tou anciosa

ola, boa noite!!
ainda bem que gostaste Very Happy
continuaçao da cena 23 ta prestes a sair...e quem sabe nao havera um novo episodio para leres Very Happy
fica espera Very Happy
quem sabe !!!

filipa trigo e joana costa

116Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Sab Set 10, 2011 11:56 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
caros leitores,
houve um erro na nossa parte, mas a cena 23 nao tem continuaçao...passa para a cena 24, espero que nos compreendam e que gostem do que estamos a escrever para postar nao tarda muito Very Happy

filipa trigo e joana costa

117Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Set 11, 2011 12:27 am

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Cena 24 – Aparato Total…( o pensamento de Afonso…)
Na esquadra:
Policia – então não era só um sujeito, Major?
Sérgio – pois, mas parece que este individuo também já andava a fazer das suas!
Luís – eu quero um advogado! Quer dizer eu não fiz nada mas tenho de pagar!
Policia – vamos lá a ter respeitinho!
António – O meu grande sonho era ser ajudante de cozinha…e agora vou ter de passar os restos dos meus dias na cadeia!aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah tirem-me daqui! (chora desoladamente)
Sérgio – Alguém importa-se de mandar calar esse bebe!
Policia – é para já! Uma chicotada e cala-se logo!
António cala-se.
Policia – resulta sempre!
Luís – vamos ir presos?
Sérgio – claro oh, lingrinhas!
Policia – O caso foi arrastado para tribunal. O sr.º presidente pôs-vos um processo em cima!! Ah ah ah ah!!
Vão passar esta noite aqui na esquadra e amanha vão a julgamento!
Luís – já?
Policia – sim, quando se trata de pessoas importantes, é na hora! Entendes?!
António – ai, mãezinha, que me vai dar um treco!
Entretanto na Uni:
Cavaco Silva (em frente ás câmaras) – Eu vim aqui dar o meu apoio ás vitimas…e quero dizer que estarei aqui para qualquer eventualidade! E espero sinceramente…
Mariana – O Passos Coelho!
Nesse instante entra Passos Coelho pela uni a dentro e dirige-se para as câmaras, comprimento Cavaco Silva e faz mais um discurso:
Passos Coelho - Vim aqui dizer que me disponibilizo para apoiar os familiares das vitimas e que lamento imenso as suas perdas!
Todos olham espantados para Passos Coelho.
Sócrates – O quê? Estavam a falar de vítimas eu pensei que teriam sido fatais!
Cavaco Silva – E ia eu a dizer que espero sinceramente que…
Passos Coelho – Eu só queria dizer que vou apoiar as vítimas!
Cavaco Silva (tossindo) – Estava eu a dizer…
Passos Coelho – e também me comprometo a pagar os estragos e construir uma nova estátua!
Cavaco Silva – ESPERO SINCERAMENTE QUE OS CULPADOS SEJAM…
Passos Coelho – e a estátua vai ter a minha imagem!
Todos os estudantes (desiludidos) – ooooooooooooh…
Vão se todos embora e Cavaco Silva e Passos Coelho continuam a disputar as câmaras!
No hospital, sala de espera:
Pedro – o meu pai ligou-me e disse que o António e o luís vão passar esta noite na cadeia!
Manel – o luís? O que é que ele tem a ver com isso?
Pedro – acho que ele costumava fazer isso nos anos anteriores!
Manel – canalhas!
Gabriel – então?
Pedro – é verdade, Gabriel!
Gabriel – vocês deveriam de pensar melhor no que dizem!
Médico – Olá!
Gabriel– então tem novidades?
Pedro – para nos terem expulsado daquela maneira dos quartos espero bem que sim…
Manel – ya, a ti também te expulsaram?
Pedro – sim, veio uma enfermeira armada em boa!
Manel – a mim apteceu-me…
Médico e Gabriel – Importam-se?!
Médico – Eu queria contar-vos a novidade, mas vocês não se calam!
Pedro e Manel – Desculpe…
Médico – Eu acho que isto foi um milagre! (todos se riem, dentro de si já sabiam o que ia dizer…ou não)
Médico – De um momento para o outro, não me perguntem como, a Íris Fernandes teve uma melhoria BASTANTE significativa!
Pedro – e as outras?
Médico – estão na mesma…
Manel – ah, ok…
Os dois sentam-se nos bancos tristes.
Gabriel – Alá ajudou-me! Eu sabia!
Medico - desculpem perguntar mas vocês conhecem a Isabel? Te agora ninguém veio perguntar por ela.
Pedro, Manel, Gabriel - sim…mas o Afonso já devia ter vindo…
Medico – te agora não teve visitas…
Gabriel – então mas como e que ela esta?
Medico – não posso informar so mesmo a algum familiar ou amigo próximo…( vou se embora)
Pedro ( olha para Gabriel) – podias ter rezado pela Lisa!
Manel – e pela Mia!
Gabriel – tem de ser vocês! Se quiserem eu ajudo-vos…
Pedro –ah, pois…não sei…mas pronto vamos lá!
Manel – sim! Não custa tentar!
Gabriel – importa-se que rezemos aqui no hospital?
Médico (não sabe bem o que responder) – a..aqui é melhor não…outro sitio…
Gabriel - vamos para a casa de banho!
Os 3 rapazes dirigem-se para lá, Gabriel estende o tapete no chão e os 3 ajoelham-se…
Gabriel –
………………………………………………………………………………………….
Pater Noster
Pater noster qui es in caelis, (Pedro e Manel olham-se, não percebiam nada)
Santificetur nomen tuum.
Adveniat regnum tuum,
Fiat voluntas tua
Sicut in caelo et in terra.(começaram a fazer playbeck)
Panem nostrum quotidianum da nobis hodie.
Et dimitte nobis debita nostra
Sicut et nos dimittimus debitoribus nostris (foi inevitável começaram a rir-se, Gabriel ignora ele sabe que eles não entendiam nada..mas enfim…)
Et ne nos inducas in tentationem
Sed libera nos a malo.

Amen.
…………………………………………………………………………………………….
Gabriel – não me peçam mais para rezar com vocês!
Pedro –meu, desculpa! (rindo-se com Manel)
Manel – tens de dar um desconto…entendes…(rindo-se)
Gabriel – eu vou ver a minha Íris!
Afonso continua a frente do quarto a andar do lado para o outro…te que chegou Beatriz e Henrique.
e contou-lhe o seu plano/pensamento:
…………………………………………………………………………………………
tenho de levar a Isabel daqui, aqui não vao fazer muito por ela, pois eu vi como a estátua caiu… tenho de a levar ao máximo e ver o que ela diz, so não sei como a tirar daqui… vou precisar da vossa ajuda…entram de médicos e levamos daqui a Isabel , ou então temos de trazer aqui o máximo sem que ninguém o veja entram…
conto com vocês para isso……………………………………………………………………………………
Beatriz e Henrique ficam a porta e Afonso decide entrar…
entretanto o medico ve gente a frente do quarto da sua doente e decide ir te la…

Que sera que ele vai dizer Afonso?
sera que o máximo pode ajudar Afonso?
e o plano de Afonso resultara?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
No Dia seguinte, a hora do julgamento aproxiamava-se. Estavam lá todos excepto Mia, Lisa e Isabelque continuavam inernadas…Íris saiu e ia falar em nome das 4…

Como correrá o julgamento?
O que acontecerá a António e a Luís?

To Be Continued...

filipa trigo e joana costa

118Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Set 11, 2011 10:15 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
continuaçao ja a seguir...espero que gostem Very Happy

joana costa e filipa trigo

119Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Set 11, 2011 10:18 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
Cena 25 –O juízo final!
No hospital o medico dirige-se ao quarto de Isabel e falou com Afonso e lhe explicou o que se passava.
Era noite serrada, Henrique e Beatriz conseguiram trazer o máximo te Isabel sem ninguém dar por isso.
Afonso e máximo falam e depois de muito conversarem optam por deixar Isabel a cuidado dos médicos e o melhor a fazer…
Afonso passa a noite com a sua amada…
Era 5.30 da manha Isabel acorda e vê que Afonso estava ao pé dela e fica muito contente afinal sempre veio saber de ela.
Antes do julgamento Manel e Pedro foram ao hospital dar um beijinho as suas respectivas namoradas.
A hora do julgamento estava próxima já lá estavam todos no tribunal…
A porta da sala do julgamento
Gui decidiu contar uma anedota…
...............................................................................................................
Uma professora: - Hoje é o dia mundial das boas acções, portanto, o Joãozinho, o Carlinhos e o Zézinho - que eram os três "melhores" alunos da turma - vão lá fora praticar uma boa acção, e voltam para contar aos colegas o que fizeram, está bem ? Os miúdos lá foram e passado quase uma hora voltaram. - Então Joãozinho, qual foi a boa acção que praticaste? - Eu ajudei uma velhinha a atravessar a rua!
Muito bem, e tu Carlinhos? - Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua! - Ah sim? E tu Zézinho? - Pois ... Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua! - O quê? Os três!?!? Então e demoraram tanto tempo porquê??? - Não havia meio de o raio da velha querer atravessar a rua!...
..............................................................................................................

Entretanto todos ja estavam sentados e se estavam a rir e nem deram conta que juiz já tinha entrado.
Juiz – Por favor…silencio.
Todos se assustaram porque não estavam que o Sr.Juiz fosse pontual.
Todos se sentam e ficam muito atentos, afinal os culpados ia pagar.
Juiz – vamos dar inicio a esta sessão. Estamos reunidos hoje por causa de um incidente. Uma praxe que estes 2 jovens fizerem que vitimaram 11 caloiros.
Os culpados António e Luis tem algo a declarar?
António e Luis – estou inocente.
Juiz – 1º testemunha pode vir?
a primeira testemunha era iris, ela ia em representação das 4.
– sou eu. Disse iris a medo.
o senhor juiz estava a olhar para ela a espera que ela fala-se.
íris - eu..eu tenho mesmo de falar?
juis - sim, por favor!
iris - não sei bem o que dizer...( nervosa ) o que é que costumam dizer?
juiz - normalmente mentem! mas eu quero a verdade!
iris - eu estava com os meus amigos...
juiz - quanto eram?
iris - ( para gabriel ) Ps Ps ( cativando a sua atenção ) quantos eramos?.
gabriel levanta as duas mao fazendo entender 12.
juiz - continue por favor...
iris – estávamos mais ao menos 12 caloiros a cantar e depois terminamos e fomos ter com eles e...
Sr. juiz - com eles quem?
iris pensando “mas isto vai ser sempre assim? que chato”
iris - o pedro, o gui..
juiz - o gui? quem é esse?
iris . guilherme! e o tomas
juiz - muio bem continue
iris -fomos ter com eles e começamos a falar e a rir, uma coisa normal em jovens..
juiz - que idades tem?
iris - eu tenho 19 , e eles tb!
juiz - sim, então são jovens…continue!.
iris - onde é que eu ia?!
juiz - a rir e tal...
iris - ah, sim! estavamos a rir e depois eu só vi um objecto a voar..
juiz - objecto?
iris - sim na altura pensei que era um passaro mas depois vi que era um sapato
juiz - viu a direcção?
iris- não muiito bem
juiz - viu ou não viu?
iris - sim, vi! mas não muito bem!
juiz – continue
iris - e deçpois a estatua caiu!
juiz - só isso?
iris - só isso? mas chegou para eu ir para o hospital!
advogado - calma na se inerve!
iris começa a chorar ou relemrar-se do episodio todo.
As lágrimas que caiam pelo rosto dela era lágrimas de sofrimento pelas amigas e por ela e por todos os que foram vitimas disto.
juiz - esta dispensada! Obrigado.
Entretanto foram testemunhando os outros só faltava o Pedro e o Manel.
As testemunhas principais era o Pedro, Manel e Afonso. Ninguém tinha visto Afonso no tribunal apesar de os seus irmãos estarem presentes.
Beatriz – Henrique sabes do Afonso?
Henrique – calma linda ele já vem… ele vem….
beatriz – se tu o dizes…eu acredito que ele vem então…
Voltando a mesa do juiz
juiz – bem decidi deixar para o fim 3 pessoas que ainda tem as namoradas no hospital. Manel Guerreiro aproxime-se por favor!
Manel – ( levanta-se um pouco nervoso, pois ia ser a primeira vez que ia testemunhar num tribunal) - sou eu.
Juiz - pode contar o que viu…sei que pode custar mas faça um esforço.
Manel – ( relembrando o dia pior da sua vida) - eu estava com os meus amigos...eramos 12 ao todo…
Juiz – muito bem continua
Manel - fomos ter com eles e começamos a falar e a rir, uma coisa normal em jovens.. Estávamos na galhofa até que depois eu só vi um objecto a voar..
Juiz – que objecto era esse?
Manel – um sapato.
Juiz – lembra-se de ver a direcção?
Manel – sim não…(estava a ficar super nervoso, ao recordar tudo que tinha acontecido, algumas lágrimas aparecem nos seus lindos olhos, mas ele fez um esforço para não as deixar cair)
Advogado – vá tenha calma…
Manel - sim, vi! mas não muito bem! E de repente a estatua caiu…
Manel deixou cair algumas lágrimas que tanto conteve porque a Mia tinha sido acertada pela estátua…
Juiz – muito obrigado, pode retirar-se. Aproxime-se Pedro Silva Lobo.
Pedro – sou eu!
Juiz – pode contar tudo que viu e não omita nada.
Pedro – não há muito mais para contar, já aqui foi tudo dito.
Juiz – importa-se de repetir…
Pedro testemunhou e como Manel algumas lágrimas também lhe aparecem nos sus belos olhos.
Juiz – muito obrigado, pode retirar-se. Aproxime-se Afonso Azevedo.
todos olham para a porta e não havia maneira de ele aparecer.
o juiz chamou mais uma vez e a porta a abre-se e entra muito sério pois tinha de ter cuidado para o seu disfarce não ser descoberto.
fizeram-lhe as mesmas perguntas e ele bem no fundo estava triste quando teve de reviver aquilo tudo…mas foi o único que não deixou as lágrimas cair, pois não dava muito jeito como e vampiro as lágrimas seriam de sangue.
a audiência deu por encerrado até decidirem qual será o castigo.
Gui – e sabem qual é o cumulo do…
Juíz – Silêncio! (batendo com o martelo na mesa) Daqui a bocado vou mandar essa matraca para a rua!
Gui (ao ouvido de Vicky) – ele chamou –me matraca?
Vicky – pois parece que sim! Agora cala-te deixa ouvir!
chegou a hora de ouvir os malditos veteranos que causou isto tudo, ao passarem pela corredor Afonso estava com tanta raiva que so queria fazer uma coisa…mas Beatriz e Henrique não deixaram.
Beatriz – controla-te Afonso, por favor controla-te. Eles vão pagar pelo que fizeram.
voltando para a mesa do juiz:
– Vamos agora ouvir o acusado!
Os guardas trazem António para a frente do juiz:
António –hm…olá!
Juiz olha para ele com cara de poucos amigos..
António – quer que eu diga a verdade, não é?
Juiz – sim! Preferia!
António – então já não prefere?
Juiz – mau! Vai falar ou não?!
António – foram momentos muito duros para mim…
Manel – ele deve tar no gozo! Só pode!
Pedro- calma, deixa ouvir…vamos ver até onde vai a estupidez dele!
António – todos me ignoram na uni…você não sabe o que é isso!
Juiz – faça o favor de prosseguir! Ainda tenho de ir almoçar a Peniche!
Todos olham para o juiz espantados:
Juiz – hm..prossiga…
António – eu não sei se o sr. Dr. Juiz sabe, mas sou veterano e tinha sido eu o Luís a ficar a praxar os caloiros e …
Luís – EU? Eu estava com o Chico! Seu anormal!!
Juíz – Respeito! Isso é verdade, António?
António – sim, desculpe eu confundi com o ano passado em que o menino Luís mandou a sabrina da Joana contra a estátua!
Luís – isso não é para aqui chamado Tone!
António – agora já não te convém, não é! Avestruz!!
Juiz (enervado) – SILÊNCIO NA SALA! Isso não é para aqui chamado sr. Couves! Prossiga!
António – eu estava a praxar o pi e..
Gui (levantando-se sentindo-se ofendido)– eu não sou Pi, tosco! Eu sou o Gui!
Juiz – ORDEM NA SALA! O sr. Couves já está a causar muitos problemas! Prossiga!
António – eu estava a praxar o GUI…
Juiz – Praxar? Qual era a praxe?
António – Tinha de cantar à frente de uma estátua, está a perceber?
Juiz – sim, prossiga!
António – estava eu a praxá-lo e não é que o idiota se esquece do hino!
Gui – ouve lá, pá! Idiota és tu!
Juiz – pronto! Vamos voltar ao mesmo! (bate com o martelo) ORDEM NA SALA! E você Guilherme, faça o favor de se calar! Prossiga, jovem!
António – pronto, ele esqueceu-se do hino e depois toda a uni foi ajudá-lo! E isso é contra as leis! Ele é que deveria de estar aqui e toda a gente que o ajudou!
Advogado das vitimas – PROTESTO!
Juiz – esteja caladinho! Eu quero ir almoçar! Se vocês não param com isso, eu suspenso a sessão e vão todos presos! Prossiga, homem!
António – então não era jovem!
Juiz – não me obrigue a dize-lo outra vez!
António – desculpe senhor meritíssimo…(começa a tirar macacos do nariz e a pousá-los na madeira )
Juiz – mas o que é que está a fazer! Olhe passaremos esta parte à frente! Diga porque é que mandou o sapato contra a maldita estatua!
António – porque não gostei de ver aquilo tudo em sintonia e além disso, eu queria ver a cara deles quando a estatua rachasse!
Advogado das vitimas – QUERO FALAR!
Juiz – agora não! A sessão está encerrada!
Nas bancadas ouve-se um grito : E A PENA? E O CASTIGO? FAÇA O FAVOR DE TRABALHAR, SEU INCOMPETENTE!
Juiz – expulsem essa velha intrometida!
Velha – VELHO É O SENHOR! FAÇA MAS É A BARBA E DEPOIS VENHA FALAR COMIGO!
5 minutos depois:
Juiz – já escolhi os castigos! Muito bem, isto serve não só para o António Couves, como para o Luís Gonçalves!
Luís – O quê!? Nãooooo!
Juiz – cale-se! Tenho a minha sogra á espera no restaurante e estou aqui! Quando lá chegar vou ouvir poucas e boas!
Colega do juiz – prossiga, colega! Tenho o meu carro mal estacionado!
Juiz – isso não deve ser um problema tendo em conta o nosso estatuto social!
Colega do juiz – mesmo assim não deixa de ser uma vergonha…prossiga, por favor!
Juiz – bom, vou passar à leitura da sentença!
Analisando todas as testemunhas e concluindo por fim que os culpados, luís Gonçalves e António couves, não deveram sair impunes, decidimos aplicar uma pena exemplar! Que servirá para os dois culpados!
- serão novamente praxados, e a praxe escolhida foi engraxar todos, todos os sapatos que lhes aparecerem à frente, durante um mês seguido! Para isso terão de sair todos os dias do local onde habitam…;
- serão proibidos de praxar, para todo o sempre!;
- terão de fazer visitas guiadas pela universidade do Algarve, durante 1 mês;
- e terão ainda de ser “criados” de todos os caloiros que vitimaram, durante 1 dia, ou seja, 1 dia para cada caloiro!
A sentença é esta, tendo ainda e conta que já passaram uma noite na cadeia. Fim.
António – nãaaaaaaaaao!! Mama!! Mama!!

Será que estes dois cumprirão a sentença? Que mais acontecerá aos nossos rebeldes universitários?

To Be Continued...


joana costa e filipa trigo

120Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Dom Set 11, 2011 10:20 pm

joana costa

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
pedimos desculpa pelo testamento, mas espero que gostem do que escrevemos nesta cena

121Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 12, 2011 7:28 pm

Tiffany

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
joana costa escreveu:Cena 23 - Culpados, Apanhados! primeira parte
Afonso, ninguém sabia dele…Isabel encontrava-se sozinha no hospital. Rita e filipe estavam longe de toda esta catástrofe como e que reagiram?
Francisco ainda estava furioso com o sucedido e ao sair da republica repara no aparato todo que estava no portão da uni.
Mariana L.D.S. – aquele é o amigo!!
Correm todos para o Francisco:
Jornalista – você estava com o “meio tonho” quando ele atirou o sapato?
Francisco – Não…
Jornalista – Mas conhecia-o?
Francisco – eu conheço a uni toda! Quer o quê?
Nesse momento Sérgio Silva Lobo junta-se a Francisco:
S.S.S.- Onde posso encontrar esse ser?
Francisco – Sr. Presidente, olá!
S.S.S.- Onde?
Francisco – ele está de baixo de uma árvore…aquela lá ao fundo! (diz apontando)
A multidão apressa-se a correr para lá.
Joana – Fizeste bem! Ambos sabemos que ele tem uma pancada na cabeça!
Francisco – pois…(desanimado) eu vou para o clube…temos de acabar de arranjar!
Joana – eu vou contigo!
Entretanto na árvore:
Antónia continuava a chorar e Luís estava a andar de um lado para o outro sempre a mandar calá-lo, sem sucesso…A multidão chega.
Sérgio Silva Lobo – Afinal qual dos dois é o…(vira-se para um dos seus guardas costas que lhe diz o nome) António Couves?
António – eu não sou!
Luís – é ele! António tu tens de pagar pelo que fizeste!
António – aaaaaaaaaaaaaaaaa foi sem querer! (começa a sair-lhe ranhos do nariz)
S.S.S. – É mesmo porco! Levem-no!
António (agarrando-se à árvore como se não houvesse amanha)- Não!! O Luís também é o culpado!
Cavaco Silva chega:
-Onde estão as vítimas? E as câmaras de TV?
Sérgio (sentindo-se orgulhos por ter Cavaco Silva a seu lado) – Olá, senhor presidente da republica! Eu sou o presidente de Vila Nova! Também vim cá dar uma palavra de reconforto às vítimas, que por acaso apanhou o meu filho mais novo.
Cavaco Silva – Sim, muito prazer! As câmaras de TV?
Mariana L.D.S. – Ali!
Cavaco Silva (acelarando o passo)- então vamos lá!
Foram todos atrás de Cavaco Silva e Sérgio aproveitou para ficar a sós com a policia e com Luís e António…
Sérgio – então o Luís também está envolvido?
Luís – não meu senhor…estive nos anos passados!
Sérgio – prendam-nos!
António – nãooooooooooo! Eu votei em si!! Por favor tenha dó!!
Entretanto no hospital:
Afonso acaba de chegar e sem ninguém o ver passa pela recepção e dirigi-se ao quarto de isabel…mas não entra fica a porta, que sera que ele esta a pensar??
a enfermeira k estava de banco dirigiu-se aos kuartos das nossa rebeldes. o 1º foi o da iris.
Enfermeira - va a menina precisa desncasar...volte mais logo!
Iris - vai Gabriel eu fico bem!
Gabriel - oki ( beija-a) e dirige-se para a sala de espera
No quarto da Mia a enfermiera entra...e dirige-se a cama de Mia, ela ja se encontrava acordada.
Enfemeira - va...as visistas acabaram... a menina precisa descansar!
Mia - já.
Enfermeira - sim...mas ele pode vooltar mais logo.
Manel - mor...mais logo venho...agora descansa.
A enfermeia saiu e Mia e Manel despidiram-se com um beijo. Manel dirigui-se para a sala de espera onde já se encontrava a Gabriel.
A mesma enfermeira que foi ao quarto dirigui-se ao da Lisa.Enfermeira tinha dito k as visitas por agr nao mas sim logo.
Lisa - já!
Enfermeira -sim...
Pedro - Princesa eu volto...(pisca-lhe o olho) Fica bem!
Pedro teve de dar um beijo suave nso labios de Lisa pois a enfermeira quase o expulsou.
na sala de espera...

Na esquadra:….


O que será que vai acontecer? Cenas cómicas esperam-se!
e Afonso que sera que ele vai fazer? Levar isabel consigo?

To Be Continued...

joana costa e filipa trigo


Olá minha gente Smile
Bom antes demais quero pedir desculpas por não ter comentado mais cedo, mas quando li isto, ontem já era tarde para comentar, além disso tenho andado muito cansada!
Até o Cavaco Silva entra na vossa história?
Vocês ainda não sabem o que me ri, com o António das Couves "agarrado à árvore como se não houvesse amanhã", o que lhe é muito suspeito!
Até Já!
Tiffany


_________________
Abre é importante:
Spoiler:
Sabes que muitas histórias acabam por morrer por falta de comentários não deixes a tua preferida morrer comenta-a

http://JAlvarengaeLisaScott.hi5.com sou fã da Joana Alvarenga, acho-a uma excelente actriz

122Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 12, 2011 7:47 pm

Tiffany

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
filipa trigo escreveu:Cena 24 – Aparato Total…( o pensamento de Afonso…)
Na esquadra:
Policia – então não era só um sujeito, Major?
Sérgio – pois, mas parece que este individuo também já andava a fazer das suas!
Luís – eu quero um advogado! Quer dizer eu não fiz nada mas tenho de pagar!
Policia – vamos lá a ter respeitinho!
António – O meu grande sonho era ser ajudante de cozinha…e agora vou ter de passar os restos dos meus dias na cadeia!aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah tirem-me daqui! (chora desoladamente)
Sérgio – Alguém importa-se de mandar calar esse bebe!
Policia – é para já! Uma chicotada e cala-se logo!
António cala-se.
Policia – resulta sempre!
Luís – vamos ir presos?
Sérgio – claro oh, lingrinhas!
Policia – O caso foi arrastado para tribunal. O sr.º presidente pôs-vos um processo em cima!! Ah ah ah ah!!
Vão passar esta noite aqui na esquadra e amanha vão a julgamento!
Luís – já?
Policia – sim, quando se trata de pessoas importantes, é na hora! Entendes?!
António – ai, mãezinha, que me vai dar um treco!
Entretanto na Uni:
Cavaco Silva (em frente ás câmaras) – Eu vim aqui dar o meu apoio ás vitimas…e quero dizer que estarei aqui para qualquer eventualidade! E espero sinceramente…
Mariana – O Passos Coelho!
Nesse instante entra Passos Coelho pela uni a dentro e dirige-se para as câmaras, comprimento Cavaco Silva e faz mais um discurso:
Passos Coelho - Vim aqui dizer que me disponibilizo para apoiar os familiares das vitimas e que lamento imenso as suas perdas!
Todos olham espantados para Passos Coelho.
Sócrates – O quê? Estavam a falar de vítimas eu pensei que teriam sido fatais!
Cavaco Silva – E ia eu a dizer que espero sinceramente que…
Passos Coelho – Eu só queria dizer que vou apoiar as vítimas!
Cavaco Silva (tossindo) – Estava eu a dizer…
Passos Coelho – e também me comprometo a pagar os estragos e construir uma nova estátua!
Cavaco Silva – ESPERO SINCERAMENTE QUE OS CULPADOS SEJAM…
Passos Coelho – e a estátua vai ter a minha imagem!
Todos os estudantes (desiludidos) – ooooooooooooh…
Vão se todos embora e Cavaco Silva e Passos Coelho continuam a disputar as câmaras!
No hospital, sala de espera:
Pedro – o meu pai ligou-me e disse que o António e o luís vão passar esta noite na cadeia!
Manel – o luís? O que é que ele tem a ver com isso?
Pedro – acho que ele costumava fazer isso nos anos anteriores!
Manel – canalhas!
Gabriel – então?
Pedro – é verdade, Gabriel!
Gabriel – vocês deveriam de pensar melhor no que dizem!
Médico – Olá!
Gabriel– então tem novidades?
Pedro – para nos terem expulsado daquela maneira dos quartos espero bem que sim…
Manel – ya, a ti também te expulsaram?
Pedro – sim, veio uma enfermeira armada em boa!
Manel – a mim apteceu-me…
Médico e Gabriel – Importam-se?!
Médico – Eu queria contar-vos a novidade, mas vocês não se calam!
Pedro e Manel – Desculpe…
Médico – Eu acho que isto foi um milagre! (todos se riem, dentro de si já sabiam o que ia dizer…ou não)
Médico – De um momento para o outro, não me perguntem como, a Íris Fernandes teve uma melhoria BASTANTE significativa!
Pedro – e as outras?
Médico – estão na mesma…
Manel – ah, ok…
Os dois sentam-se nos bancos tristes.
Gabriel – Alá ajudou-me! Eu sabia!
Medico - desculpem perguntar mas vocês conhecem a Isabel? Te agora ninguém veio perguntar por ela.
Pedro, Manel, Gabriel - sim…mas o Afonso já devia ter vindo…
Medico – te agora não teve visitas…
Gabriel – então mas como e que ela esta?
Medico – não posso informar so mesmo a algum familiar ou amigo próximo…( vou se embora)
Pedro ( olha para Gabriel) – podias ter rezado pela Lisa!
Manel – e pela Mia!
Gabriel – tem de ser vocês! Se quiserem eu ajudo-vos…
Pedro –ah, pois…não sei…mas pronto vamos lá!
Manel – sim! Não custa tentar!
Gabriel – importa-se que rezemos aqui no hospital?
Médico (não sabe bem o que responder) – a..aqui é melhor não…outro sitio…
Gabriel - vamos para a casa de banho!
Os 3 rapazes dirigem-se para lá, Gabriel estende o tapete no chão e os 3 ajoelham-se…
Gabriel –
………………………………………………………………………………………….
Pater Noster
Pater noster qui es in caelis, (Pedro e Manel olham-se, não percebiam nada)
Santificetur nomen tuum.
Adveniat regnum tuum,
Fiat voluntas tua
Sicut in caelo et in terra.(começaram a fazer playbeck)
Panem nostrum quotidianum da nobis hodie.
Et dimitte nobis debita nostra
Sicut et nos dimittimus debitoribus nostris (foi inevitável começaram a rir-se, Gabriel ignora ele sabe que eles não entendiam nada..mas enfim…)
Et ne nos inducas in tentationem
Sed libera nos a malo.

Amen.
…………………………………………………………………………………………….
Gabriel – não me peçam mais para rezar com vocês!
Pedro –meu, desculpa! (rindo-se com Manel)
Manel – tens de dar um desconto…entendes…(rindo-se)
Gabriel – eu vou ver a minha Íris!
Afonso continua a frente do quarto a andar do lado para o outro…te que chegou Beatriz e Henrique.
e contou-lhe o seu plano/pensamento:
…………………………………………………………………………………………
tenho de levar a Isabel daqui, aqui não vao fazer muito por ela, pois eu vi como a estátua caiu… tenho de a levar ao máximo e ver o que ela diz, so não sei como a tirar daqui… vou precisar da vossa ajuda…entram de médicos e levamos daqui a Isabel , ou então temos de trazer aqui o máximo sem que ninguém o veja entram…
conto com vocês para isso……………………………………………………………………………………
Beatriz e Henrique ficam a porta e Afonso decide entrar…
entretanto o medico ve gente a frente do quarto da sua doente e decide ir te la…

Que sera que ele vai dizer Afonso?
sera que o máximo pode ajudar Afonso?
e o plano de Afonso resultara?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------
No Dia seguinte, a hora do julgamento aproxiamava-se. Estavam lá todos excepto Mia, Lisa e Isabelque continuavam inernadas…Íris saiu e ia falar em nome das 4…

Como correrá o julgamento?
O que acontecerá a António e a Luís?

To Be Continued...

filipa trigo e joana costa

Coitado do Gabriel ter que rezar com o Manel e o Pedro.
E o Afonso o que ele irá fazer em relação à Isabel!
Estou morrendo de curiosidade!
Até Já!
Tiffany


_________________
Abre é importante:
Spoiler:
Sabes que muitas histórias acabam por morrer por falta de comentários não deixes a tua preferida morrer comenta-a

http://JAlvarengaeLisaScott.hi5.com sou fã da Joana Alvarenga, acho-a uma excelente actriz

123Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 12, 2011 8:11 pm

Tiffany

avatar
Watching the Stars
Watching the Stars
joana costa escreveu:Cena 25 –O juízo final!
No hospital o medico dirige-se ao quarto de Isabel e falou com Afonso e lhe explicou o que se passava.
Era noite serrada, Henrique e Beatriz conseguiram trazer o máximo te Isabel sem ninguém dar por isso.
Afonso e máximo falam e depois de muito conversarem optam por deixar Isabel a cuidado dos médicos e o melhor a fazer…
Afonso passa a noite com a sua amada…
Era 5.30 da manha Isabel acorda e vê que Afonso estava ao pé dela e fica muito contente afinal sempre veio saber de ela.
Antes do julgamento Manel e Pedro foram ao hospital dar um beijinho as suas respectivas namoradas.
A hora do julgamento estava próxima já lá estavam todos no tribunal…
A porta da sala do julgamento
Gui decidiu contar uma anedota…
...............................................................................................................
Uma professora: - Hoje é o dia mundial das boas acções, portanto, o Joãozinho, o Carlinhos e o Zézinho - que eram os três "melhores" alunos da turma - vão lá fora praticar uma boa acção, e voltam para contar aos colegas o que fizeram, está bem ? Os miúdos lá foram e passado quase uma hora voltaram. - Então Joãozinho, qual foi a boa acção que praticaste? - Eu ajudei uma velhinha a atravessar a rua!
Muito bem, e tu Carlinhos? - Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua! - Ah sim? E tu Zézinho? - Pois ... Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua! - O quê? Os três!?!? Então e demoraram tanto tempo porquê??? - Não havia meio de o raio da velha querer atravessar a rua!...
..............................................................................................................

Entretanto todos ja estavam sentados e se estavam a rir e nem deram conta que juiz já tinha entrado.
Juiz – Por favor…silencio.
Todos se assustaram porque não estavam que o Sr.Juiz fosse pontual.
Todos se sentam e ficam muito atentos, afinal os culpados ia pagar.
Juiz – vamos dar inicio a esta sessão. Estamos reunidos hoje por causa de um incidente. Uma praxe que estes 2 jovens fizerem que vitimaram 11 caloiros.
Os culpados António e Luis tem algo a declarar?
António e Luis – estou inocente.
Juiz – 1º testemunha pode vir?
a primeira testemunha era iris, ela ia em representação das 4.
– sou eu. Disse iris a medo.
o senhor juiz estava a olhar para ela a espera que ela fala-se.
íris - eu..eu tenho mesmo de falar?
juis - sim, por favor!
iris - não sei bem o que dizer...( nervosa ) o que é que costumam dizer?
juiz - normalmente mentem! mas eu quero a verdade!
iris - eu estava com os meus amigos...
juiz - quanto eram?
iris - ( para gabriel ) Ps Ps ( cativando a sua atenção ) quantos eramos?.
gabriel levanta as duas mao fazendo entender 12.
juiz - continue por favor...
iris – estávamos mais ao menos 12 caloiros a cantar e depois terminamos e fomos ter com eles e...
Sr. juiz - com eles quem?
iris pensando “mas isto vai ser sempre assim? que chato”
iris - o pedro, o gui..
juiz - o gui? quem é esse?
iris . guilherme! e o tomas
juiz - muio bem continue
iris -fomos ter com eles e começamos a falar e a rir, uma coisa normal em jovens..
juiz - que idades tem?
iris - eu tenho 19 , e eles tb!
juiz - sim, então são jovens…continue!.
iris - onde é que eu ia?!
juiz - a rir e tal...
iris - ah, sim! estavamos a rir e depois eu só vi um objecto a voar..
juiz - objecto?
iris - sim na altura pensei que era um passaro mas depois vi que era um sapato
juiz - viu a direcção?
iris- não muiito bem
juiz - viu ou não viu?
iris - sim, vi! mas não muito bem!
juiz – continue
iris - e deçpois a estatua caiu!
juiz - só isso?
iris - só isso? mas chegou para eu ir para o hospital!
advogado - calma na se inerve!
iris começa a chorar ou relemrar-se do episodio todo.
As lágrimas que caiam pelo rosto dela era lágrimas de sofrimento pelas amigas e por ela e por todos os que foram vitimas disto.
juiz - esta dispensada! Obrigado.
Entretanto foram testemunhando os outros só faltava o Pedro e o Manel.
As testemunhas principais era o Pedro, Manel e Afonso. Ninguém tinha visto Afonso no tribunal apesar de os seus irmãos estarem presentes.
Beatriz – Henrique sabes do Afonso?
Henrique – calma linda ele já vem… ele vem….
beatriz – se tu o dizes…eu acredito que ele vem então…
Voltando a mesa do juiz
juiz – bem decidi deixar para o fim 3 pessoas que ainda tem as namoradas no hospital. Manel Guerreiro aproxime-se por favor!
Manel – ( levanta-se um pouco nervoso, pois ia ser a primeira vez que ia testemunhar num tribunal) - sou eu.
Juiz - pode contar o que viu…sei que pode custar mas faça um esforço.
Manel – ( relembrando o dia pior da sua vida) - eu estava com os meus amigos...eramos 12 ao todo…
Juiz – muito bem continua
Manel - fomos ter com eles e começamos a falar e a rir, uma coisa normal em jovens.. Estávamos na galhofa até que depois eu só vi um objecto a voar..
Juiz – que objecto era esse?
Manel – um sapato.
Juiz – lembra-se de ver a direcção?
Manel – sim não…(estava a ficar super nervoso, ao recordar tudo que tinha acontecido, algumas lágrimas aparecem nos seus lindos olhos, mas ele fez um esforço para não as deixar cair)
Advogado – vá tenha calma…
Manel - sim, vi! mas não muito bem! E de repente a estatua caiu…
Manel deixou cair algumas lágrimas que tanto conteve porque a Mia tinha sido acertada pela estátua…
Juiz – muito obrigado, pode retirar-se. Aproxime-se Pedro Silva Lobo.
Pedro – sou eu!
Juiz – pode contar tudo que viu e não omita nada.
Pedro – não há muito mais para contar, já aqui foi tudo dito.
Juiz – importa-se de repetir…
Pedro testemunhou e como Manel algumas lágrimas também lhe aparecem nos sus belos olhos.
Juiz – muito obrigado, pode retirar-se. Aproxime-se Afonso Azevedo.
todos olham para a porta e não havia maneira de ele aparecer.
o juiz chamou mais uma vez e a porta a abre-se e entra muito sério pois tinha de ter cuidado para o seu disfarce não ser descoberto.
fizeram-lhe as mesmas perguntas e ele bem no fundo estava triste quando teve de reviver aquilo tudo…mas foi o único que não deixou as lágrimas cair, pois não dava muito jeito como e vampiro as lágrimas seriam de sangue.
a audiência deu por encerrado até decidirem qual será o castigo.
Gui – e sabem qual é o cumulo do…
Juíz – Silêncio! (batendo com o martelo na mesa) Daqui a bocado vou mandar essa matraca para a rua!
Gui (ao ouvido de Vicky) – ele chamou –me matraca?
Vicky – pois parece que sim! Agora cala-te deixa ouvir!
chegou a hora de ouvir os malditos veteranos que causou isto tudo, ao passarem pela corredor Afonso estava com tanta raiva que so queria fazer uma coisa…mas Beatriz e Henrique não deixaram.
Beatriz – controla-te Afonso, por favor controla-te. Eles vão pagar pelo que fizeram.
voltando para a mesa do juiz:
– Vamos agora ouvir o acusado!
Os guardas trazem António para a frente do juiz:
António –hm…olá!
Juiz olha para ele com cara de poucos amigos..
António – quer que eu diga a verdade, não é?
Juiz – sim! Preferia!
António – então já não prefere?
Juiz – mau! Vai falar ou não?!
António – foram momentos muito duros para mim…
Manel – ele deve tar no gozo! Só pode!
Pedro- calma, deixa ouvir…vamos ver até onde vai a estupidez dele!
António – todos me ignoram na uni…você não sabe o que é isso!
Juiz – faça o favor de prosseguir! Ainda tenho de ir almoçar a Peniche!
Todos olham para o juiz espantados:
Juiz – hm..prossiga…
António – eu não sei se o sr. Dr. Juiz sabe, mas sou veterano e tinha sido eu o Luís a ficar a praxar os caloiros e …
Luís – EU? Eu estava com o Chico! Seu anormal!!
Juíz – Respeito! Isso é verdade, António?
António – sim, desculpe eu confundi com o ano passado em que o menino Luís mandou a sabrina da Joana contra a estátua!
Luís – isso não é para aqui chamado Tone!
António – agora já não te convém, não é! Avestruz!!
Juiz (enervado) – SILÊNCIO NA SALA! Isso não é para aqui chamado sr. Couves! Prossiga!
António – eu estava a praxar o pi e..
Gui (levantando-se sentindo-se ofendido)– eu não sou Pi, tosco! Eu sou o Gui!
Juiz – ORDEM NA SALA! O sr. Couves já está a causar muitos problemas! Prossiga!
António – eu estava a praxar o GUI…
Juiz – Praxar? Qual era a praxe?
António – Tinha de cantar à frente de uma estátua, está a perceber?
Juiz – sim, prossiga!
António – estava eu a praxá-lo e não é que o idiota se esquece do hino!
Gui – ouve lá, pá! Idiota és tu!
Juiz – pronto! Vamos voltar ao mesmo! (bate com o martelo) ORDEM NA SALA! E você Guilherme, faça o favor de se calar! Prossiga, jovem!
António – pronto, ele esqueceu-se do hino e depois toda a uni foi ajudá-lo! E isso é contra as leis! Ele é que deveria de estar aqui e toda a gente que o ajudou!
Advogado das vitimas – PROTESTO!
Juiz – esteja caladinho! Eu quero ir almoçar! Se vocês não param com isso, eu suspenso a sessão e vão todos presos! Prossiga, homem!
António – então não era jovem!
Juiz – não me obrigue a dize-lo outra vez!
António – desculpe senhor meritíssimo…(começa a tirar macacos do nariz e a pousá-los na madeira )
Juiz – mas o que é que está a fazer! Olhe passaremos esta parte à frente! Diga porque é que mandou o sapato contra a maldita estatua!
António – porque não gostei de ver aquilo tudo em sintonia e além disso, eu queria ver a cara deles quando a estatua rachasse!
Advogado das vitimas – QUERO FALAR!
Juiz – agora não! A sessão está encerrada!
Nas bancadas ouve-se um grito : E A PENA? E O CASTIGO? FAÇA O FAVOR DE TRABALHAR, SEU INCOMPETENTE!
Juiz – expulsem essa velha intrometida!
Velha – VELHO É O SENHOR! FAÇA MAS É A BARBA E DEPOIS VENHA FALAR COMIGO!
5 minutos depois:
Juiz – já escolhi os castigos! Muito bem, isto serve não só para o António Couves, como para o Luís Gonçalves!
Luís – O quê!? Nãooooo!
Juiz – cale-se! Tenho a minha sogra á espera no restaurante e estou aqui! Quando lá chegar vou ouvir poucas e boas!
Colega do juiz – prossiga, colega! Tenho o meu carro mal estacionado!
Juiz – isso não deve ser um problema tendo em conta o nosso estatuto social!
Colega do juiz – mesmo assim não deixa de ser uma vergonha…prossiga, por favor!
Juiz – bom, vou passar à leitura da sentença!
Analisando todas as testemunhas e concluindo por fim que os culpados, luís Gonçalves e António couves, não deveram sair impunes, decidimos aplicar uma pena exemplar! Que servirá para os dois culpados!
- serão novamente praxados, e a praxe escolhida foi engraxar todos, todos os sapatos que lhes aparecerem à frente, durante um mês seguido! Para isso terão de sair todos os dias do local onde habitam…;
- serão proibidos de praxar, para todo o sempre!;
- terão de fazer visitas guiadas pela universidade do Algarve, durante 1 mês;
- e terão ainda de ser “criados” de todos os caloiros que vitimaram, durante 1 dia, ou seja, 1 dia para cada caloiro!
A sentença é esta, tendo ainda e conta que já passaram uma noite na cadeia. Fim.
António – nãaaaaaaaaao!! Mama!! Mama!!

Será que estes dois cumprirão a sentença? Que mais acontecerá aos nossos rebeldes universitários?

To Be Continued...


joana costa e filipa trigo

Olá minha gente!
Ah! Por momentos assustei-me, pois pensei que o Pedro tinha ido ao hospital para beijar o Manel lol! Mas depois li melhor e vi que não era isso? Mas sim o Pedro tinha ido beijar a Lisa e o Manel a Mia... Desculpem mas sinto-me um bocadinho parva hoje.
O Juiz queria ir almoçar com a sogra a Peniche?
As anedotas do Guilherme Carlos Da Silva são sempre originais...
Que nome tão foleiro António das Couves...
E mesmo assim, troca o nome do nosso Gui por Pi, bem é tudo do campo! Couves e depois o Pi!
O Pedro é o único que sabe estar num tribunal...
O Colega do Juiz é o Ministério Público?
Grande pena, sim senhora!
Beijinhos
Tiffany


_________________
Abre é importante:
Spoiler:
Sabes que muitas histórias acabam por morrer por falta de comentários não deixes a tua preferida morrer comenta-a

http://JAlvarengaeLisaScott.hi5.com sou fã da Joana Alvarenga, acho-a uma excelente actriz

124Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 12, 2011 8:45 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Tiffany escreveu:
joana costa escreveu:Cena 23 - Culpados, Apanhados! primeira parte
Afonso, ninguém sabia dele…Isabel encontrava-se sozinha no hospital. Rita e filipe estavam longe de toda esta catástrofe como e que reagiram?
Francisco ainda estava furioso com o sucedido e ao sair da republica repara no aparato todo que estava no portão da uni.
Mariana L.D.S. – aquele é o amigo!!
Correm todos para o Francisco:
Jornalista – você estava com o “meio tonho” quando ele atirou o sapato?
Francisco – Não…
Jornalista – Mas conhecia-o?
Francisco – eu conheço a uni toda! Quer o quê?
Nesse momento Sérgio Silva Lobo junta-se a Francisco:
S.S.S.- Onde posso encontrar esse ser?
Francisco – Sr. Presidente, olá!
S.S.S.- Onde?
Francisco – ele está de baixo de uma árvore…aquela lá ao fundo! (diz apontando)
A multidão apressa-se a correr para lá.
Joana – Fizeste bem! Ambos sabemos que ele tem uma pancada na cabeça!
Francisco – pois…(desanimado) eu vou para o clube…temos de acabar de arranjar!
Joana – eu vou contigo!
Entretanto na árvore:
Antónia continuava a chorar e Luís estava a andar de um lado para o outro sempre a mandar calá-lo, sem sucesso…A multidão chega.
Sérgio Silva Lobo – Afinal qual dos dois é o…(vira-se para um dos seus guardas costas que lhe diz o nome) António Couves?
António – eu não sou!
Luís – é ele! António tu tens de pagar pelo que fizeste!
António – aaaaaaaaaaaaaaaaa foi sem querer! (começa a sair-lhe ranhos do nariz)
S.S.S. – É mesmo porco! Levem-no!
António (agarrando-se à árvore como se não houvesse amanha)- Não!! O Luís também é o culpado!
Cavaco Silva chega:
-Onde estão as vítimas? E as câmaras de TV?
Sérgio (sentindo-se orgulhos por ter Cavaco Silva a seu lado) – Olá, senhor presidente da republica! Eu sou o presidente de Vila Nova! Também vim cá dar uma palavra de reconforto às vítimas, que por acaso apanhou o meu filho mais novo.
Cavaco Silva – Sim, muito prazer! As câmaras de TV?
Mariana L.D.S. – Ali!
Cavaco Silva (acelarando o passo)- então vamos lá!
Foram todos atrás de Cavaco Silva e Sérgio aproveitou para ficar a sós com a policia e com Luís e António…
Sérgio – então o Luís também está envolvido?
Luís – não meu senhor…estive nos anos passados!
Sérgio – prendam-nos!
António – nãooooooooooo! Eu votei em si!! Por favor tenha dó!!
Entretanto no hospital:
Afonso acaba de chegar e sem ninguém o ver passa pela recepção e dirigi-se ao quarto de isabel…mas não entra fica a porta, que sera que ele esta a pensar??
a enfermeira k estava de banco dirigiu-se aos kuartos das nossa rebeldes. o 1º foi o da iris.
Enfermeira - va a menina precisa desncasar...volte mais logo!
Iris - vai Gabriel eu fico bem!
Gabriel - oki ( beija-a) e dirige-se para a sala de espera
No quarto da Mia a enfermiera entra...e dirige-se a cama de Mia, ela ja se encontrava acordada.
Enfemeira - va...as visistas acabaram... a menina precisa descansar!
Mia - já.
Enfermeira - sim...mas ele pode vooltar mais logo.
Manel - mor...mais logo venho...agora descansa.
A enfermeia saiu e Mia e Manel despidiram-se com um beijo. Manel dirigui-se para a sala de espera onde já se encontrava a Gabriel.
A mesma enfermeira que foi ao quarto dirigui-se ao da Lisa.Enfermeira tinha dito k as visitas por agr nao mas sim logo.
Lisa - já!
Enfermeira -sim...
Pedro - Princesa eu volto...(pisca-lhe o olho) Fica bem!
Pedro teve de dar um beijo suave nso labios de Lisa pois a enfermeira quase o expulsou.
na sala de espera...

Na esquadra:….


O que será que vai acontecer? Cenas cómicas esperam-se!
e Afonso que sera que ele vai fazer? Levar isabel consigo?

To Be Continued...

joana costa e filipa trigo


Olá minha gente Smile
Bom antes demais quero pedir desculpas por não ter comentado mais cedo, mas quando li isto, ontem já era tarde para comentar, além disso tenho andado muito cansada!
Até o Cavaco Silva entra na vossa história?
Vocês ainda não sabem o que me ri, com o António das Couves "agarrado à árvore como se não houvesse amanhã", o que lhe é muito suspeito!
Até Já!
Tiffany

ola!!
ainda bem que leste a nossa historia...
sim nos metemos pica a historia com o cavaco ahaha|!!
ainda bem que gostaste Very Happy

filipa trig+

125Assunto Re: RBL& vampiros --»espírito universitário em Seg Set 12, 2011 8:47 pm

filipa trigo

avatar
Videomaster
Videomaster
Tiffany escreveu:
joana costa escreveu:Cena 25 –O juízo final!
No hospital o medico dirige-se ao quarto de Isabel e falou com Afonso e lhe explicou o que se passava.
Era noite serrada, Henrique e Beatriz conseguiram trazer o máximo te Isabel sem ninguém dar por isso.
Afonso e máximo falam e depois de muito conversarem optam por deixar Isabel a cuidado dos médicos e o melhor a fazer…
Afonso passa a noite com a sua amada…
Era 5.30 da manha Isabel acorda e vê que Afonso estava ao pé dela e fica muito contente afinal sempre veio saber de ela.
Antes do julgamento Manel e Pedro foram ao hospital dar um beijinho as suas respectivas namoradas.
A hora do julgamento estava próxima já lá estavam todos no tribunal…
A porta da sala do julgamento
Gui decidiu contar uma anedota…
...............................................................................................................
Uma professora: - Hoje é o dia mundial das boas acções, portanto, o Joãozinho, o Carlinhos e o Zézinho - que eram os três "melhores" alunos da turma - vão lá fora praticar uma boa acção, e voltam para contar aos colegas o que fizeram, está bem ? Os miúdos lá foram e passado quase uma hora voltaram. - Então Joãozinho, qual foi a boa acção que praticaste? - Eu ajudei uma velhinha a atravessar a rua!
Muito bem, e tu Carlinhos? - Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua! - Ah sim? E tu Zézinho? - Pois ... Eu também ajudei a velhinha a atravessar a rua! - O quê? Os três!?!? Então e demoraram tanto tempo porquê??? - Não havia meio de o raio da velha querer atravessar a rua!...
..............................................................................................................

Entretanto todos ja estavam sentados e se estavam a rir e nem deram conta que juiz já tinha entrado.
Juiz – Por favor…silencio.
Todos se assustaram porque não estavam que o Sr.Juiz fosse pontual.
Todos se sentam e ficam muito atentos, afinal os culpados ia pagar.
Juiz – vamos dar inicio a esta sessão. Estamos reunidos hoje por causa de um incidente. Uma praxe que estes 2 jovens fizerem que vitimaram 11 caloiros.
Os culpados António e Luis tem algo a declarar?
António e Luis – estou inocente.
Juiz – 1º testemunha pode vir?
a primeira testemunha era iris, ela ia em representação das 4.
– sou eu. Disse iris a medo.
o senhor juiz estava a olhar para ela a espera que ela fala-se.
íris - eu..eu tenho mesmo de falar?
juis - sim, por favor!
iris - não sei bem o que dizer...( nervosa ) o que é que costumam dizer?
juiz - normalmente mentem! mas eu quero a verdade!
iris - eu estava com os meus amigos...
juiz - quanto eram?
iris - ( para gabriel ) Ps Ps ( cativando a sua atenção ) quantos eramos?.
gabriel levanta as duas mao fazendo entender 12.
juiz - continue por favor...
iris – estávamos mais ao menos 12 caloiros a cantar e depois terminamos e fomos ter com eles e...
Sr. juiz - com eles quem?
iris pensando “mas isto vai ser sempre assim? que chato”
iris - o pedro, o gui..
juiz - o gui? quem é esse?
iris . guilherme! e o tomas
juiz - muio bem continue
iris -fomos ter com eles e começamos a falar e a rir, uma coisa normal em jovens..
juiz - que idades tem?
iris - eu tenho 19 , e eles tb!
juiz - sim, então são jovens…continue!.
iris - onde é que eu ia?!
juiz - a rir e tal...
iris - ah, sim! estavamos a rir e depois eu só vi um objecto a voar..
juiz - objecto?
iris - sim na altura pensei que era um passaro mas depois vi que era um sapato
juiz - viu a direcção?
iris- não muiito bem
juiz - viu ou não viu?
iris - sim, vi! mas não muito bem!
juiz – continue
iris - e deçpois a estatua caiu!
juiz - só isso?
iris - só isso? mas chegou para eu ir para o hospital!
advogado - calma na se inerve!
iris começa a chorar ou relemrar-se do episodio todo.
As lágrimas que caiam pelo rosto dela era lágrimas de sofrimento pelas amigas e por ela e por todos os que foram vitimas disto.
juiz - esta dispensada! Obrigado.
Entretanto foram testemunhando os outros só faltava o Pedro e o Manel.
As testemunhas principais era o Pedro, Manel e Afonso. Ninguém tinha visto Afonso no tribunal apesar de os seus irmãos estarem presentes.
Beatriz – Henrique sabes do Afonso?
Henrique – calma linda ele já vem… ele vem….
beatriz – se tu o dizes…eu acredito que ele vem então…
Voltando a mesa do juiz
juiz – bem decidi deixar para o fim 3 pessoas que ainda tem as namoradas no hospital. Manel Guerreiro aproxime-se por favor!
Manel – ( levanta-se um pouco nervoso, pois ia ser a primeira vez que ia testemunhar num tribunal) - sou eu.
Juiz - pode contar o que viu…sei que pode custar mas faça um esforço.
Manel – ( relembrando o dia pior da sua vida) - eu estava com os meus amigos...eramos 12 ao todo…
Juiz – muito bem continua
Manel - fomos ter com eles e começamos a falar e a rir, uma coisa normal em jovens.. Estávamos na galhofa até que depois eu só vi um objecto a voar..
Juiz – que objecto era esse?
Manel – um sapato.
Juiz – lembra-se de ver a direcção?
Manel – sim não…(estava a ficar super nervoso, ao recordar tudo que tinha acontecido, algumas lágrimas aparecem nos seus lindos olhos, mas ele fez um esforço para não as deixar cair)
Advogado – vá tenha calma…
Manel - sim, vi! mas não muito bem! E de repente a estatua caiu…
Manel deixou cair algumas lágrimas que tanto conteve porque a Mia tinha sido acertada pela estátua…
Juiz – muito obrigado, pode retirar-se. Aproxime-se Pedro Silva Lobo.
Pedro – sou eu!
Juiz – pode contar tudo que viu e não omita nada.
Pedro – não há muito mais para contar, já aqui foi tudo dito.
Juiz – importa-se de repetir…
Pedro testemunhou e como Manel algumas lágrimas também lhe aparecem nos sus belos olhos.
Juiz – muito obrigado, pode retirar-se. Aproxime-se Afonso Azevedo.
todos olham para a porta e não havia maneira de ele aparecer.
o juiz chamou mais uma vez e a porta a abre-se e entra muito sério pois tinha de ter cuidado para o seu disfarce não ser descoberto.
fizeram-lhe as mesmas perguntas e ele bem no fundo estava triste quando teve de reviver aquilo tudo…mas foi o único que não deixou as lágrimas cair, pois não dava muito jeito como e vampiro as lágrimas seriam de sangue.
a audiência deu por encerrado até decidirem qual será o castigo.
Gui – e sabem qual é o cumulo do…
Juíz – Silêncio! (batendo com o martelo na mesa) Daqui a bocado vou mandar essa matraca para a rua!
Gui (ao ouvido de Vicky) – ele chamou –me matraca?
Vicky – pois parece que sim! Agora cala-te deixa ouvir!
chegou a hora de ouvir os malditos veteranos que causou isto tudo, ao passarem pela corredor Afonso estava com tanta raiva que so queria fazer uma coisa…mas Beatriz e Henrique não deixaram.
Beatriz – controla-te Afonso, por favor controla-te. Eles vão pagar pelo que fizeram.
voltando para a mesa do juiz:
– Vamos agora ouvir o acusado!
Os guardas trazem António para a frente do juiz:
António –hm…olá!
Juiz olha para ele com cara de poucos amigos..
António – quer que eu diga a verdade, não é?
Juiz – sim! Preferia!
António – então já não prefere?
Juiz – mau! Vai falar ou não?!
António – foram momentos muito duros para mim…
Manel – ele deve tar no gozo! Só pode!
Pedro- calma, deixa ouvir…vamos ver até onde vai a estupidez dele!
António – todos me ignoram na uni…você não sabe o que é isso!
Juiz – faça o favor de prosseguir! Ainda tenho de ir almoçar a Peniche!
Todos olham para o juiz espantados:
Juiz – hm..prossiga…
António – eu não sei se o sr. Dr. Juiz sabe, mas sou veterano e tinha sido eu o Luís a ficar a praxar os caloiros e …
Luís – EU? Eu estava com o Chico! Seu anormal!!
Juíz – Respeito! Isso é verdade, António?
António – sim, desculpe eu confundi com o ano passado em que o menino Luís mandou a sabrina da Joana contra a estátua!
Luís – isso não é para aqui chamado Tone!
António – agora já não te convém, não é! Avestruz!!
Juiz (enervado) – SILÊNCIO NA SALA! Isso não é para aqui chamado sr. Couves! Prossiga!
António – eu estava a praxar o pi e..
Gui (levantando-se sentindo-se ofendido)– eu não sou Pi, tosco! Eu sou o Gui!
Juiz – ORDEM NA SALA! O sr. Couves já está a causar muitos problemas! Prossiga!
António – eu estava a praxar o GUI…
Juiz – Praxar? Qual era a praxe?
António – Tinha de cantar à frente de uma estátua, está a perceber?
Juiz – sim, prossiga!
António – estava eu a praxá-lo e não é que o idiota se esquece do hino!
Gui – ouve lá, pá! Idiota és tu!
Juiz – pronto! Vamos voltar ao mesmo! (bate com o martelo) ORDEM NA SALA! E você Guilherme, faça o favor de se calar! Prossiga, jovem!
António – pronto, ele esqueceu-se do hino e depois toda a uni foi ajudá-lo! E isso é contra as leis! Ele é que deveria de estar aqui e toda a gente que o ajudou!
Advogado das vitimas – PROTESTO!
Juiz – esteja caladinho! Eu quero ir almoçar! Se vocês não param com isso, eu suspenso a sessão e vão todos presos! Prossiga, homem!
António – então não era jovem!
Juiz – não me obrigue a dize-lo outra vez!
António – desculpe senhor meritíssimo…(começa a tirar macacos do nariz e a pousá-los na madeira )
Juiz – mas o que é que está a fazer! Olhe passaremos esta parte à frente! Diga porque é que mandou o sapato contra a maldita estatua!
António – porque não gostei de ver aquilo tudo em sintonia e além disso, eu queria ver a cara deles quando a estatua rachasse!
Advogado das vitimas – QUERO FALAR!
Juiz – agora não! A sessão está encerrada!
Nas bancadas ouve-se um grito : E A PENA? E O CASTIGO? FAÇA O FAVOR DE TRABALHAR, SEU INCOMPETENTE!
Juiz – expulsem essa velha intrometida!
Velha – VELHO É O SENHOR! FAÇA MAS É A BARBA E DEPOIS VENHA FALAR COMIGO!
5 minutos depois:
Juiz – já escolhi os castigos! Muito bem, isto serve não só para o António Couves, como para o Luís Gonçalves!
Luís – O quê!? Nãooooo!
Juiz – cale-se! Tenho a minha sogra á espera no restaurante e estou aqui! Quando lá chegar vou ouvir poucas e boas!
Colega do juiz – prossiga, colega! Tenho o meu carro mal estacionado!
Juiz – isso não deve ser um problema tendo em conta o nosso estatuto social!
Colega do juiz – mesmo assim não deixa de ser uma vergonha…prossiga, por favor!
Juiz – bom, vou passar à leitura da sentença!
Analisando todas as testemunhas e concluindo por fim que os culpados, luís Gonçalves e António couves, não deveram sair impunes, decidimos aplicar uma pena exemplar! Que servirá para os dois culpados!
- serão novamente praxados, e a praxe escolhida foi engraxar todos, todos os sapatos que lhes aparecerem à frente, durante um mês seguido! Para isso terão de sair todos os dias do local onde habitam…;
- serão proibidos de praxar, para todo o sempre!;
- terão de fazer visitas guiadas pela universidade do Algarve, durante 1 mês;
- e terão ainda de ser “criados” de todos os caloiros que vitimaram, durante 1 dia, ou seja, 1 dia para cada caloiro!
A sentença é esta, tendo ainda e conta que já passaram uma noite na cadeia. Fim.
António – nãaaaaaaaaao!! Mama!! Mama!!

Será que estes dois cumprirão a sentença? Que mais acontecerá aos nossos rebeldes universitários?

To Be Continued...


joana costa e filipa trigo

Olá minha gente!
Ah! Por momentos assustei-me, pois pensei que o Pedro tinha ido ao hospital para beijar o Manel lol! Mas depois li melhor e vi que não era isso? Mas sim o Pedro tinha ido beijar a Lisa e o Manel a Mia... Desculpem mas sinto-me um bocadinho parva hoje.
O Juiz queria ir almoçar com a sogra a Peniche?
As anedotas do Guilherme Carlos Da Silva são sempre originais...
Que nome tão foleiro António das Couves...
E mesmo assim, troca o nome do nosso Gui por Pi, bem é tudo do campo! Couves e depois o Pi!
O Pedro é o único que sabe estar num tribunal...
O Colega do Juiz é o Ministério Público?
Grande pena, sim senhora!
Beijinhos
Tiffany

ola!!
ainda bem que gostaste!
quando ao colega do juiz...acho que nao vai aparecer mais na historia...
ainda bem que gostaste da nossa pena! Very Happy

quem sabe hj nao sai continuaçao??

filipa trigo

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 11]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum